terça-feira, 29 de novembro de 2011

QUESTIONAMENTOS....

A postagem a seguir, veio de uma pessoa que ajuda muito aqui no blog. Ela mora no Estado de Utah. Isso mostra para os membros do mormonismo do Brasil, que Utah não é o céu, como muitos pensam. Aliás, o céu passa bem longe desse lugar.

Uma das coisas que nunca compreendi bem é a posição da igreja Mórmon referente ao pecado do Rei Davi. A igreja é firme quanto a isso: Davi perdeu o grau mais alto de glória que é o Reino Celestial. Isso é ensinado a todos, inclusive quando eu fazia aulas de instituto cansei de ouvir declarações desse tipo. Porém, como explicar o Livro de Salmos, onde é cheio de dor e angústia relacionado ao processo de arrependimento do Rei? A própria bíblia é uma testemunha real que Davi se arrependeu. Porque então, os Mórmons se baseiam em declarações falsas para aumentar e engrandecer a doutrina deles? Vejam bem, Davi traiu e planejou a morte de Urias (apenas de Urias). Ao mesmo tempo temos o exemplo de Hitler que matou milhões de judeus e foi batizado e selado no templo Mórmon. A igreja, como sempre, tem desculpa prá tudo, e para isso, eles dizem que a pessoa tem que ter a "oportunidade" de passar pelo templo, mesmo não recebendo a exaltação que é o Reino Celestial. Estranha contradição!
Outra coisa é: Se a igreja é verdadeira, como eles afirmam ser, por que o profeta na época, não recebeu revelação dando um basta nos casamentos de solteiros mortos? Prá quem não sabe, logo nos primeiros anos da igreja era possível selar jovens solteiros. Por exemplo: Naquela época, mães com filhos que faleceram sem ter a oportunidade de um casamento, faziam amizade com outras mães que tiveram filhas solteiras falecidas. Essas famílias então trocavam dados e os selamentos eram feitos para "toda a eternidade". Se era para toda a eternidade, por que foram extintos? Como assim? Os jovens que morreram sem conhecimento um do outro, foram “desselados” ou continuam “selados”, se essa prática foi extinta? Com o tempo o "profeta" viu que a brincadeira não deu certo? Estranho! Os Mórmons fogem da verdade “como o diabo foge da cruz”. Doutrinas antigas, mal ensinadas, são escondidas dos olhos atuais. Joseph Smith e seu livro de Mórmon contém mais aparições e fantasias , do que a bíblia inteira. Ganha até da igreja católica com a Virgem Maria.
A igreja Mórmon tem uma arma muito grande pra atrair seus fiéis. Essa arma é a família. Noite familiar, estudo das escrituras, lazer, atividades na igreja, tudo isso é muito belo e bonito, o que atrai as pessoas nos primeiros anos ao mormonismo. Se ficasse nisso seria bom, mas o que frustra são as mentiras, as invenções, o engano. Se eu fosse uma autoridade geral da igreja teria vergonha de afirmar certas coisas, como por exemplo, dizer que os três nefitas e João do Novo Testamento não morreram e continuam a fazer o trabalho de Deus na terra. Então é necessário que esses personagens não tenham descanso, enquanto o profeta e presidente Mórmon anda se embelezando e cuidando dos negócios ($$$) de Sião? A igreja afirma que os três nefitas e João do novo testamento continuam vivos, terminando a "obra de Deus" na terra. É vergonhoso enganar o povo assim, mas pudera. Se não fosse a "doutrina profunda", como venderiam seus best-sellers? Outro dia no WalMart vi um livro de Thomas Monson, por nada mais nada menos, que $50,00 dólares. Um livro menos popular que a Bíblia ou o fantasioso Livro de Mórmon por CIQUENTA DOLARES? Mas se o livro fala do profeta VIVO, tem que custar mais mesmo. Os outros já morreram... Nem livros que contam biografias dos homens mais famosos da história (incluindo Jesus Cristo) custa tanto assim. Assinar a “National Geographic” ou qualquer revista de conhecimento secular, está mais barato nos EUA. É disso que a igreja depende. Cada palavra, cada citação, cada doutrina (mesmo sem pé nem cabeça) significa muito para os bolsos gordos da igreja. Gostaria de falar mais, inclusive da característica que Joseph Smith atribuiu ao apóstolo Paulo, em seu livro "Ensinamentos do Profeta Joseph Smith", mas vou deixar isso para um próximo post, se o Antonio assim me permitir. Por hoje, gostaria que os Mórmons com suas convicções, além de prestarem seus testemunhos, respondessem essas questões prá mim. Certamente vocês, com a fé que têm podem orar e perguntar a Deus, sobre a veracidade dessas coisas. Aguardo ansiosa por respostas.

http://sobreomormonismo.blogspot.com

0 comentários: