sexta-feira, 8 de março de 2019

Sexo antes do Casamento é Pecado?

O que a Bíblia diz sobre esse assunto


Sim, a Bíblia diz que sexo antes do casamento é pecado. O sexo foi criado por Deus para ser desfrutado dentro do casamento. O casamento é muito importante para um relacionamento sexual saudável.

O relacionamento sexual é mais que um ato de prazer. É uma união física e espiritual entre o casal. Os dois se tornam um (Gênesis 2.24). Não existe sexo casual.

O relacionamento sexual cria um elo muito forte entre duas pessoas, unindo-as de maneira especial. Fora do casamento, esse elo pode ser muito perigoso. Sexo sem compromisso causa:
  • Sofrimento emocional
  • Gravidez indesejada
  • Famílias destroçadas
  • Problemas no relacionamento com Deus

A Bíblia é muito clara: quem quer ter um relacionamento sexual deve se casar primeiro (1 Coríntios 7.9).


Por que casar?

Casar é importante porque estabelece um ambiente seguro para o casal. Um casamento é uma cerimônia reconhecida pela sociedade, formando um compromisso entre um homem e uma mulher, para ficarem unidos para o resto da vida. Perante Deus e os homens, o casal reconhece suas responsabilidades e os dois prometem ficar unidos (Malaquias 2.15).

No casamento cristão, o casal recebe a bênção de Deus (Mateus 19.6). O casamento protege os direitos do homem e da mulher e estabelece uma base sólida para formar uma família unida e segura para os filhos.

E se forem noivos?


Noivado não é casamento. O casal ainda não fez o compromisso público e pode desfazer o noivado. Muitos noivos têm relações sexuais, depois se separam e não se casam, gerando muitos problemas para si mesmos. Esperar até o casamento é também uma prova de domínio próprio e do desejo de agradar a Deus.

Se você teve relações sexuais antes do casamento, peça perdão a Deus e pare de pecar. Deus perdoa todos que se arrependem e decidem mudar de vida (1 João 1.9). Se case quanto antes ou pare o relacionamento sexual (1 Coríntios 6.18). Um casamento não precisa ser uma coisa muito cara, mas é muito importante.

Existe pecado mesmo quando há amor?


SIM.

Nos dias atuais, fazer sexo fora do casamento se tornou algo bastante normal. Ter uma vida sexual ativa é tão importante para a sociedade que as pessoas entendem como sendo necessário para que sejam saudáveis.

O que muitos cristãos ignoram ou preferem ignorar é um mandamento sobre o assunto que veio diretamente da boca de Deus. Ainda que os argumentos tentem convencer o homem de que guardar-se para o casamento é uma atitude sem propósito e ultrapassado, a vontade de Deus é bastante clara.

O mandamento se encontra em Atos 15.20, 15.29, 21.25:
Mas escrever-lhes que se abstenham das contaminações dos ídolos, das relações sexuais ilícitas, do que é sufocado e do sangue.” (Atos 15.20)
Que vos abstenhais das coisas sacrificadas aos ídolos, e do sangue, e da carne sufocada, e das relações sexuais ilícitas; e destas coisas fareis bem de vos guardar. Bem vos vá.“(Atos 15.29)
Quanto aos gentios que creram, já lhe transmitimos decisões para que se abstenham das cousas sacrificadas a ídolos, do sangue, da carne de animais sufocados e das relações sexuais ilícitas.” (Atos 21.25)

Se uma pessoa não abrir o seu coração para escutar aquilo que Deus está falando, jamais vai conhecer o que Ele quer. Deus é a favor do sexo. Ele o criou puro, limpo, bonito e deseja que o ser humano o desfrute plenamente no casamento. O propósito do sexo não é só a procriação, mas a comunicação que representa a unidade conjugal e a recreação que é o prazer conjugal.

Que Deus planejou o sexo para o casamento, isso é bastante claro. Vale a pena confirmar em Sua Palavra: Genesis 1.28, Hebreus 13.4, 1 Tessalonicenses 4.3-8, e também em 1 Coríntios 6.12-20.
Honrado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; pois aos devassos e adúlteros, Deus os julgará.” (Hebreus 13.4)
Observe o que o Senhor diz em I Tessalonicenses 4.3 ao 8: “Pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição; que cada um de vós saiba possuir o próprio corpo em santificação e honra, não com o desejo de lascívia, como os gentios que não conhecem a Deus; e que, nesta matéria, ninguém ofenda nem defraude a seu irmão; porque o Senhor, contra todas estas coisas, como antes vos avisamos e testificamos claramente, é o vingado, porquanto Deus não nos chamou para a impureza, e sim para a santificação. Portanto, quem rejeita estas coisas não rejeita o homem, e sim a Deus, que também vos dá o seu Espírito Santo.

A pressão vem da mídia e muitas vezes dos próprios amigos. É preciso que as igrejas façam um estudo amplo, aberto e com respaldo bíblico, sobre estas questões. Muitos se perguntam a onde está o erro. A resposta é simples: como qualquer outro pecado, sexo antes do casamento, tem suas consequências espirituais.

Fonte: www.cristaoreformado.com.br

0 comentários: