sábado, 23 de janeiro de 2016

Mil reais pra ver Benny Hinn?

O site cristão “GospelPrime” publicou artigo mostrando que o evento envolvendo o Pr. Benny Hinn, promovido pelo “Apóstolo” Agenor Duque, cobrará até mil reais por área VIP do show. Segue a informação:

Em São Paulo, a presença de Benny Hinn será o destaque dentro do 8º Congresso Fogo de Avivamento para o Brasil, promovido pelo controverso apóstolo Agenor Duque, da Igreja Plenitude do Trono de Deus. O evento terá uma versão de um dia apenas (5/02) no Rio de Janeiro.

No vídeo promocional, Hinn é chamado de “o maior avivalista do mundo e amigo do Espírito Santo”. A promessa do pregador é de uma “nova unção para o Brasil”.

As datas do Fogo do Avivamento, 4 a 10 de fevereiro, coincidem com as do Carnaval. O material de divulgação insiste que os participantes serão como os 7 mil que não dobraram seus joelhos a Baal, numa referência ao relato bíblico de 1 Reis 19. Curiosamente, o estádio do Canindé tem capacidade para 21 mil pessoas e o Maracanãzinho para 11 mil.
Para os participantes do congresso haverá a possibilidade de sentarem na chamada “Área VIP”. Assim como iria acontecer em Santa Catarina, os assentos mais perto do palco possuem um preço diferenciado.

Considerando que são mil cadeiras, o valor arrecadado é de um milhão de reais. O site do evento esclarece que os que adquirirem esse ingresso “terão a oportunidade de participar de um almoço com o Pr. Benny Hinn, Apóstolo Agenor Duque e Bispa Ingrid Duque” em São Paulo. Para os que forem no Rio de Janeiro, o bilhete dá direito a um “café da manhã com o Pr. Benny Hinn, Apóstolo Agenor Duque e Bispa Ingrid Duque”.
A cobrança de mil reais em SP e no RJ também gerou polêmica, mas o Apóstolo Duque, acostumado com controvérsias manteve o preço. Até o momento, a única mudança no evento é que o cantor Paulo César Baruk cancelou sua apresentação após ver o material de divulgação, alegando que não condiz com que a igreja o informou na assinatura do contrato.

https://noticias.gospelprime.com.br/area-vip-benny-hinn-mil-reais/

Fonte: CACP


0 comentários: