sexta-feira, 1 de maio de 2009

Porque não sou Adventista do Sétimo Dia


OS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA
Crêem que a Bíblia e os escritos de Ellen G. White são inspirados por Deus. Ambos são luz e verdade inspiradas por Deus.Ver item 01 e 19 das crenças fundamentais da IASD. Manual da Igreja, págs. 32 e 37.

OS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA Crêem que os profetas de Deus usaram outras fontes além da inspiração e da revelação Divina. Não aceitam a inspiração verbal da Bíblia. VEDE: Ministério Adventista janeiro e fevereiro de 1982.

OS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA crêem que surgiram no tempo do fim, porque assim estava profetizado. Vieram restaurar a Igreja, pois o Cristianismo havia se corrompido totalmente. Crêem serem a única Igreja verdadeira neste mundo e que as demais foram rejeitadas por Deus após o ano de 1.844. VEDE - O Grande Conflito, págs. 453,454 e 609 a 617. História de Nossa Igreja, págs. 99 a 103.

OS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA. Crêem que Jesus morreu em uma sexta feira ao por do sol e que ressuscitou no amanhecer do primeiro dia da semana passando três dias incompletos na sepultura. VEDE - O Desejado de Todas as Nações capítulo sobre a Ressurreição.

OS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA. Crêem que Daniel 8:14 refere-se a dias anos dando um total de 2.300 anos literais. Sem base bíblica para tal afirmação. Eles pegam o ano de 457 antes de Cristo, que supostamente foi o ano em que saiu a ordem para a reconstrução dos muros de Jerusalém e adicionam os forçados 2300 anos de Daniel 8:14, que segundo Eles são anos, para chegar ao ano de l.844. Ano em que surgiu a denominação. Só que na realidade a denominação já existia bem antes, porém não com o nome de Adventistas do sétimo dia. Pois bem depois de seu surgimento é que eles aprenderam a guardar o Santo Sábado com os Batistas do Sétimo Dia. Absurdamente eles crêem que quando Jesus ressuscitou dos mortos entrou apenas no lugar Santo e somente a partir de 1.844 é que passou do Santo para o Santíssimo para então começar a fazer a expiação pelos pecados.
VEDE - Crenças fundamentais da IADS item 13 e 14 Manual da Igreja pág. 35. O Grande Conflito no mesmo assunto.

OS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA. Ensinam que a verdadeira Igreja tem que possuir o espírito de profecia que segundo eles são os livros escritos pela Sra. Ellen G. White. Uma das fundadoras da IASD – Segue-me págs. 15-17.

OS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA. Ensinam que os livros escritos pela Sra. White são uma luz menor (óculos de aumento) para guiar a luz maior (Bíblia). Crede Em Seus Profetas, pág. 77. Caro Leitor, Esta idéia seria o mesmo que você acender uma vela em pleno meio dia em um lugar onde já tens a luz do sol com todo o seu resplendor. A Bíblia é a única luz que precisamos.

OS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA. Ensinam que a obra redentora de Jesus Cristo na cruz foi INCOMPLETA, vindo a completar-se somente no ano de 1.844 – Grande Conflito págs. 420, 421.

OS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA. Ensinam que Jesus Cristo não fez expiação na cruz pelos nossos pecados – Em Definição da Doutrina pág. 12.

OS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA. Ensinam que Jesus após a sua ressurreição estava INSEGURO, pois ele não tinha a certeza de que seu sacrifício havia sido perfeito. Vida de Jesus Pág. 204.

OS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA. Ensinam que Deus disse a profetiza Ellen G. White o dia e a hora da vinda de Jesus. Vida e Ensinos pág. 58.

OS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA. Ensinam que os 144.000 citados em Apocalipse 7:4 são eles. Vida e Ensinos Pág. 58 e 59. Vale a pena lembrar, que os Adventistas em todo o mundo já são bem mais que 144.000. Vai se perder muita Gente no meio Adventista.

OS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA. Ensinam que todos os cristãos serão julgados e que Jesus está fazendo uma INVESTIGAÇÃO, a Que eles chamam de juízo investigativo sobre os Cristãos. Grande Conflito. Pág. 421.

OS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA. Ensinam que a verdade havia caído por terra, e no ano de 1.844, nos Estados Unidos da América, Deus chamou um povo para RESTAURAR A VERDADE, Sendo estes os fundadores da organização Adventista. Grande Conflito. Págs.453, 454, 609 a 617.

OS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA. Explicam que a passagem de Daniel 8:9-25, dizendo que foi profanado o Santuário no Céu e que Jesus foi fazer a purificação. Grande Conflito, Pág. 420. NOTA: Dizem que os 2.300, sacrifícios da Tarde e da Manhã, de Daniel 8:13-14, são 2.300 anos porque segundo eles são dias proféticos e que se cumpriu em 1.844. Tentam explicar que os 2.300 anos começaram no ano 457 a.C. Que foi o ano em que saio a ordem para a reconstrução dos muros de Jerusalém.Eles pegam 2.300 diminuem os 457 que é exatamente 1.844. Na realidade é uma data arbitraria, pois o texto de Daniel é muito claro, está se referindo a 2.300 sacrifícios da tarde e da manhã, período em que o templo foi profanado por Antíoco Epifanes (IV). Que corresponde a 1.150 dias literais.
Perguntamos aos membros desta organização.
1. Quem profanou o Santuário no Céu em 457a.c
2. Qual é o verso Bíblico que apresenta Jesus Cristo com o purificador do Santuário no Céu entre os anos de 457a 1.844
3. Onde se baseiam para dizerem que Cristo passou do lugar Santo para o Santíssimo em 1.844.Na minha Bíblia diz que ele quando foi assunto ao céu ,foi imediatamente para a destra de Deus no Santíssimo.Hebreus 1:3 , 6:19-20 , e 9:12.

OS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA. Ensinam que Deus OCULTOU um erro no computo dos períodos proféticos. Grande Conflito. Pág.373. Na realidade esta desculpa esfarrapada é só para justificar a falsa marcação da data da volta de Jesus em 22-10-1.844, e a remarcação para o próximo ano em 1.845, pelos fundadores desta organização. Fundadores da Mensagem. Pág. 125.

OS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA. Ensinam que as proibições do código mosaico, constantes de ordenanças contra o uso de carnes imundas, aplicam-se ainda com o mesmo vigor, nos dias de hoje ao povo de Deus. Levíticos.11. Além disso, eles crêem que é mais certo e saudável abster-se do uso de qualquer tipo de carne, bem como de chá e de café. Eles evitam a convivência com os que usam fumo ou álcool. Leia nossa matéria intitulada

ALIMENTOS SEGUNDO A BÍBLIA.

OS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA, tentam afirmar que o véu que se rasgou de auto abaixo é o primeiro véu, ou seja o véu de entrada do tabernáculo.Isto chama-se uma grande heresia. Infelizmente eles não podem confessar que o véu que se rasgou é o segundo véu, o que separava o Santo do Santíssimo, pois confessar esta verdade, significa para eles lançar por terra toda a doutrina no tocante ao JUIZO INVESTIGATIVO, ensinados somente pelos donos da verdade os adventistas do sétimo dia.

OS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA, afirmam que o Bode emissário de Levíticos 16:5-10 é satanás e que faria expiação pelos seus pecados e dos outros. Este absurdo doutrinário é o mesmo que dizer que satanás se arrependerá de seus pecados e uma vez feito a expiação, também vai se salvar, contrariando assim as escrituras que afirma, que satanás será lançado no lago de fogo juntamente com os homens ímpios. De todas as heresias ensinadas pelos adventistas, esta me parece ser a mais absurda, pois concede a satanás uma promoção de ajudante de Cristo na tarefa de salvação. Cristo sozinho não foi capaz de fazer uma obra completa da redenção dos pecadores. Satanás passa a ser co-participante de Cristo na obra de expiação dos pecados. Estudos Bíblicos para o Lar, primeira edição em 1966 traduzido para o português por Rafael de Azambuja Butler.

OS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA crêem que é pecado tomar vinho mesmo moderadamente, por isso ministram a ceia do Senhor com suco de uva, mesmo sem base bíblica para tal prática, só por que Ellem G. White assim determinou. Sabemos muito bem que o vinho simboliza o sangue de Jesus e não o suco de uva.
Os adventistas ensinam ainda que o batismo serve para perdoar pecados. Assim sendo eles batizam as pessoas quantas vezes elas acharem necessárias. As pessoas quando praticam algum pecado voltam a ser batizadas. Os adventistas ministram batismo de crianças com nove anos de idade. Sabe-se muito bem que uma criança com apenas nove anos, ainda não é apta a decidir por seus atos. É exatamente por isso que há muita reincidência de batismos.

Alimentos Segundo a Bíblia
Infelizmente ainda existem, em nossos dias, igrejas que dizem ser evangélicas, pregando a salvação vinculadas a alimentação. Ensinam que se porventura comerem carnes ou tomarem café, entre outros alimentos, estão perdidos. Esquecem de pregar que a salvação é somente pela fé em Jesus Cristo.


NO ANTIGO TESTAMENTO

ANIMAIS LIMPOS: os que têm unhas fendidas e que ruminam
ANIMAIS IMUNDOS: os que só tem unhas fendidas ou os que só ruminam; os que andam na planta dos pés.
Quadrúpedes imundos: camelo, coelho, lebre, porco, rato, doninha...
Aquáticos imundos: os que não tem barbatanas nem escamas
Voláteis, imundo: todos os que andam sobre quatro pés exceto os insetos que além dos quatros pés tem duas pernas traseiras mais compridas para saltar, como o gafanhoto, e o grilo.
Aves imunda: Águia, falcão, abutre, milhefre, corvo, avestruz,andorinha, gaivota, gavião, mocho, coruja, íbis, cisne, pelicano,cegonha, garça, e morcego.
Répteis imundo: Todos os que se arrastam sobre a terra, quer sobre os seus ventres ou os que andam sobre quatro ou mais pernas: lagartos, museranho, rã, tartaruga, lagartixa, camaleão... no antigo testamento era abominável.
Era proibido comer da carne do animal imundo; tocar em seu cadáver.
Aquele que o tocasse ficaria imundo e tudo o que o imundo tocasse também ficaria imundo. Num. 19.22. Igualmente ficaria imundo até a tarde quem tocasse ou comesse do cadáver de algum animal limpo que tivesse morrido.
O antigo Testamento prescrevia ainda outras circunstâncias pelas quais uma pessoa, era declarada imunda ou impura; estabelecendo as cerimônias para a sua purificação:
Levíticos 12 - Impureza da mulher que deu à luz.
Se tivesse um filho, seria imunda sete dias, e levaria 33 dias a purificar-se; se tivesse uma filha seria imunda 14 dias e levaria 66 dias a purificar-se. Depois seria feito o sacrifício expiatório.
Levíticos 15 – impurezas do homem e da mulher.
Números 19:11- 22 – Aquele que tocasse no cadáver de algum homem seria imundo sete dias; se não se purificasse nesse tempo, seria eliminado da congregação. Incorreria na mesma condenação aquele que tocasse em ossos humanos ou numa sepultura, ou que entrasse numa tenda onde estivesse um cadáver humano.
A condenação para quem transgredisse esses preceitos era terminante, conforme encontramos em:
Levíticos 11:44- 47- não vos contamineis, as vossas almas por nenhum réptil que se arrasta sobre a terra;
Levíticos 20: 25- Fareis, pois distinção entre os animais limpos e imundos, e entre aves limpas e imundas; não vos façais abomináveis por causa dos animais, ou das aves, ou de tudo o que se arrasta sobre a terra; as quais coisas apartei de vós, para tê-las por imunda.
Lev. 20: 26 – Ser-me-eis santos, porque eu, o Senhor, sou Santo, e separei-vos dos povos, para serdes meus.
Lev. 22:3 – Dize-lhes: todo homem, que entre as vossas gerações, de toda a vossa descendência , se chegar as cousas sagradas que os filhos de Israel dedicam ao Senhor, tendo sobre si a sua imundícia, aquela alma será eliminada de diante de mim; Eu sou o Senhor.
Num. 5:1-3 – Disse o Senhor a Moisés: ordena aos filhos de Israel que lancem para fora do arraial todo o leproso, todo o que padece fluxo, e todo imundo por ter tocado em algum morto, tanto homem como mulher... para que não contaminem, no meio do qual eu habito.
Isaias 66:17 – Os que se santificam e se purificam nos jardins uns após outros, os que comem carne de porco, e a abominação, e o rato, juntamente serão consumidos, diz o Senhor. Ver ainda Isaias 2-4.
Isaias: 52:1- Desperta, desperta, reveste-te da tua fortaleza, ó Sião; veste-te dos teus vestidos formosos, ó Jerusalém, cidade santa; porque não mais entrará em ti nem incircunciso nem imundo. Notemos que o imundo foi incluído na mesma condenação do incircunciso, sobre o qual Deus ordena a Abraão.
Gênesis 17:10, 14 – Eis o pacto que faço entre mim e vós, e teus descendentes, e que tereis de guardar: todo o homem entre vós, será circuncidado. O varão incircunciso, do qual não se tenha cortado a carne do prepúlcio, será exterminado de seu povo, por ter violado minha aliança.
Esses eram somente alguns dos numerosos preceitos determinados por Deus na antiga dispensação, para serem observados rigorosamente pelo seu povo. Até serem informados na nova dispensação, conforme veremos a seguir. Embora tratassem de assuntos basicamente materiais: alimentação, circuncisão, etc. Eles tinham também uma profunda significação espiritual, qual seja a separação que o povo de Deus devia manter dos demais povos, para não se contaminar com os seus costumes pecaminosos. Lev. 20:22-26; 18:24-30; 10:10, etc.
Felizmente todos estes costumes foram abolidos juntamente com tudo o que era cerimonial.

NO NOVO TESTAMENTO
Os Rituais e as Simbologias Foram Cravadas na Cruz
Com a vinda de Cristo, e, sua rejeição pelos israelitas, que eram o povo de Deus, a salvação foi estendida a todos os demais povos "OS GENTIOS" em cumprimento da promessa de Deus a Abrão:... Em ti serão benditas todas as famílias da terra. Gênesis 12:3, e a ordem de Cristo: Ide, portanto fazei discípulos de todas as nações... Mateus. 28:19, e a sua profecia: E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então virá o fim. Mateus 24:14. Cristo desfez a parede de separação que havia entre esses dois povos, judeu e o gentio:
Efésios 2:11-22 – Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos “judeus e gentios” fez um; e, tendo derribado a parede de separação que estava no meio, a inimizade, aboliu na sua carne a lei dos mandamentos na forma de ordenanças...
Mediante a obra redentora de Cristo, os gentios foram admitidos à graça purificados dos seus pecados e aceitos na família de Deus. Em conseqüência todos aqueles símbolos e ordenanças que os distinguiam; animais imundos, incircuncisão, abominações, etc; perderam a razão de ser ou foram purificados ou reformados, conforme as seguintes passagens:
Marcos 7:14-23 – Convocando ele(Jesus) de novo a multidão, disse-lhes: ouvi-me todos e entendei. Nada há fora do homem que, entrando nele, o possa contaminar; mas o que sai do homem é o que contamina.... porque não lhe entra no coração, mas no ventre, e sai para lugar escuro. E assim considerou ele puros todos os alimentos.
Falando sobre alimentação Jesus afirma nessa passagem que NADA há fora do homem que entrando nele o possa contaminar. Além de responder a interpelação dos fariseus sobre o comer sem lavar as mãos, a afirmação de Jesus tem um sentido bem mais amplo, conforme declara o evangelista Marcos na sua observação: “e assim considerou ele puro, todos os alimentos.”, ou segundo outra versão: “isto disse, purificando todos os alimentos. É evidente portanto, que Jesus estava alterando uma regra existente sobre alimentação, se ele estava considerando puros todos os alimentos e porque havia alimentos até então que tinham sido considerados impuros, e estes só podiam ser as carnes dos animais classificados como imundos, na antiga dispensação, mas que agora foram purificados pela Sua palavra. Na antiga dispensação, conforme já vimos, qualquer carne de animal imundo ou simplesmente tocar em seu cadáver contaminava o homem. Jesus desfez esse conceito. Podemos comprovar essa afirmativa através de inúmeras citações bíblicas.
Lucas 10:7, 8 - E ficai na mesma casa, comendo e bebendo do que eles tiverem, pois digno é o obreiro de seu salário. Não andeis de casa em casa. E em qualquer cidade em que entrardes, e vos receberem, comei do que vos puserem diante de ti ou o que vos oferecei.
Entre as recomendações que Jesus fez aos setenta discípulos que enviou, dois a dois, a percorrerem as cidades e lugares aonde eles haviam de ir, esta refere-se a alimentação. Ele previa que nessas viagens, poderia surgir algum problema nesse sentido. Assim Ele os advertiu que comessem de tudo que lhes fossem oferecidos, sem restrição, confirmando os seus ensinos sobre o assunto, quando disse que “o que contamina o homem não é o que entra na boca, mas o que sai da boca”. Mat. 15:11.

A Visão do Apóstolo Pedro
Atos 10:9-16 - No dia seguinte, indo eles de caminho e estando já perto da cidade, subiu Pedro ao eirado, por volta da hora sexta, a fim de orar. Estando com fome, quis comer: mas, enquanto lhe preparavam a comida sobreveio-lhe um êxtase; então viu o céu aberto e descendo um objeto como se fosse um grande lençol, o qual era baixado a terra, pelas quatro pontas, contendo toda sorte de quadrúpedes, répteis da terra, e aves do céu. E ouviu-se uma voz que se dirigia a ele: levanta-te, Pedro; mata e come. Mas Pedro replicou: de modo nenhum, Senhor, porque jamais comi coisa alguma comum e imunda. Segunda vez a voz lhe falou: AO QUE DEUS PURIFICOU NÃO CONSIDERES COMUM. Sucedeu isto por três vezes e logo aquele objeto foi recolhido ao Céu.
19-20 – Enquanto meditava Pedro acerca da visão, disse lhe o Espírito: Estão aí estão dois homens que te procuram; levanta-te, pois desce e vai com eles, nada duvidando; porque eu os enviei.
27-28 - Falando com ele (Cornélio) Pedro entrou e encontrando muitos reunidos ali, a quem se dirigiu, dizendo: Vós bem sabeis que é proibido a um judeu ajuntar-se ou mesmo aproximar-se a alguém de outra raça; mas Deus me demonstrou que a nenhum homem considerasse comum ou imundo.
45 – E os fiéis que eram da circuncisão, que vieram com Pedro, admiraram-se, porque também sobre os gentios foi derramado o dom do Espírito Santo.
Analisando atentamente esse relato bíblico em suas partes essenciais, verificamos e concluímos o seguinte:
A) – Pedro estava com fome e queria comer;
B) - Teve então uma visão, na qual lhe foi apresentado toda sorte de animais da terra, incluindo-se necessariamente, aqueles que eram classificados como animais imundos ou impuros pelas leis de Moisés.
C) - O diálogo que se seguiu entre a voz divina e Pedro, ateve-se, direta e exclusivamente, sobre o assunto comida: Levanta-te, Pedro; mata e come. De modo nenhum, Senhor, porque jamais comi coisa alguma comum e imunda. Ao que Deus purificou não consideres comum. Ou segundo outra tradução: o que Deus purificou não chames tu, de impuro. Ora! é óbvio que o objeto imediato dessa conversa eram os “animais imundos” que estavam entre os demais. De outra sorte não haveria motivo para a recusa de Pedro, nem para a réplica divina.
D) - Pedro não compreendeu de imediato o alcance mais significativo da revelação divina e ficou meditando a respeito, pois contrariava as normas que até então observara durante toda a sua vida. Somente após nova intervenção do Espírito Santo e o encontro com Cornélio é que Pedro compreendeu o objetivo principal da visão. A purificação dos “animais imundos” simbolizava a purificação dos gentios, que também eram considerados comuns ou imundos pelos judeus; estes não podiam juntar-se ou mesmo aproximar-se a alguém de outra raça, a fim de não se contaminarem com a sua idolatria e costumes pagãos.
E) Pedro antes dessa revelação não comia coisa alguma considerada imunda ou impura pelas leis de Moisés e evitava qualquer contato com pessoas de outras raças que não a judia, as quais também eram consideradas imundas ou impuras pelos judeus. A sua atitude, nesse particular, demonstrava que ainda não havia compreendido os ensinamentos de Jesus, com quem convivera durante o seu ministério. Posteriormente, porém mudou o seu comportamento quanto a alimentação e ao relacionamento com os gentios. Atos 10:28 ; 11:3; Gálatas 2:11,12. A revelação divina é clara e determinante: NÃO CONSIDERES IMPURO O QUE DEUS PURIFICOU quer sejam os animais antigamente considerados como impuros ou imundo nas leis mosaicas, quer sejam as pessoas pelo fato de pertencerem a qualquer outra raça ou povo que não o judeu. Com a vinda de Jesus, uns e outros foram purificados pela palavra de Deus. Duvidar dessa verdade ou nega-la, revela incompreensão nos ensinos registrados na Bíblia ou debilidade de fé para crer na palavra de Deus.

Não Devemos Considerar Imundo o que Deus Purificou
Romanos 14:14 – Eu sei e estou certo no Senhor Jesus, que nenhuma coisa é de si mesma imunda, a não ser para aquele que a tem por imunda; para esse é imunda.
14:17 – Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça e paz, e alegria no Espírito Santo.
14:1-3 – Acolhei ao que é débil na fé, não, porém, para discutir opiniões.
Um crê que de tudo se pode comer, mas o débil come legumes; quem come não despreze ao que não come; e o que não come não julgue o que come, porque Deus o escolheu.
14:5-7 – Um faz diferença entre dia e dia; outro julga iguais todos os dias.
Cada um tenha opinião bem definida em sua própria mente. Quem distingue entre dia e dia, para o senhor o faz; e quem come, para o senhor come, porque da graças a Deus; e quem não come. Para o Senhor não come, e da graças a Deus. Porque nenhum de nós vive para si mesmo ou morre para si.
14:20 – Não destrua a obra de Deus por causa da comida. Todas as coisas, na verdade, são limpas, mas é mau para o homem o comer com escândalo.
14:23 – Mas aquele que tem dúvidas, é condenado, se comer, porque o que faz não provém da fé; e tudo o que não provem de fé é pecado.
Neste capítulo, o apóstolo Paulo falando sobre alimentação, reafirma o conceito antes expresso por Jesus, declarando que não há mais nenhuma coisa imunda ou impura, salvo para aquele que assim a considera, por fraqueza da sua fé. Para os que crêem firmemente na palavra de Jesus não há mais distinção entre animais limpos e animais imundos, pois NADA que entra pela boca do homem o pode contaminar, inclusive a carne dos animais que antigamente eram considerados imundos, mas que agora, pela sua palavra, foram considerados puros e limpos. Portanto, pela fé na Palavra de Deus, agora é nos lícito comer carne de qualquer animal, sem nenhuma conseqüência de ordem espiritual, isto é, sem contaminar as nossas almas conforme poderia ocorrer antigamente. Atualmente Deus dotou-nos de inteligência para selecionarmos os alimentos sadios, tanto de origem animal como vegetal. Mas sobre nenhum deles pesam as condenações que existiam na antiga dispensação. Aquele porém, que duvidar dessa purificação ou santificação de algum alimento, abstenha-se do mesmo para não pecar, conforme ensina o apóstolo.

Alguns Pregam a Abstinência de Alimentos e Casamento
I TIMÓTEO 4:1-5 – Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios, pela hipocrisia dos que falam mentiras, e que tem cauterizado a própria consciência, que proíbem o casamento, exigem abstinência de alimentos, que Deus criou para serem recebidos com ações de graça pelos fiéis e por quantos conhecem plenamente a verdade; pois tudo que Deus criou é bom, se recebido com ações de graça nada é recusável, porque pela palavra de Deus, e pela oração é santificado.
Col. 2:16-17 – Ninguém pois, vos critique por causa de comida ou bebida, ou espécies de festas, ou de luas novas ou de sábados. Tudo isto não é mais que sobra do que devia vir. A realidade é Cristo. Os SÁBADOS aqui mencionados são dias festivos para os judeus que para eles sempre era repouso absoluto eles descansavam nestes dias.
Col. 2:20-23 – Se em Cristo estais mortos aos princípios deste mundo, por que ainda vos deixais impor proibições, como se vivêsseis no mundo?” Não pegueis; Não proveis; Não toqueis”, proibições estas que se tornam perniciosas pelo uso que delas se faz, e que não passam de normas e doutrinas humanas. Elas podem, sem dúvida dar a impressão de sabedoria, enquanto exibem culto voluntário de humildade e austeridade corporal. Mas, não tem nenhum valor real e só servem para satisfazer a carne.
O Espírito Santo já profetizara por intermédio do apóstolo Paulo, que na época atual haveria de surgir um falso ascetismo sob a capa de devoção, pregando a abstinência de alimentos que Deus oferece aos fiéis na presente dispensação. Tudo o que Deus criou é bom se recebido com ações de graça, nada é recusável, porque pela palavra de Deus e pela oração é santificado. Estai de sobreaviso, para que ninguém vos engane com filosofias e vãs sofismas baseados nas tradições humanas, nos rudimentos do mundo, em vez de se apoiar em Cristo. Col. 2:8.
I CORINTIOS 10: 23-24 – Tudo é permitido, mas nem tudo é oportuno. Tudo é permitido, mas nem tudo edifica. Ninguém busque o seu interesse, mas o do próximo.
10: 25-26 – comei de tudo o que se vende no açougue, sem indagar de coisa alguma por motivo de consciência. Do Senhor é a terra e tudo que ela encerra.
10:27-30 – Se algum infiel vos convidar e quiserdes ir, comei de tudo o que vos puser diante sem indagar de coisa alguma por motivo de consciência. Mas se alguém disser: “Isto foi sacrificado aos ídolos”, não o comais, em atenção àquele que o advertiu, e por motivo de consciência. Dizendo consciência, refiro-me não a tua, mas a do outro. Com efeito, por que razão seria regulada a minha liberdade pela consciência alheia? Se eu com ações de graças , porque serei eu censurado por causa do alimento pelo qual rendo graças?
10:31-32 – Portanto, quer comais quer bebais ou façais qualquer outra coisa, fazei tudo para a glória de Deus. Não vos torneis causa de escândalo, nem para os judeus, nem para os gentios, nem para a Igreja de Deus. Rom. 14:21.
É sabido que os infiéis, ou os gentios, eram povos idólatras que adotavam o sistema de sacrifícios de animais em suas cerimônias e o seu regime alimentar não obedecia, o estabelecido nas leis de Moisés. Por conseguinte, devia haver em seus açougues muitas espécies de carnes que essas leis condenavam. Ora, a epístola em apreço foi dirigida a igreja que estava em Corinto, uma região localizada na Grécia pagã, em pleno território dos gentios. Isso anula o argumento dos que dizem que a recomendação do apóstolo refere-se somente a açougues dos judeus, que, naturalmente, não vendiam carnes de animais imundos. Observa-se pelo contrário, que a recomendação não restringe a sua aplicação a determinadas regiões, nem abre exceções para as chamadas “carnes imundas”. O seu sentido amplo é confirmado na passagem seguinte, quando diz: Se algum infiel vos convidar comei de tudo o que se vos puser diante. É evidente que esta expressão abrange todos os cardápios da arte culinária dos gentios, incluindo-se as chamadas CARNES IMUNDAS. A única exceção que faz é para com o que foi sacrificado aos ídolos, quando se comer com os gentios, a fim de não escandalizar alguém que observa.
Ainda concernente a passagem em epígrafe, cabe notar a seguinte conclusão lógica: aqueles que consideram vigentes as leis mosaicas sobre os animais imundos, para serem coerentes com os preceitos nelas estabelecidos, não poderiam servir-se dos nossos açougues ou mercados, sob pena de incorrerem em condenação, pois mesmo as carnes que consideram LIMPAS já estão contaminadas, segundo aqueles preceitos, pelo contato com as carnes imundas ou com os utensílios utilizados no seu manuseio ou preparo.
Também por uma questão de coerência, os que defendem essas leis deveriam obedecer as demais disposições nelas contidas, que definam outros casos de imundícias ou impurezas, como os previstos em Lev. 12 e 15, Num. 19:11-22; etc, bem como realizar os ritos e cerimônias ali determinados para sua purificação. Se analisassem, seriamente tudo o que essas leis exigem, certamente haveriam de reconhecer que o que pretendem é um jugo insuportável. Se, pelo contrário, só as observam parcialmente naquilo que lhes convém, tornam-se réus das suas sentenças e merecedores da reprovação de Jesus e dos apóstolos.
Mateus 23:24 – Guias cegos, que coais o mosquito e engolis o camelo.
Atam fardos pesados e difíceis de carregar e os põem sobre os ombros dos homens, entretanto eles mesmos nem com o dedo querem movê-los.
Atos 15:10 – Agora, pois, por que tentais a Deus, pondo sobre a cerviz dos discípulos um jugo que nem nossos pais puderam suportar, nem nós?
Gal. 5:1 – Para a liberdade foi que Cristo nos libertou, permanecei, pois firmes e não vos submetais de novo a jugo de escravidão.

Leis Cerimoniais, e Não Leis de Higiene
Os atuais defensores dessas leis discriminatórias dos animais limpos e imundos, numa tentativa de excluí-las das leis cerimoniais que foram abolidas em Cristo, alegam que elas não são leis cerimoniais, mas sim de “leis de higiene”, e que por isso o cristão deve obedecer-lhas rigorosamente, para não ser condenado. Esse conceito denota uma flagrante contradição: por uma simples falta de higiene uma pessoa seria condenada a penalidade máxima? Aquele que violasse um dos seus preceitos seria considerado abominável, sua alma ficaria contaminada, eliminada de diante de Deus e impedida de entrar as Santa cidade de Jerusalém. Isto equivale a sua perdição eterna, a morte eterna. Se essas leis fossem simples leis de higiene, como explicar conseqüências tão drásticas?
É compreensível que a negligencia de certos preceitos higiênicos acarrete prejuízos a saúde, doenças e até mesmo a morte no sentido físico. Mas não se concebe que uma falta de higiene possa influir nos destinos eternos de uma pessoa. Examinemos o ensino de Jesus. É uma regra elementar de higiene lavar as mãos antes das refeições; no entanto, os discípulos de Jesus não a observavam. Interpelado sobre o assunto, Jesus esclareceu que não é o que entra pela boca o que contamina o homem, mas o que sai da boca... e vem do coração. Porque do coração procedem maus desígnios, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos, blasfêmias. São estas as coisas que contaminam o homem; mas o comer sem lavar as mãos, não o contamina.
Assim se essas leis que estamos considerando fossem simples preceitos higiênicos não teriam força para condenar ninguém, e ninguém seria obrigado a observá-las. Entretanto, se elas próprias previam penalidades tão rigorosas para quem as infringisse, é porque elas transcendiam aos seus aparentes objetivos, e faziam parte integrante das leis cerimoniais. Prova evidente que pertencia a esse conjunto de leis é que também especificava as práticas e cerimônias necessárias à purificação dos que fossem envolvidos pelos seus preceitos.
Àqueles que advogam a aplicação dessas leis por classificá-las como “leis de higiene”, deveriam incluir também a lei da circuncisão como obrigatória para o cristão, pois a medicina moderna também a preconiza como uma prática essencialmente higiênica. No entanto, na nova dispensação, essa prática foi abolida e até mesmo proibida, no sentido em que era aplicada, conforme as palavras do apóstolo Paulo: eu Paulo, vos digo que, se vos deixardes circuncidar, Cristo de nada vos aproveitará. De novo testifico a todo homem que se deixa circuncidar, que está obrigado a guardar toda lei. Gal.5:2, 3.
Graças a Deus que, com a vinda de Cristo, estamos livres desse jugo pesado que nem os antepassados, nem os precursores da Igreja puderam suportar. Atos 15:10.
Portanto, em matéria de alimentação, fora umas poucas exceções definidas adiante, nada há mais que observar, pois conforme declara o apóstolo Paulo, TODAS AS COISAS SÃO LIMPAS, mas é mau para o homem o comer com escândalo. Rom. 14:20. Considerando esse fator e outras circunstâncias, a Igreja primitiva, ainda nos tempos apostólicos, examinando essa questão de vital importância suscitava pelos que se convertiam a fé cristã, houve por bem estabelecer quanto aos alimentos, somente algumas exceções a serem observadas, que abordaremos a seguir.

Algumas Controvérsias Entre os Primeiros Convertidos
Quando a Igreja estava incipiente, surgiram as primeiras controvérsias quanto a necessidade ou não dos gentios recém convertidos ao cristianismo submeterem-se a circuncisão e a lei de Moisés. Convocada a Igreja para tratar da questão, reuniram-se em Jerusalém os apóstolos, os presbíteros e toda a igreja local, que em assembléia geral e sob a assistência do Espírito Santo, tomaram importante deliberação, válida até os nossos dias. Nessa resolução está definido o que devemos observar, única e exclusivamente em matéria de alimentos;
ATOS DOS APÓSTOLOS 15:1 – Alguns indivíduos que desceram da Judéia, ensinavam aos irmãos: se vos não circuncidardes segundo o costume de Moisés, não podeis ser salvos.
15:5-6 – Insurgiram-se entretanto, alguns da seita dos fariseus, que haviam crido, (os gentios) dizendo: é necessário circuncida-los e determinar-lhes que observe a lei de Moisés.
Então se reuniram os apóstolos e os presbíteros para examinar a questão.
15:10-11 – DISSE PEDRO: agora, pois por que tentais a Deus, pondo sobre a cerviz dos discípulos em jugo que nem nossos pais puderam suportar, nem nós?. Mas cremos que fomos salvos pela graça do Senhor Jesus, como também aqueles o foram.
15:28, 29 - Pois pareceu bem ao Espírito Santo e a nós apóstolos, presbíteros e toda a comunidade, não vos impor maior encargo além destas cousas essenciais:
É de suma importância que se mencione que a única dúvida existente naquela ocasião era a respeito das leis cerimoniais ou leis de Moisés, principalmente, a respeito de alimentação e da circuncisão. Que são práticas das ordenanças cravadas na cruz de Cristo. Em nenhum momento foi discutido sobre a lei moral ou os dez mandamentos.
Nenhum dos discípulos ou crente daquela época tinha dúvidas sobre os dez mandamentos.

Resultado da Reunião Entre os Discípulos e Toda a Comunidade Cristã
Atos dos Apóstolos Capítulo 15
“Que vos abstenhais das cousas sacrificadas a ídolos, bem como do sangue, da carne de animais sufocados e das relações sexuais ilícitas; destas cousas fazeis bem se vos guardardes. Saúde.”
Aí está a única norma cristã realmente válida para a questão dos alimentos.
Tudo mais que se queira exigir do cristão em matéria de alimentação, não passam de idéias ou errôneas interpretações humanas. Apesar da clareza e simplicidade dessa norma, infelizmente ainda há em nossos dias, aqueles que erroneamente pretendem retornar as complicadas leis de Moisés, colocando-se, de novo debaixo dum jugo pesado, sem compreenderem que as mesmas foram reformadas com a vinda de Cristo e ignorando uma decisão apostólica uni-ditada pelo Espírito Santo.
HEBREUS 9:10 - E que não passam de ordenanças da carne, baseadas somente em comidas bebidas e diversas abluções, impostas até o tempo oportuno da reforma.. Ou como diz outra tradução:
Heb. 9:10-12 - Culto que consistia unicamente em comidas e bebidas e abluções diversas, ritos materiais que só podiam ter valor enquanto não fossem instituídos outros mais perfeitos.
Porém já veio Cristo, Sumo Sacerdote dos bens vindouros. E através de um Tabernáculo mais excelente e mais perfeito, não construído por mãos humanas, isto é deste mundo, sem levar consigo o sangue de carneiros ou novilhos, mas com seu próprio sangue, entrou uma vez por todas no Santuário, adquirindo-nos uma redenção eterna.
9:15 – Por isso Ele é mediador do novo testamento. Pela sua morte expiou os pecados cometidos no decorrer do primeiro testamento, para que os eleitos recebam a herança eterna que lhes foi prometida. Se porventura a igreja primitiva estivesse passando por algumas outras divergências doutrinarias os discípulos de Jesus teriam convocado uma outra reunião para discutir tais assuntos. Porém não esta registrado na Bíblia, que houve alguma outra reunião para tratar de divergências doutrinária a não ser a mencionada em Atos 15, onde foi tratado das carnes sufocada, sacrificadas ao ídolos, do sangue e das relações sexuais ilícitas.

O Fim de Toda a Lei Que Consistia em Ordenanças (Leis de Moisés)
HEBREUS 10: 1, 9,10 – A lei, por ser apenas a sombra dos bens futuros, não sua expressão real, é de todo importante para aperfeiçoar aqueles que assistem ao sacrifícios que se renovam indefinidamente cada ano...
Em seguida (Cristo) ajuntou:” Eis que venho para fazer a tua vontade”, assim aboliu o antigo regime e estabeleceu uma nova aliança.
Foi em virtude desta vontade de Deus que temos sido santificados uma vez para sempre, pela oblação do corpo de Jesus Cristo.
Col. 2: 8,11 – Estai de sobreaviso, para que ninguém vos engane com filosofias e vãos sofismas baseados nas tradições humanas, nos rudimentos do mundo, em vez de se apoiar em Cristo.
Nele também fostes circuncidados com circuncisão não feita por mão de homem, mas com a circuncisão de Cristo, que consiste no despojamento do nosso ser carnal.
13,14 – Mortos pelos vossos pecados e pela incircuncisão de vossa carne, chamou-vos novamente a vida em companhia com Ele. E Ele que nos perdoou todos os pecados, cancelando o documento escrito contra nós, cujas prescrições nos condenavam. Aboliu-o definitivamente, ao encravá-lo na cruz.
16,17 - Ninguém, pois vos critique por causa de comida ou bebida, ou espécie de festas ou de luas novas ou de sábados. Tudo isto não é mais do que sombra do que devia vir. A realidade é Cristo.
Conforme se compreende dessas passagens e de outras mais que poderíamos aduzir, as leis de Moisés que consistiam em ordenanças tais como comidas, bebidas e outros ritos, eram apenas sobra duma realidade que estava para vir e para ela apontavam. A realidade é Cristo. Com a sua vinda acabou-se aquilo que era transitório, pois a realidade é muito mais importante que a sua sombra. Porque continuar tateando na imperfeição da sombra quando já temos a manifestação da completa realidade? Cristo aboliu o antigo regime e estabeleceu uma nova dispensação.
Há uma terrível condenação para aqueles que insistem em revigorar o antigo regime.
Gálatas 5:104 – É para que sejamos homens livres, que Cristo nos libertou. Ficai, portanto, firmes e não vos submetais outra vez ao jugo da escravidão.
Eis que, eu, Paulo, vos declaro: Se vos circuncidardes de nada vos servirá Cristo. E atesto novamente, a todo homem que se circuncidar: ele está obrigado a observar toda a lei de Moisés. Já estais separados de Cristo, vós que procurais a justificação pela lei. Decaíste da graça.


Alguns Evangélicos Querem Resgatar as Leis de Moisés, Outros Querem Anular a Lei de Deus (Os Dez Mandamentos).
A incoerência daqueles que pretende restabelecer só uma parte das leis de Moisés, a que trata dos alimentos, assemelha-se a dos que dizem não estar vigente um dos mandamentos do Decálogo. A escritura, entretanto, nos declara que se anularmos um desses mandamentos, anulamos todos; se restabelecemos uma daquelas leis, somos obrigados a cumprir todas. È o que diz a citação anterior, e a que segue:
TIAGO 2:10, 11 – Pois quem guardar os preceitos da Lei, mas faltar em só ponto tornar-se-á culpado de toda ela.
Porque aquele que disse; “não cometerás adultério”, é o mesmo também que disse:“ Não matarás”. Se, pois, matares, embora não tenhas cometido adultério, tornaste transgressor da lei.

Imundo, Pode Ser Povos ou Pecados
No novo testamento, algumas vezes é empregado o termo “imundo” ou a expressão “aves imundas”, porém sempre em sentido figurado, indicando aquilo que é abominável a Deus, sejam povos ou pecados, e nunca com o sentido literal ou formal que lhe atribuía o Antigo Testamento.
Assim poderemos citar:
PRIMEIRO EXEMPLO: II Corintios 6:17. Pelo que saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; e não toqueis nada imundo, e eu vos receberei.
Esta passagem é uma citação de ISAÍAS 52:11, de que se serviu o apóstolo Paulo para dar ênfase a sua exortação sobre a necessidade de evitarmos compromissos com os infiéis e de não participarmos dos seus pecados. Assim o termo “imundo”, tem sentido figurado, conforme se verifica pela expressão paralela de Apocalipse 18:4, 5.
E ouvi outra voz do Céu, que dizia: Saí dela povo meu, para que não sejas participantes, dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas.
Porque já os seus pecados se acumularam até ao Céu, e Deus se lembrou das iniqüidades dela.
SEGUNDO EXEMPLO: Apocalipse 18:2, 3. E clamou fortemente com grande voz, dizendo: Caiu,caiu a grande Babilônia, e se tornou morada de demônios, e coito de todo o espírito imundo, e coito de toda a ave imunda e aborrecível. Porque todas as nações beberam do vinho da ira da sua prostituição, e os reis da terra se prostituíram com ela; e os mercadores da terra se enriqueceram com a abundancia de suas delícias.
É patente o sentido simbólico dos termos e expressões empregados neste texto, a começar pela grande “Babilônia”, que certamente não se refere a antiga cidade de Babilônia, situada na também antiga Caldéia, e destruída no ano 689 A.C., da qual hoje só restam ruínas. Na linguagem figurada do Apocalípse, esse nome designa um poder maligno que domina as nações da terra e, persegue os fiéis, as testemunhas de Jesus. Apocalipse 17.
Os predicados que acompanham esse nome, no texto em apreço, servem para exprimir o mais alto grau de depravação e iniqüidade que se possa imaginar. Considerando o próprio contexto da passagem, facilmente se constata que a expressão “ave imunda” vale pela sua significação de coisa abominável, não fazendo sentido na sua acepção literal. Igualmente as expressões: "Morada de demônios, coito de espírito imundo, vinho da ira da prostituição, etc”, São outros tantos recursos de linguagem utilizados para realçar o caráter sumamente degradante e detestável desse poder.
Concluindo, cumpre-nos lembrar que a vinda de Cristo, além de constituir um marco fundamental na história geral da humanidade pela propagação dos seus ensinos, assinala também um ponto de mudanças radicais na história da religião, porque trouxe modificações consideráveis na forma de adoração e no relacionamento entre os homens. Entre as modificações introduzidas no ritual, inclui-se a que abordamos no presente estudo sobre os alimentos.

Cairam os Ritos e os Símbolos Cerimoniais
Com a vinda de Cristo caíram todos aqueles símbolos e ritos que o prefiguravam, ou que caracterizavam a antiga dispensação, a dispensação da lei. Jesus veio trazer-nos a plenitude da graça e do amor, em substituição a fria rigidez da lei, inaugurando uma nova era em nosso relacionamento para com Deus e também para com os nossos semelhantes. A dispensação da graça.
Além da mudança havida na questão dos alimentos, podemos citar mais as seguintes:
1) – Sistema de sacrifícios de animais: inteiramente anulado e suprimido ante o supremo sacrifício de Cristo.
2) – Circuncisão na carne. Antigamente tinha caráter obrigatório; depois de Cristo e sua prática é expressamente proibida.
3) – Páscoa, Pentecostes, e outros dias de festas rigorosamente observados na antiga dispensação. Agora cancelados.
4) Lei do ódio: Olho por olho, dente por dente. Agora a lei do amor. Amar aos inimigos, fazer bem a quem vos persegue, orar por quem vos maltrata. A ninguém julgueis, quem estiver sem pecado atire a primeira pedra... etc, etc.

Temos Que Aceitar as Novas Normas
Finalmente uma advertência sincera àqueles que relutantes em aceitar a norma Cristã sobre a questão dos alimentos, persistem, em ater-se as ordenanças que vigoraram na antiga dispensação.
Você conhece exatamente todos os animais que eram classificados como “imundos” a fim de abster-se de comer da carne dos mesmos, bem como dos produtos que deles procedem? Você, sabe distingui-los?
Você conhece todas as circunstancias, previstas nas leis de Moisés, igualmente capazes de “contaminar” uma pessoa e torna-la “impura ou imunda”?
SE NÃO SABES? convém, relaciona-las e corrigi-las cuidadosamente a fim de não ser contaminado e nos casos inevitáveis que isso ocorrer, observar rigorosamente os procedimentos para a sua “purificação”.

________________________________________
Conclusão
Hebreus 13:9 – Não vos deixeis envolver por doutrinas várias e estranhas, porquanto o que vale é estar o coração confirmado com a graça, e Não com alimentos, pois nunca tiveram proveito os que com isto se preocuparam.
I Coríntios 8:8 – Não é a comida que nos recomendará à Deus, pois nada perderemos se não comermos, e nada ganharemos se comermos.
De tudo o que foi visto, a suma é: o que comemos ou o que deixamos de comer não nos faz piores ou melhores diante de Deus, pois o que realmente conta é a nossa vida espiritual em Cristo Jesus, manifesta em nossas palavras e ações. I Corintios 5:15.
O Bode Emissário
No grande dia da Expiação, dois bodes eram apresentados ao Sumo Sacerdote, em frente à tenda da Congregação. Lançava-se sorte sobre eles. Um deveria ser morto, enquanto que o outro seria o bode Emissário. Este último era conduzido ao deserto, e aí abandonado à própria sorte.
Segundo os adventistas, o bode vivo simbolizava satanás. No livro o Ritual do Santuário; leio: “Cristo efetuou uma obra completa, e não necessita do auxilio de Satanás. Este simbolizado pelo bode emissário, expia os próprios pecados e a parte que lhe cabe nos que induziu outros a cometerem... Sobre Satanás, como origina dor e instigador do pecado, serão postos os pecados pelos quais é responsável”.
A Igreja Adventista do Sétimo Dia, diz que a cerimônia em torno do Bode Emissário não constituía expiação porque não havia derramamento de sangue, porque o sangue não era aspergido, porque a carne não era comida pelo sacerdote, porque o corpo não era queimado etc , etc.
Dizer que o Bode Emissário simbolizava a expiação que Satanás fará, no futuro, pelos seus próprios pecados não se fundamenta na lógica e muito menos nos fatos bíblicos. Veja bem, Fazer expiação é submeter-se a um castigo para pagamento de dívida, E uma vez paga a dívida, o que vem em conseqüência natural? A liberdade, a soltura, a salvação. Portanto, dizer que ele fará a expiação dos próprios pecados e dos pecados dos outros, é torná-lo salvador de todos os pecadores, indistintamente, e de si mesmo, além do co-salvador juntamente com Cristo. Uma dupla heresia, por conseguinte.
Esta doutrina, assim defendida, é de natureza tão anti-bíblica, que nem valia a pena considerá-la, não fosse o desejo que sinto de abrir os olhos dos que se encontram inocentemente equivocados. Além do mais, o leitor que até agora só conhece uma versão, precisa conhecer a outra, a fim de que possa ter sua própria definição.
Não desejo aqui, estabelecer hipóteses ou divagações em cima de suposições. Quero limitar-me ao que dizem as Escrituras. Assim é que leio o verso 10 do capítulo de Levíticos que, por si só, já liquida o assunto. “Mas o bode sobre que cair a sorte para bode emissário será apresentado vivo, perante o Senhor, para fazer expiação por meio dele, e enviá-lo ao deserto como bode emissário”. Também nos versos 20 e 21 posso ler: “Havendo, pois, acabado de fazer expiação pelo santuário, pela tenda da Congregação e pelo altar, então fará chegar o bode vivo. Arão porá ambas as mãos sobre a cabeça do bode vivo, e sobre ele confessará as iniqüidades dos filhos de Israel, e todas as suas transgressões, segundo todos os seus pecados; e os porá sobre a cabeça do bode, e enviá-lo ao deserto, pela mão de um homem designado para isso”.
O que se diz do Bode Emissário? É nos dito que ele era apresentado perante o Senhor, e que sobre ele Arão confessava todas as iniqüidades do povo. Para que? Evidentemente para fazer expiação pelos pecados confessados de Israel. E como se ousa dizer que o Bode Emissário representava Satanás? Por acaso, Satanás faz expiação de pecados de pecadores arrependidos? Quando o texto que estamos considerando fala em expiação dos pecados o faz no sentido de expiação para salvação. E esta obra só Jesus a executou, dando sua vida.

Ensinamento Herético
De todos os ensinamento do adventismo, este me parece o mais estapafúrdio, para não dizer herético, pois promove Satanás a ajudante de Cristo na tarefa de salvação, e co-participante com Ele na obra de expiação dos pecados.
A Igreja Adventista insiste em dizer que o Bode Emissário é Satanás, por não ter havido derramamento de sangue. E seria necessário? A obra de expiação tinha duas fases: a da expiação dos pecados pela morte do primeiro bode e a da remoção e perdão dos pecados representada pelo bode vivo. Na primeira fase havia derramamento de sangue, e na segunda Deus tirava de Sua lembrança os pecados confessados, esquecendo-os completamente, colocando-os tão longe dEle, assim como o oriente dista do ocidente (sal. 103:3,12). A expiação só se completava com a remoção dos pecados. Daí o simbolismo do Bode Emissário, transportando para bem distante, para o deserto, os pecados confessados.
Os comentaristas adventistas dizem que o Bode Emissário era uma figura de Satanás, no que diz respeito aos mil anos do seu futuro confinamento nesta terra. Mas nenhuma relação há entre uma situação e outra. Com o Bode Emissário completava-se a expiação dos pecados do povo para a salvação, enquanto que Satanás curtirá á suas culpas para a sua própria destruição.
Finalmente, para liquidar o assunto, basta ler o verso 5 e reler o de número 10: “Da congregação dos filhos de Israel tomarás dois bodes para oferta para o pecado e um carneiro para o holocausto. Mas o bode sobre que cair a sorte para bode emissário, será apresentado vivo perante o Senhor para fazer expiação por meio dele...
Está tudo muito claro. Os dois bodes, e não um apenas eram tomados como oferta para o pecado, isto é, para salvação do pecador arrependido. E mais: O Bode Emissário era apresentado perante o Senhor tanto quanto o primeiro, para fazer expiação. E só Jesus desempenhou essa obra.
Esta heresia é como o bicho-de-goiaba a invadir todo o sistema religioso da igreja. Por mais que me esforce, não consigo entender como os seus dirigentes, homens lúcidos e inteligentes, muitos deles imbuídos de sinceridade e de boa vontade, não conseguem ver a verdade que se apresenta diante de seus olhos. Não dá para entender.
Você, leitor com quem falo, acha que poderia andar sobre um fio de aço a 100 metro de altura, e até sem vara de equilíbrio, sem correr o risco de se machucar? Pois bem, Maior risco você estará correndo, se continuar aceitando esse engano que uma vez nos impingiram, e que aceitamos num momento de cochilo.
________________________________________
OBSERVAÇÃO:
Extraído do livro O ADVENTISMO de Ubaldo Torres Araújo, páginas 34-36, primeira edição 1.981.
Jesus Penetrou no Santíssimo
Celestial

Com este capítulo, tenho o propósito de demonstrar, não com o meu limitado poder persuasivo, mas com a própria lógica bíblica, que Jesus, na Sua ascensão, penetrou no Santíssimo celestial, o próprio Céu, e não em lugar que alguns teólogos comprometidos e leigos equivocados chamam de “santo”.
Depois que a Lei foi dada a Israel no Sinai, o Senhor deu estas instruções a Moisés em Êxodo 25:2,8,9:
Fala aos filhos de Israel, que me tragam ofertas; de todo o homem, cujo coração o mover para isso, dele recebereis a Minha oferta. E Me farão um santuário para que Eu possa habitar no meio deles. Segundo a tudo que Eu te mostrar para modelo do Tabernáculo e para modelo de todos os seus móveis, assim mesmo o fareis.
E assim foi feito. As instruções foram acabadas prontamente. O tabernáculo era portátil e tinha cerca de 6X18 metros, com um pátio de aproximadamente 30X60 metros. Tinha dois compartimentos.O primeiro denominava-se Santo, e o segundo, Santíssimo.Uma cortina separava um do outro. No lugar Santo havia uma mesa com os pães da proposição, um castiçal de sete lâmpadas e um altar de incenso. No Santíssimo havia uma arca, que media aproximadamente 1 metro de comprimento por 60 centímetros de largura. A caixa tinha uma cobertura denominada propiciatório. Dentro da arca estava, as tábuas com os dez mandamentos. Por certo tempo permaneceram também dentro dela um vaso de ouro contendo o maná e a vara de Arão. Sobre o propiciatório, notava-se a presença de dois querubins de ouro, um de cada lado. No pátio havia uma bacia de cobre batido cheia de água, onde os sacerdotes lavavam as mãos e os pés, antes de entrarem no Tabernáculo. Encontrava-se aí o altar dos holocaustos.
No reinado de Salomão, o Tabernáculo foi substituído por uma construção de pedras, e recebeu o nome de Templo de Salomão. Media cerca de 9X27 metros. Por dentro era forrado de cedro revestido de ouro. Na frente, do lado do nascente, o pátio media 9X5 metros. Contornando as outras paredes, foram construídas três filas de câmaras para alojamento dos que oficiavam no Templo e para depósito de dinheiro e dádivas do povo. O Templo de Salomão foi destruído no sexto século antes de Cristo, durante as invasões de Nabucodonozor. A partir daí, Israel permaneceu, setenta anos no cativeiro, depois do que muitos judeus vieram para a terra natal. Foi quando, sob a direção de Zorobabel, o povo construiu um novo templo, que se chamou Templo de Zorobabel.
Mais tarde, Herodes tomou a deliberação de reconstruir o Templo. Os trabalhos foram iniciados lá pelos anos 20 a.C. e ficaram concluídos somente muitos anos depois. Este foi o templo que os romanos destruíram no ano 70 depois de Cristo.

Como Era Feito O Ritual No Templo
Feita estas considerações, vejamos, de maneira sucinta, como se processava o ritual do templo. O serviço diário consistia na imolação de dois cordeiros, sendo um no crepúsculo da tarde, e outro pela manhã. O cordeiro era sacrificado no altar do pátio, fora, portanto, do recinto do Templo propriamente dito. O primeiro compartimento, com a mesa e os pães da proposição, o castiçal de sete lâmpadas e o altar de incenso, era símbolo da Terra, e mais particularmente, da cidade de Jerusalém, onde o Cordeiro de Deus seria morto. Perceba que no lugar Santo estavam as peças que diziam respeito aos interesses do pecador, no seu relacionamento com o Criador. O castiçal com as sete lâmpadas, permanentemente acesas, representava a plenitude do Espírito de Deus à disposição do homem. Os pães, eram, símbolo do alimento espiritual. E o incenso significava as orações do pecador arrependido em busca do trono da graça. O lugar Santo, - repetimos -, era símbolo da própria Terra, no caso, representada pela cidade de Jerusalém.
Ao Santíssimo, o acesso era permitido apenas ao sum sacerdote, o que acontecia uma vez por ano, no dia da Expiação. A descrição da cerimônia pode ser encontrada nos capítulos 16 e 23 de levíticos. Era celebrada no décimo dia do mês, que correspondia à segunda quinzena do mês de outubro. Em resumo, consistia na apresentação de dois bodes à entrada do Tabernáculo. Lançando-se sorte, um dos bodes era morto, e o seu sangue aspergido sobre o propiciatório, enquanto que o outro era conduzido ao deserto e aí abandonado à própria sorte.
O sumo – sacerdote, vestido de roupas brancas, era o tipo de Cristo, Aquele que devia purificar o povo de seus pecados.
O dia da Expiação não era como querem alguns, um dia de juízo, e nem os judeus consideravam que fosse. Era, antes, um dia de humilhação nacional, dia de arrependimento e de pedido de perdão. O ato em si não era de juízo, mas de purificação.
O lugar Santíssimo representava o trono de Deus, o próprio Céu. As leis do Concerto, bem como a presença simbólica dos querubins eram, de certo modo, como sombras do verdadeiro governo de Deus.

O Véu, A Raíz Da Questão
Morto Jesus, o véu que separava o Santo do Santíssimo se partiu de cima abaixo, significando isto, não só o fim do cerimonial judaico, como a preparação do novo caminho, para se chegar a Deus pelo VÉU, isto é pelo corpo de Cristo, pelo Seu sacrifício, pela Sua vida. Com a remoção do VÉU, o pecador arrependido foi elevado à categoria de filho pelo sangue de Jesus. É justo o que Paulo diz em Hebreus 10:19, 20: “Tendo, pois, irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos, pelo sangue de Cristo, pelo novo e vivo caminho que Ele nos consagrou pelo VÉU, isto é, pela Sua carne”.
Comentaristas bíblicos e não bíblicos questionam, inutilmente, se o VÉU (Katapetasma) de Heb. 6:19 , 20; Heb.10:19, 20; Mat. 27:51 ; Mc. 15:38, e Lucas 23:45 era o que dava acesso ao lugar Santo ou o que separava este do Santíssimo.
Naturalmente que os intérpretes adventistas folgam que possa haver divergência neste assunto, pois eles mesmos não gostarão jamais de admitir que Katapetasma dos textos considerados seja o segundo VÉU. Eles sabem, mais do que ninguém que o VÉU que se partiu de cima abaixo foi o segundo. Mas como confessá-lo, se isto significaria lançar por terra toda a estrutura da Igreja, no tocante ao juízo investigativo?
Entre outras coisas, o que significa para o mundo, a morte de Jesus, senão que Ele, agora,se constituem no traço de união entre a Terra e o Céu? Ora, o primeiro compartimento era símbolo da Terra, e o segundo, do Santuário celestial. Com a morte de Jesus o Céu ligava-se à terra; estava aberto, de maneira abarcante, o caminho para o trono da graça. Logo, o VÉU que se partiu não podia ter sido outro senão o segundo, isto é o que separava o lugar Santo do Santíssimo.
É evidente que a Igreja adventista do sétimo dia tem mil e uma “dificuldades” estratégicas para aceitar esta verdade insofismável. Admiti-la, agora, seria negar o que ela vem ensinando há cerca de 160 anos, isto é, que Cristo, na Sua ascensão, entrou, no Céu, e em lugar que ela denominava de “santo”. Seja como for, a permanência no engano não pode empanar o brilho da verdade de que Cristo, na ascensão, entrou no Santíssimo celestial, aí permanecendo até o dia de hoje.
Tendo, pois, irmãos, intrepidez para entrar no SANTOS DOS SANTOS, pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que Ele mesmo consagrou pelo véu, isto é, pela Sua carne.
Tenho diante de meus olhos um artigo intitulado “A Doutrina Adventista do Juízo Investigativo”, do Dr. Mário Veloso, Secretário de campo da Divisão Sul-Americana dos ASD, publicado na revista Ministério Adventista, número março a junho de 1.981. Vejamos o que o autor diz a respeito de Cristo entrando “além do véu”, conforme Heb. 6:9: “Pode ser sugerido que o autor de Hebreus empregou o vocábulo “VÉU” (Katapetasma) em sentido coletivo. Pode estar conferindo a Katapetasma um significado que abranja coletivamente o “VÉU” tanto diante do lugar Santo como do Santos dos Santos”.
É muito difícil poder concordar com o que sugere o autor, pois Paulo não deixa nenhuma brecha que indique tratar-se dos “VÉUS” coletivamente. OVÉU” a que o autor de Hebreus faz referência é o que dava acesso ao Santo dos Santos, pois ele mesmo diz em Hebreus 10:19, 20:
Tendo, pois, irmãos, intrepidez para entrar no SANTOS DOS SANTOS, pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que Ele mesmo consagrou pelo véu, isto é, pela Sua carne.
Qual era o véu que dava acesso ao Santo dos Santos senão o que separava o Santo do Santíssimo? Logo, Paulo não pode estar falando do véu que dava acesso ao lugar Santo. Estejamos lembrados de que Jesus, ao expirar na Crus , o véu que se partiu de cima abaixo não poderia deixar de ter sido o que separava os dois compartimentos. Primeiro porque o seu rasgamento seria muito mais marcante para significar o fim do ritual judaico, do que se o fato acontecesse com o véu de entrada do lugar Santo. Em segundo lugar, porque a abertura do véu que dava acesso ao Santíssimo, unia o Santo ao Santo dos Santos. Era como se a Terra se ligasse ao Céu por meio de Cristo. O Céu e a Terra estavam, a partir do Calvário, interligados pelo corpo de Cristo.
Agora. Atente, por favor, para este importantíssimo detalhe. O serviço diário se fazia no pátio e no lugar Santo, constituindo especialmente na imolação do cordeiro do crepúsculo da tarde e do cordeiro da manhã. O sangue desses animais era, em determinados casos, aspergido sobre o véu que separava o Santo do Santíssimo. Todo este ritual era simbólico do verdadeiro sacrifício de Jesus. Nestas condições, com o sacrifício do Filho de Deus, estava terminada a obra ant – típica do lugar Santo. Percebeu?. Ora, se estava concluída a obra do lugar Santo, não tem qualquer sentido dizer que Cristo, ao subir ao Céu, penetrou em um lugar chamado Santo. Não, isto não se coaduna com a verdade. Se aqui na Terra se cumpriria o serviço ant – típico do lugar Santo, é evidente que, na ascensão, Cristo penetrou no Santo dos Santos, isto é, no Santíssimo celestial, o próprio Céu.
A imolação de Jesus foi exato cumprimento do ritual diário, que se processava no pátio e no lugar Santo. Seu sacrifício foi um só, e eterno. Isto se confirma em Heb. 10:12 , onde se lê: “Jesus, porém, tendo oferecido, para sempre, um único sacrifício pelos pecados, assentou-se à destra de Deus”. E sentar-se “Adestra de Deus” significa estar no Santíssimo celestial, o próprio Céu, para, junto ao Pai, interceder por todos quantos a Ele se achegarem.
Resumindo: na Sua ascensão, Cristo penetrou no Santíssimo celestial, e ai permanece até o dia de hoje, intercedendo pelo pecador arrependido. Todavia, há quem diga que somente em 22 de outubro de 1.844 é que Cristo entrou no Santíssimo celestial.
Vamos, agora, em busca de mais provas para mostrar que Cristo, na Sua ascensão, penetrou no Santíssimo celestial, e não em um lugar que a IASD chama de “santo”, no Céu.

1.844 Uma Data Arbitrária E Sem Nenhuma Prova.
Hebreus 6:19, 20
O texto reza:
... a qual tem por âncora da alma, segura e firme, e que penetra além do VÉU, aonde Jesus, como precursor, entrou por nós, tendo-Se tornado sumo – sacerdote, para sempre, segundo a ordem de Melquisedeque.
Roberto Jamieson, A.R. Fausset e David Brown, no seu comentário exegético e explicativo da bíblia, volume 2 pág. 629, comentam:
“O mundo é a ante—sala, o lugar Santo; o Céu é o lugar Santíssimo; Cristo, o sumo – sacerdote, que nos antecede, possibilita que nós, depois dele e por Ele, entremos dentro do véu”.
Cristo é, pois, o nosso precursor, que saindo do lugar Santo (o mundo) para o Santíssimo (o Céu), abriu Ele mesmo o caminho para nos representar junto ao Pai, assim como o sumo sacerdote entrava no Santíssimo do Tabernáculo, uma vez por ano, para fazer intercessão pelo povo.
Observe, a seguir, este ponto importante sob todos os aspectos. O escritor de Hebreus escreveu esta carta antes do ano 70. Pois bem. Ele está dizendo que já àquele tempo Cristo estava além do VÉU, isto é, no Santíssimo. E como dizem os ASD que Ele entrou no Santuário somente em 22 de outubro de 1.844?
Só falta mesmo algum fanático calcular, também, o dia da semana, a hora, o minuto e o segundo em que Cristo penetrou no Santíssimo. Sim, porque quanto ao dia do mês, já se dá como certo que ocorreu em 22 de outubro (veja a Revista Adventista, mês junto de 1.980, pág. 56).
Tudo isto seria muito cômico, se não fosse tão trágico e melancólico. Só um cego não vê que esta história não se apresenta com a justeza que lhe devia ser peculiar. Pense mais um pouco, leitor, e note que o escritor de Hebreus diz que Jesus se tornou não sacerdote, mas sumo – sacerdote. E quem ministrava no Santíssimo, senão o sumo sacerdote? Assim foi com Cristo, que ao ascender às alturas, chegou ao Santíssimo celestial, colocando-se à destra do Pai.
Mas, para que as coisas fiquem ainda mais claras, admitamos, por instantes, que Cristo tenha penetrado no Santíssimo em 1.844. Neste caso, onde estaria Ele desde Sua ascensão até essa data, cerca de dezoito séculos? A IASD diz que Ele estava no compartimento Santo. Para confirmação deste fato, leia este trecho que retiro do livro “O Ritual do Santuário” do pastor M.L.Andreasen, professor de exegese Bíblica do Seminário Teológico Adventista, em Washington, 2ª Edição, página 197: “Como os sacerdotes ministravam no primeiro compartimento do tabernáculo, cada dia do ano, até ao grande dia da Expiação, assim também Cristo ministrou no primeiro compartimento do santuário celestial até ao tempo de sua purificação. Esse tempo foi 1.844. Então Cristo passou para a fase final de Seu ministério”.
É pena que o Pastor Andreasen não tenha dito que tipo de serviço Cristo esteve ministrando nesse primeiro “compartimento”. É que nem ele, nem ninguém jamais conseguirá fazê-lo, convincentemente, pelo simples motivo de que a obra ant – típica do primeiro compartimento do santuário terrestre Jesus a consumou na Sua Morte, uma vez por todas. Não fosse assim, bem que poderíamos dizer: “Pobre Cristo!” Teve que ficar confinado, durante dezoito longos séculos, em um compartimento, fazendo o que, não se sabe, uma vez que Ele já havia cumprido Sua missão, no que diz respeito ao lugar Santo.
O Dr. Mário Veloso, no mesmo artigo, abordando o mesmo tema diz: “Isto significa que durante todo esse tempo (O autor se refere ao período que se estendeu desde a ascensão até 1.844) Cristo esteve oferecendo perante o Pai Seu sangue em favor dos crentes arrependidos. Cristo esteve aplicando Seus méritos a todos os que se arrependessem, com o objetivo de perdoar-lhes os pecados e livrá-los de suas culpas”.
Agora apreciemos o que diz o autor com relação ao período a partir de 1.844: “Assim como no dia da expiação não cessava o sacrifício contínuo, também durante o juízo investigativo, cessa Cristo Sua obra de perdoar pecados. Só que desde 1.844, Cristo acrescentou ao ato de perdoar os pecados e ato de apagá-los dos registros”. Como se nota, segundo o articulista, até 1.844, Cristo intercedeu pelo pecador no primeiro compartimento. A partir de 1.844, Cristo continuou a interceder pelo pecador, no segundo compartimento. Esquematizemos com toda clareza, o pensamento do autor:
1) No lugar Santo Cristo intercedeu.
2) No Santíssimo Cristo intercedeu e apagou o registro dos pecados.
Vê-se aí um contra-senso dos piores. Por que Cristo teria que fazer no lugar que chamam de Santo o que devia ser feito no Santíssimo? Eu pergunto àqueles que defendem esta tese anti-bíblica em que lugar Paulo diz que Cristo penetrou no Céu em um lugar denominado Santo. Por que tanta relutância em aceitar o ensinamento do apóstolo que afirma, reiteradas vezes, que Cristo na Sua ascensão, penetrou no Santíssimo celestial, o próprio Céu, para iniciar Sua obra de intercessão em benefício do pecador arrependido? Por que não aceitar a evidência de que Jesus, na Sua morte, cumpriu, de uma vez por todas, a obra anti-típica do lugar Santo? Desejar atribuir-Lhe qualquer missão nesse lugar, no Céu, é impor-Lhe novo sacrifício.
Vejamos, a seguir, outra evidência de que Cristo, na Sua ascensão, não entrou em um compartimento Santo, mas no Santíssimo celestial, o próprio Céu.

Cristo Entrou no Céu
Hebreus. 9:24
Porque Cristo não entrou em santuário feito por mãos, porém no mesmo Céu, para comparecer AGORA, por nós, diante de Deus.
O sumo – sacerdote, ao entrar no Santo dos Santos, o que fazia uma vez por ano, era como se estivesse na presença de Deus, que se manifestava através do SHECHINAH. Pois bem. Paulo, neste texto, está dizendo que AGORA (referindo-se à época em que a carta foi escrita, a saber, antes do ano 70), Cristo já estava na presença de Deus, intercedendo pelo pecador. E se o sumo – sacerdote, ao entrar no Santíssimo do tabernáculo, estava na presença de Deus pela nuvem de fumaça que se fazia presente, assim também Cristo, para chegar à presença de Deus, entrou no Santíssimo celestial, o próprio Céu, como disse o Apóstolo. Maior clareza do que esta não é possível. Contudo, vamos ao estudo de outro texto.
Cristo O Sumo Sacerdote
Hebreus 9:11, 12
Quando, porém, veio Cristo como sumo – sacerdote dos bens já realizados, mediante o maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, quer dizer, não desta criação, não por meio de sangue de bodes e de bezerros, mas pelo Seu próprio sangue, entrou no Santo dos Santos, uma vez por todas, tendo obtido eterna redenção
Aonde penetrou Cristo? Em algum lugar denominado “santo”? Você não encontrará, em toda a Escritura, uma só passagem que o diga. Em vez disso, Paulo diz que Ele entrou no Santo dos Santos, que é o Santíssimo. E mais. Paulo não fala da entrada de Cristo no Santo dos Santos, como sendo um acontecimento a se situar no futuro. Muito pelo contrário. No momento em que escrevia aos Hebreus, o que deve ter acontecido antes do ano 70, Cristo já estava no Santíssimo celestial, segundo ele.
Agora, leitor, resta-lhe, tomar a decisão. Ou você acreditará na doutrina de homens que não podem retroceder (e não podem porque não querem), ou depositará sua confiança na Palavra Eterna. Seja qual for sua escolha, a verdade continuará imutável. Sem dúvida alguma, Cristo não entrou no Santíssimo somente em 1.844, mas muito antes. Este acontecimento se deu na Sua ascensão.
O pastor Ballenger e outros foram taxados de apóstatas, como apóstata será chamado todo aquele que ousar discordar dos conceitos tradicionais, que, por não serem muitos deles verdadeiros, já há muito deviam ter sido reformados. Mas a IASD não quer mudar. Não pode mudar. Ou não lhe convém mudar. Ela prefere perder os dedos amanhã a se desfazer dos anéis hoje.
Algumas pessoas, muito engenhosas, juntam versículos com versículos, numa enfadonha e complicada alquimia, e chegam à conclusão engraçada de que na expressão “e o santuário será purificado”, de Daniel 8:14 , a palavra “purificado” não significa o que ela realmente quer dizer, mas sim “juízo”. Em seguida, fazem uma conexão de tudo isso com Apoc. 14:6, 7 e logo deduzem: “O juízo investigativo começou em 1.844”. Eu mesmo já procedi desta forma, no passado, e o fazia com extrema habilidade. Mas hoje vejo, com clareza inconfundível, que tudo não passava de simples conta de chegar.
Agora, diante de toda essa conjuntura, é oportuno perguntar:
- Como fica a profecia das 2300 tardes e manhãs, que, no entender dos ASD esbarrou em 1844?
Paulo, cuja palavra é digna de toda fé, diz que Cristo penetrou no Santíssimo celestial, o próprio Céu, após Sua ressurreição, e não em 1.844, dezoito séculos depois. E lá continua Ele, na Sua obra de intercessão pelo pecador arrependido, até o dia de hoje.
Em prosseguimento, é a vez de comentarmos:

Jesus Entrou No Santo Dos Santos Logo Após Sua Ressurreição
Hebreus 9:6, 7
Embora seja usada, genéricamente, a palavra “tabernáculo” para designar a construção de madeira, em forma de paralelogramo retângulo, os judeus chamavam ao lugar Santo, de “primeiro Tabernáculo”, enquanto que o Santo dos Santos ou Santíssimo era denominado “segundo tabernáculo”. Observe como Paulo se expressa em Hebreus 9:6, 7:
Ora, depois de tudo isto assim preparado, continuamente entram no PRIMEIRO TABERNÁCULO os sacerdotes, para realizar os serviços sagrados; mas no SEGUNDO, o sumo-sacerdote , ele sozinho, uma vez por ano, não sem sangue, que oferece por si e pelos pecados da ignorância do povo.
A seguir, vamos ler juntos, Hebreus 8:1, 2:
Ora, o essencial das coisas que temos dito é que possuímos tal sumo – sacerdote, que Se assentou à destra do trono da Majestade nos Céus, como ministro do santuário e do verdadeiro tabernáculo que o Senhor erigiu, não o homem.
Como facilmente se constata na Sua ascensão, e não em 1.844. Cristo entrou no verdadeiro tabernáculo, isto é, no próprio Santíssimo celestial, do qual o segundo tabernáculo era símbolo, para iniciar Sua obra de intercessão. Seja dito, de passagem, que Estevão, antes de ser apedrejado, viu Cristo {a direita do Pai, no Céu. E é certo que, àquele tempo, no ano 34, já estava Ele desempenhando Suas funções como nosso advogado. Não tem, pois, qualquer base escriturística dizer que somente em 1.844 Cristo, penetrou no Santíssimo celestial. Paulo é claro demais, quando diz que Cristo, como nosso precursor, penetrou além do VÉU, isto é, no Santo dos Santos (Hebreus 6:19,20). E quando? Na Sua ressurreição, ao Se apresentar ao Pai. Isto é o que diz o Apostolo. E eu creio que não vale a pena discutir com ele. Só levaríamos desvantagem.
Finalmente, vamos à conclusão derradeira.
O Santíssimo é o Próprio Céu
Hebreus 10:19,20
Eis um detalhe importantíssimo que não podemos deixar de por em evidência. O Santíssimo é o próprio Céu. Já o dissemos linhas atrás. Não obstante, não seria demasiado citar mais um texto comprobatório. É o que se encontra em Hebreus 10:19, 20:
Tendo, pois irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos, pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que Ele consagrou pelo Véu, isto é, pela Sua carne.
Pelo exposto, para onde irão os salvos, segundo Paulo? Para o Santo dos Santos. Em outra palavras, quando Cristo vier, para que lugar Ele os levará? Para o Céu. É o que está escrito o que é o Santo dos Santos ou o Santíssimo, senão o próprio Céu? É preciso mais alguma prova? Cristo não prometeu, no Céu, em nenhum compartimento chamado “santo” nele permanecendo até 1.844. Admiti-lo seria uma infantilidade sem limites. Desde Sua ascensão até hoje, Cristo está no Santíssimo, que é o próprio Céu, à destra do Pai, intercedendo, continuamente, pelo pecador arrependido.
Resumo
1) – O Tabernáculo foi construído segundo modelo apresentado a Moisés, no Monte, e não segundo modelo visto do Céu.
2) – O lugar Santo era separado do Santo dos Santos ou Santíssimo por uma cortina chamada VÉU.
3) – O ritual no pátio e no lugar Santo era diário, enquanto que o do Santíssimo era feito uma vez por ano, no dia da Expiação.
4) – O Dia da Expiação não era um dia de juízo, mas dia de humilhação, dia de arrependimento e pedido de perdão, para purificação do pecador.
5) – O ritual em tipo, diário, no pátio e no lugar Santo, era simbólico do verdadeiro sacrifício de Jesus, e se cumpriu, uma vez por todas, em Sua morte. Por esta razão, Paulo não fala dele como sendo entrado em um lugar chamado “santo”, no Céu, mas sim no Santo dos Santos. Sua obra INTERCESSÓRIA deveria começar, como começou, ao ser recebido no Céu. Assim foi, e continua sendo até ao dia de hoje.
6) – Não há, em toda a Escritura uma só passagem que fale da entrada de Cristo em lugar chamado “santo”, no Céu. Este fato ocorreu aqui na terra, quando de Sua imolação.
7) – O Santíssimo celestial é o próprio Céu.
8) – Paulo escreveu sua carta aos Hebreus antes do ano 70. Nessa ocasião, segundo ele, Cristo já estava no Santíssimo celestial. Portanto, não tem o menor fundamento o pensamento de que isto tenha ocorrido somente em 1.844, dezoito séculos depois da Ressurreição.

Conclusão Final

Os Adventistas do Sétimo Dia dizem que somente em 1.844, Cristo penetrou no Santíssimo celestial, para continuar Sua obra de mediação em benefício do pecador arrependido. Isto não é verdade. Quando Jesus foi morto, cumpria-se, uma vez por todas a obra ant – típica do lugar Santo do Santuário. Na Sua ascensão, Cristo penetrou no Santíssimo celestial, que é o próprio Céu, ocasião em que começou Sua missão intercessória. À luz da palavra de Deus, podemos afirmar que o Dia da expiação ant – típico teve seu início, não em 1.844, mas no ano 31.

Uma Pergunta Só Para Pessoas Sinceras
O serviço do Tabernáculo, resumidamente, importava no ritual do pátio e do lugar Santo, com a imolação de dois cordeiros, sendo um pela manhã e outro no crepúsculo da tarde. Este era o serviço em tipo. Quando Jesus, o Cordeiro de Deus, expirou na cruz, cumpria-se, uma vez por todas o serviço ant – típico do lugar Santo. Havia terminado, para sempre, o ritual diário (o típico e o ant – típico, o simbólico e o verdadeiro).
Uma vez por ano, no Dia da Expiação, efetuava-se o ritual do Santíssimo, ocasião em que o sumo – sacerdote entrava em contato com Deus, que se manifestava através do SHECHINAH. Com a chegada de Jesus ao Céu, iniciava-se a obra ant – típica do segundo compartimento.
Agora vem a pergunta:
O que estava fazendo Cristo, no Céu, em um lugar que os ASD denominam “santo”, desde Sua ascensão até 1844?
Por favor, não me diga que Ele estava realizando o serviço ant – típico do lugar Santo do Tabernáculo. Esta obra Ele consumou na Sua morte.
Então:
O que esteve fazendo Cristo no Céu, em um lugar que a IASD chama de “santo”, desde Sua ascensão até 1.844?
________________________________________
Esta matéria foi extraída parcialmente do livro O ADVENTÍSMO de Ubaldo Torres Araújo primeira edição 1.981 páginas 21-31

A Restauração Da Verdade e o Juízo Investigativo


A Restauração Da Verdade E O Juizo Investigativo
Desejo chamar sua atenção, leitor, para o título acima. Pensam alguns que a profecia de Daniel 8, estabeleceu, para 1844, um movimento de restauração da verdade na terra, e o inicio de um juízo investigativo no Céu. Observe o que disse o falecido líder Adventista do Sétimo Dia Sr. Walter Schubert: “Como já temos visto, no final do período dos 2.300 anos, em 1844, começou a purificação do santuário no Céu, ou seja o juízo investigativo que precede a segunda vinda de Cristo. Então, como predito pela mesma profecia do capítulo 8 de Daniel, a verdade do evangelho, que tinha sido lançada por terra, seria vindicada” (Sermões, página 251).
De acordo com o autor, a purificação do santuário celestial significava o inicio de um juízo investigativo no Céu. Mas é pena que ele não tenha dito em que lugar a profecia o diz. Lembro-me perfeitamente da dificuldade que tinha, no passado, para esclarecer aos outros esta questão. Quando eu abordava o assunto, apelava para todos os engenhos teológicos imagináveis, laçava mão de silogismos, de maiores a menores, utilizava-me de corolários e suposições, para provar que a data “milagrosa” de 1844, começava a purificação de um santuário no Céu. E que esse processo de purificação implicava, ao mesmo tempo, no inicio de um juízo investigativo no Céu, e a restauração da verdade aqui na terra. Minha dificuldade era grande, porque a Bíblia em nada me ajudava na revelação do complicadíssimo enigma. Eu tinha mesmo era que apelar para o jogo de tabelas. Algumas vezes estive ao ponto de exclamar como Albion Fox Ballenger: “Se Deus quiser, nunca mais pregarei até estar sabendo sobre o que estou pregando”. Mas o medo, que é o oponente da coragem, não me permitia faze-lo.
Pretender estabelecer qualquer relação entre o termo “purificado” ou outro ponto qualquer da profecia de Daniel com a vindicação de uma verdade e início de um juízo no Céu é forçar a natureza dos fatos. É entrar por um desvio incerto. O que a rigor aconteceu é que a nação judaica fora proibida de praticar a verdade de que dispunha. Porém, com a expulsão dos exércitos de Antíoco, o serviço diário do Templo foi restabelecido, e os judeus estavam, outra vês,livres para adorar a Deus, através de seu culto. Que diremos pois? Que a verdade seria destruída para ser posteriormente restabelecida? Não. Ela é indestrutível, e continuará intata, seja qual for a atitude assumida pelo homem a seu respeito. A luz do sol poderá ser, por algum tempo, encoberta pelo nevoeiro escuro, mas ele continuará, indiferente, emitindo sua luz com a mesma intensidade. No caso da profecia, um povo fora proibido, temporariamente, de praticar a verdade que Deus lhe havia concedido. É neste sentido que a verdade foi lançada por terra. Quando a proibição foi retirada, o mesmo povo voltou a praticar a verdade que tinha. Repetindo: retirado o “contínuo”, profanando o Templo, impedida a leitura das Escrituras, removido o Sábado como dia de guarda, imposto um culto pagão, estava o povo de Deus impossibilitado de viver a verdade que possuía. Expulso o invasor, o Templo foi logo purificado, e os judeus voltaram à prática da verdade. Foi o que aconteceu.

Início do Adventismo
A seita religiosa que dava os seus primeiros passos no começo do século XIX, tendo se formado sobre alicerces de fraca consistência, não foi um movimento de restauração da verdade. Apenas surgia no horizonte, mais uma igreja, como tantas outras, com erros e acertos, mais erros do que acertos, mas de certo modo diferente das demais, pelo seu conteúdo judaizante, pois reclamava para si uma pesada bagagem de preceitos subtraídos do judaísmo.
Quanto ao início de um juízo investigativo no Céu em 1.844, as Escrituras não dão notícias. Homens extremamente habilidosos no manuseio da coisa sagrada é que chegaram a esta conclusão canhestra. O que se sabe é que Cristo, após a ressurreição, começou no santuário celestial, Sua obra de intercessão em benefício do pecador arrependido. E isto não se deu em 1.844, mas por ocasião de Sua chegada à presença do Pai. Certifique-se deste fato, lendo I João 2:1, 2 e os capítulos 7,8,9 da carta aos Hebreus. Acerca do juízo divino sobre os homens, basta que nos limitemos ao que diz o Livro Sagrado.
________________________________________
Parte desta matéria foi extraída do livro O ADVENTISMO de Ubaldo Torres Araújo primeira edição: 1.981 páginas 55,56

109 comentários:

Maxuel disse...

Boa Tarde!
Finalmente seu blog foi feliz em alguma coisa, você ajudou muitas pessoas a conhecer a igreja verdadeira (IASD), acho que vc não gostou muito dos comentários por isso apagou todos!
e Para aqueles que querem encontrar um igreja adventista proxima esse é meu e-mail max.ufpb@gmail.com!
Obrigado peregrino, querendo ou não você ajudou na pregação do evangelho!
um forte abraço!
MAXUEL AMORIM

CLUBE DE JOVENS JÓIAS RARAS disse...

O que dizer deste artigo? incoerente, inconsistente e totalmente arbitrário! Mas mesmo assim de algum valor: ajuda-nos a rebater pensamentos errõneos que este site publica! por favor continuem falando mal dos adventistas que assim, nós, ficaremos mais aptos a responder suas acusações!

Anônimo disse...

Nós quem? Até agora "nós" não responderam ao pé da bíblia, somente usam de palavras vazias.
A não ser uma ou duas pessoas educadas me responderam e sem sarcásmo, os demais só mandam besteiras e palavras vazias.

1. Quem profanou o Santuário no Céu em 457a.c

2. Qual é o verso Bíblico que apresenta Jesus Cristo com o purificador do Santuário no Céu entre os anos de 457a 1.844

3. Onde se baseiam para dizerem que Cristo passou do lugar Santo para o Santíssimo em 1.844.Na minha Bíblia diz que ele quando foi assunto ao céu ,foi imediatamente para a destra de Deus no Santíssimo.Hebreus 1:3 , 6:19-20 , e 9:12.

Anônimo disse...

Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios;
Pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência;
I Timóto 4:1-2

Anônimo disse...

Maxuel, a igreja verdadeira é a de Cristo, tais muito enganado garoto.
O Peregrino tem razão em chamar a IASD de seita, pois seus adéptos reinvindicam sua igreja como verdadeira e isso não é verdade.
A Igreja é de Cristo e os salvos estão espalhados pelo globo terrestre. Vc entende garoto?

Maxuel disse...

obaa! é assim que os garotos falam né? garoto posso ser sim! porém esse titulo não me impede de discernir o que é certo ou errado! quando me refiro a igreja verdadeira, estou dizendo que a IASD está de acordo com o que a biblia revela sobre a mesma, guardamos os mandamentos de Deus e temos o testemunho de Jesus Cristo! é lógico que a igreja é de cristo, e mais lógico ainda é que os salvos se encontram espalhados pela terra, a salvação é pra todos! desde que aceite e creiam em Jesus e não esqueçam, se faz necessário que os que querem ser salvo estejam de acordo com os principios de uma vida cristã! amigos um texto fora de um contexto é um pretexto! estou disponivel para conversamos, sou usuario do msn, skype etc..
meios de comunicação não vai faltar para me chamarem de garoto!
felicidades a todos!
que Deus nos abençoe e nos der sabedoria para não andarmos em caminhos tortuosos!

Anônimo disse...

Suas palavras são dúbias garoto Maxuel Smart, você está com duplo pensamento, primeiro diz que a igreja verdadeira é a IASD, sendo assim as outras estão erradas, depois diz que a salvação é pra todos, desde que seja na IASD é claro. Lembre-se que um jovem rico guardava todos os mandamentos, só achei estranho que Jesus não falou do sábado se é vital para a nossa salvação como diz os adéptos desta seita, mas deixa pra lá, continuando, o jovem guardava todos os mandamentos, porém ele saiu de cabeça baixa...Interessante essa passagem.

Maxuel disse...

Primeiro obrigado pelo o Inteligente, segundo... se você quer comparar a seguinte passagem com o nosso debate, você está equivocado em pensar que vou abaixar a cabeça diante conceitos que não tem fundamentos, não quero pensar que você seja tão arcaico a ponto de pensar que jovem é sinal de falta de conhecimento, meu caro não disse em momento algum que as outras igrejas estão certas ou erradas, apenas quero declarar mas uma vez , que não vou de acordo com o que é apresentado neste blog, e quero enfatizar que sou menbro da IGREJA ADVENTISTA DO SETIMO DIA por que acredito que lá está o testemunho de cristo e a guarda dos seus ensinos! a respeito do sabado claro que não é mais importante do que não matar, não cobiçar! o problema é que muitas pessoas começam a fazer comentários sem antes nem ter pisado os pés lá! sou maduro o suficiente para conviver num meio social onde os conceitos não sou os mesmos que possuo! se fosse para apontar erros de igrejas não iriam faltar comentários meus aqui, não tou dizendo, que a IASD não tem falhas! porém pra mim é lá que estão os ensinos que vão me levar para a vida eterna! indentifique-se, creio que não há por que ter receio de debater com um garoto como eu!
mas uma vez estou disponiveil para conversar em qualquer meio de comunicação! se faz preciso muitas vezes em nossas vidas revermos nossos conceitos e ideologia! só tenho 18 anos , porém ja vivi o tempo suficiente para se posicionar diante de uma situação e defender meus conceitos, é claro desde que os mesmos sejam coerentes e que sejam verdadeiros!
Fica com Deus! que Deus derrame sobre você chuva de benções!
um abraço...
Maxuel Amorim (Garoto como quera, a forma jamais irá mudar o conceito.)
bye
friend not identified

Anônimo disse...

Falou tudo mas não disse nada!

Seu ego (EU, como está no seu blogger) é mais forte do que a verdade.

Desvendar a verdade e ver o que é sério, aceitando fatos não é contra a sua mentalidade cativa, dirigida pelos seus videntes espirituais. Elas temem usar a própria inteligência que Deus lhes deu para examinar criticamente qualquer apresentação contrária às suas crenças. "Kevin Reeves"

Um abraço meu garoto.

Que Deus te ilumine e te dê graça.

Anônimo disse...

Há motivos apresentado nesse blogger a respeito das esquisitas doutrinas da IASD no qual sem embasamento bíblico, 1844 por exemplo.
Porém não há refutação alguma, só palavras vazias, apenas isso.
Se você concorda ou não, não deixarei de falar a verdade.

Maxuel disse...

FICO ADMIRADO EM NOTAR QUE EXISTE UM CD DE UMA CANTORA ADVENTISTA SENDO DIVULGADO NESTE BLOG! UMA VEZ QUE O MESMO APRESENTA TANTO DESCONTENTAMENTO COM OS ENSINOS DA IASD, ACHO QUE A IASD TAMBÉM INFLUÊNCIOU A MUSICA OU NÃO!
POSSO TA EQUIVOCADO!
ALESSANDRA É UMA GRANDE CANTORA!

Anônimo disse...

Amo as músicas da Alessandra (nem todas é claro), a amo, amo você, mas sou contra as inverdades pregadas pela seita IASD, uma coisa não tem nada haver com a outra.
Veja bem, não sou contra a todas as doutrinas da IASD, existe muita coisa boa dentro dela, as pessoas por exemplo, tem adventista que vale mil por um evangélico, é claro que a IASD tem seus pontos bons, porém ela está em desacordo com muitas coisas no que se refere a doutrina da Salvação ou da Cristologia, eu quero que você entenda isso.
Não tenho nada contra vocês adéptos.

Maxuel disse...

Ok!
Seus Argumentos não iram mudar o que eu penso e nem os meus iram mudar o que pensas!
Porém o espirito santo é capaz de realizar qualquer obra que nós não podemos realizar!
A respeito do meu Ego, não mudarei pois acredito que cristo está em mim! sou uma pessoa cheia de defeitos não nego, porém esses defeitos não me impedem de seguir os ensinos de cristo!
Noto que você é muito "inteligente" no que si diz respeito as criticas a respeito da IASD, espero que um dia seja inteligente ao ponto de reconhecer os ensinos de cristo!
fica na paz irmão!
até logo!
voltarei a incomoda-lo em breve!
rsrssrs
também não nada contra você!
so um conselho acho que vc deveria publicar mais sobre o que vc acredita, sua fé, religião! assim vc daria o direito de ser questionado!

Anônimo disse...

Amado Maxuel, dê uma lida nisto:

Quem vive sob a égide da lei dos Dez Mandamentos viverá por eles e quem vive sob a égide de Cristo viverá sob o Seu Espírito.

Um estudo comparativo destas duas bases de sustentação demonstrará que não estamos mais presos a nenhuma contextualização levítica. A Doutrina do Santuário conforme exposta pelos adventistas é uma séria intromissão na infra-estrutura do Sacerdócio de Cristo como Sumo-Sacerdote da Ordem de Melquisedeque. Eles não sabem ler que o velho concerto é a mesma coisa que os dez mandamentos e que houve uma mudança de sacerdócio e de lei pela chegada do novo concerto.

Como base final desta heresia adventista, seus membros são levados a uma condição terrível de “viver pela lei dos dez mandamentos, para poder viver eternamente”. Onde está escrito isto? Entre outros lugares, está escrito nesta citação whiteana:
"Todos os que verdadeiramente se tenham arrependido do pecado e que pela fé hajam reclamado o sangue de Cristo, como seu sacrifício expiatório, tiveram o perdão aposto ao seu nome, nos livros do Céu; tornando-se eles participantes da justiça de Cristo, e verificando-se estar o seu caráter em harmonia com a lei de Deus, seus pecados serão riscados e eles próprios havidos por dignos da vida eterna".

Realmente só o Espírito Santo pode fazer a obra para que Cristo seja glorificado, como está escrito em Joel 2:9 Ao Senhor pertence a Salvação.


Deus te abençoe.

Nuno disse...

Um olá a todos os leitores.
Que a paz do nosso Senhor Jesus Cristo esteja convosco.

Apoio-me na ultima afirmação que é:

"Realmente só o Espírito Santo pode fazer a obra para que Cristo seja glorificado, como está escrito em Joel 2:9 Ao Senhor pertence a Salvação.

... para diz que aquele, que postou esta mensagem sobre os princípios da igreja adventista do Sétimo dia, está a fazer um óptimo trabalho de evangelização. Embora este Sr. ainda não perceba vários princípios como esta frase:

"OS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA. Ensinam que Jesus Cristo não fez expiação na cruz pelos nossos pecados – Em Definição da Doutrina pág. 12." pois João 3:16, o simbolismo do sangue na santa ceia, por exemplo, confirmam que Jesus é o Cordeiro de Deus.

Também não percebeu as citações de Paulo, sobre o Santuário:


"1.844 Uma Data Arbitrária E Sem Nenhuma Prova."
Esta é a data que que Jesus entrou no lugar santíssimo, ler Grande Conflito de Ellen G. White.

Se ainda tens dúvidas quanto a Ellen G. White, tenho 3 informações para ti:

- 1º tens que perceber a história do movimento de Miller,

-2º ler Apocalipse 14:12
" 12 Aqui está a perseverança dos santos, daqueles que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus"

e o que é a fé em Jesus?

Apocalipse 19:10
"Então me lancei a seus pés para adorá-lo, mas ele me disse: Olha, não faças tal: sou conservo teu e de teus irmãos, que têm o testemunho de Jesus; adora a Deus; pois o testemunho de Jesus é o espírito da profecia."

outra frase tua:

"Alimentos Segundo a Bíblia
Infelizmente ainda existem, em nossos dias, igrejas que dizem ser evangélicas, pregando a salvação vinculadas a alimentação. Ensinam que se porventura comerem carnes ou tomarem café, entre outros alimentos, estão perdidos. Esquecem de pregar que a salvação é somente pela fé em Jesus Cristo."

Correcto parcialmente: é necessário pregar o evangelho, mas a santificação e a construção do nosso carácter igual ao de Jesus leva-nos a procurar melhor a nossa vida e comunhão com Jesus. Lembra-te que o nosso corpo é o santuário de Deus e Deus habita apenas no corpo digno.
1 tessalonicenses 5:23
João 2:21

Outra coisa amigo:

Cada um faz o que lhe é natural.
Se tens o espírito do Senhor em ti, então farás a Sua vontade.

Mateus 7:16
"Pelos seus frutos os conhecereis."

Se segues a Satanás então NÃO ACUSARÁS MAIS! POIS ELE É O ACUSADOR E ACUSA DEUS DIA E NOITE NO SEU TRONO, E É O PAI DA MENTIRA E NÃO SE FIRMOU NA VERDADE.

frases como:
"A seita religiosa..."
(não sabes o que significa seita, por isso a tua afirmação não tem fundamento)
"Ensinamento Herético
De todos os ensinamento do adventismo, este me parece o mais estapafúrdio, para não dizer herético"
"Vamos, agora, em busca de mais provas... "

...provam que procuras denegrir o teu irmão, e ainda por cima essas frases não são construtivas.

Aguarda resposta tua.
arrepende-te do teu pecado e segue a Jesus, nosso Senhor.

Nuno Venâncio
Estudante de Teologia em Collonges-Sous-Saleve, França
cuidado

Anônimo disse...

Sr. Nuno, deixe o seu email por favor.

1.844 a tua profetisa que disse, e isso é uma heresia, algo vazio diante de tanta erro que a mesma cometeu.
1844 não tem respaldo bíblico mesmo você lendo apocalipse, não há provas concretas sobre 1844, apenas os adéptos dessa seita acreditam nesse conto do vigário. A Bíblia diz que Jesus voltará e que Ele entrou no santíssimo, não existe meio termo, não existe purgatório meu amado.
É uma pena que você se deixou levar por essa mentira de 1844, inclusive exorto você ler o livro A Nuvem Branca de Dirk Anderson ok?

Texto fora de contexto é pretexto.

Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade.II Timóteo 3:7

Anônimo disse...

Seita (< latim secta = "seguidor", proveniente de sequi = "seguir").

Exemplos: IASD seguem EGW e seus escritos.

Um estudo comparativo destas duas bases de sustentação demonstrará que não estamos mais presos a nenhuma contextualização levítica. A Doutrina do Santuário conforme exposta pelos adventistas é uma séria intromissão na infra-estrutura do Sacerdócio de Cristo como Sumo-Sacerdote da Ordem de Melquisedeque. Eles não sabem ler que o velho concerto é a mesma coisa que os dez mandamentos e que houve uma mudança de sacerdócio e de lei pela chegada do novo concerto.

Pra você saber, sou um seguidor de Jesus e busco a sua Palavra, mais nada, fora disso é de influência malígna.

Nuno disse...

"1844 não tem respaldo bíblico mesmo você lendo apocalipse, não há provas concretas sobre 1844."

vejo que não conheces a profecia das 2300 tardes e manhãs descritas em Daniel e Apocalipse, por isso não te censuro. Não fales nem acuses daquilo que não sabes se não cais no ridículo.

"Texto fora de contexto é pretexto."

para ti é falta de conhecimento, nada mais.

---------------------------------

"Um estudo comparativo destas duas bases de sustentação demonstrará que não estamos mais presos a nenhuma contextualização levítica. A Doutrina do Santuário conforme exposta pelos adventistas é uma séria intromissão na infra-estrutura do Sacerdócio de Cristo como Sumo-Sacerdote da Ordem de Melquisedeque. Eles não sabem ler que o velho concerto é a mesma coisa que os dez mandamentos e que houve uma mudança de sacerdócio e de lei pela chegada do novo concerto."

Metade do que disseste é verdade e apoio-te mas quero ver versículos da bíblia, sem versículos não provas o que dizes. Não parece que sejas seguidor de Jesus nem tão pouco o conheças pois Jesus usava o termo "está escrito" para confirmar o que dizia.
Só depois te comprovo

-------------------------------

"Pra você saber, sou um seguidor de Jesus e busco a sua Palavra, mais nada, fora disso é de influência malígna."

Ai sim?
Segues a Jesus?
Amas a Jesus?

Então obedece-lhe se faz favor:

Jesus disse:
João 14:15
"Se me amardes, guardareis os meus mandamentos."

Onde Estão os mandamentos?

Êxodo 20:2-17 e Deuterenómio 5:2-21

Será que Jesus veio mudar os mandamentos?

Mateus 5:17
Jesus disse:
"Não penseis que vim destruir a lei ou os profetas; não vim destruir, mas cumprir."

-------------------------------

Uma denominação religiosa e seita se:

- tiver menos de 50 anos,
- estiver num local específico
- ter poucos membros.

A SDA é uma das 2 únicas igrejas consideradas "católicas", ou seja,
universais pois são organizadas e estão em todos os continentes.
Foi instituída SDA antes de 1900, ou seja à mais de 100 anos.

------------------------------

Nuno Venâncio
Email: nrvenancio@gmail.com

Não respondo:
- a acusações
- má educação
- frases sem fundamento (versos bíblicos) pois quando se faz uma afirmação deve-se provar pela bíblia.

obrigado

Anônimo disse...

Nem vou te escrever, não merece refutação, pois sei que você está cego. Essa de 2300 anos está furado também, isso é redículo, vocês são iguais as testemunhas de Jeová, cheio de previsões.
Conhecer é uma coisa, ser induzido é outra.

"Ao advertir os pecadores e tentar despertar uma igreja formal, cumprimos nossa obra. Em sua providência, Deus fechou a porta; só podemos instar-nos mutuamente a ser pacientes."

"A porta aberta de Paulo, então, era a pregação do evangelho aos gentios. Feche-se esta porta, e a pregação do evangelho não terá nenhum efeito. Isto é exatamente o que dissemos que ocorre. A mensagem do evangelho terminou no tempo assinalado com a terminação dos 2300 dias [em 1844]; e quase todos os crentes honestos que estão observando os sinais dos tempos o admitirão”.

Não vou perder tempo contigo, essa contagem de 2300 está furado assim como 1914 perdeu o sentido para as TJ.

Coisa de seita, acima de 50 anos.

Anônimo disse...

Tem mais uma coisa, para você também a porta está fechada conforme EGW, então você está perdido segundo ela.

Mas eu acho que ela mudou...não sei, talvez tenha mudado, muitos adventistas estavam saindo naquela época, então resolveram abrir as portas novamente.

Venâncio disse...

Se fez acusações então tem de se preparar para as respostas.

como vejo que não tem respostas é porque as suas acusações não fazem sentido.


Pare com as acusações pois isso é o trabalho de Satanás.

Anônimo disse...

Caro Venâncio, não fiz acusações, apenas digo que 1844 é coisa de lunático e os 2300 é equívoco da EGW, pois a mesma errou nessa questão.

Acho que é você que está sendo iludido por satanás.
Deixe de acreditar nas previsões do homem, olhe somente para Cristo, Ele está de portas abertas para você, coisa que a EGW fechou em 1844.

Pelos cálculos da própria igreja, 2 milhões de pessoas em 23 países, a maioria na América Latina, crêem fervorosamente que Cristo reencarnou em Miranda.
Esta é a seita Crescendo na Graça que para voce não é seita, pois seita no seu ver é de poucos adéptos.

Seita é um desvio da verdade, coisa típica das seitas, tem um lider, usam outras fontes para embasar suas doutrinas e sempre reinvindicam que a verdade está somente na sua igreja.

Essa coisa de 1844 é algo vazio, me mostra na Bíblia tal argumento que eu te responderei.

O Peregrino disse...

EGW: Vi o Pai erguer-Se do trono e num flamejante carro entrar no santo dos santos para dentro do véu, e assentar-se....Então um carro de nuvens, com rodas como flama de fogo, circundado por anjos, veio para onde estava Jesus. Ele entrou no carro e foi levado para o santíssimo, onde o Pai Se assentava. Então contemplei a Jesus, o grande Sumo Sacerdote, de pé perante o Pai.(Primeiros escritos pg.55)

Como isso é possível, o Pai esteve no Lugar Santo com Jesus "em um Trono" por 1800 anos até 1844!?

O Pai tinha dois tronos, um no Santo e um no Santo dos Santos? Claro que não! se fosse assim o trono no Santíssimo deveria ter estado desocupado durante 1800 anos segundo EGW.

Então EGW move Jesus, em um carro de Rodas Flamejantes, para o "Santo dos Santos" para ser um com o Pai.

Apocalipse 4 deixa claro que, o Pai já estava no Trono no Lugar Santíssimo já no primeiro século quando isso foi revelado a João em visão.

Thiago Life disse...

Enquanto vocês criticam a igreja do Senhor Cresce, ja se vai mais de 16 milhoes de adventista no Mundo, obrigado Jesus que estamos em 217 paises do mundo, falta pouco pra tua Mesangem alcançar o mundo todo ai entao o Senhor virá pra revelar quem somos pra o Mundo ver e SABER.
Antes de falar dos Adventista assitam esses videos pra conhecer.

http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=86070793&tid=5321576097521837777&start=1

http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=90224648&tid=5337067292939232977&start=1
Deus abençoe a todos

Andreinha disse...

Ola meu amigo, não te coneço, mas respeito sua opinião, Jesus disse que não era pra que discutissemos ao seu respeito, mas só queria pedir, que antes de defamar uma religião que só tem o intuito de levar as pessoas a conhecer Jesus, vc pensasse em uma maneira de fazer isto também, sou Adventista do Sétimo Dia, e por incrivel que pareça, não aprendi nada disso que vc mencionou ai sobre minha religião, será que 20 anos não foram suficientes para aprender as doutrinas da igreja? Sobre o Espirito de Profecia, estude um pouco mais a respeito de Ellen White, não temos ela como uma luz menor, temos ela como uma mulher cristã que um dado momento da história foi usada por Deus para escrever livros que seriam para crescimento e fortalecimento de nossa fé. Sobre a alimentação, converse com um médico e pergunte o que ele acha de uma pessoa que come carne cheia de hormônios todos os dias, que bebe leite contaminado com soda cáustica, de uma pessoa que acaba com a unica celula do corpo humano que não se recompoem através do consumo do alcool, enfim, a alimentação natural é um meio de vivermos bem, somos o que comemos, se as pessoas que gastam fortunas com cirurgia plástica tivessem uma alimentação saudavel e hábitos de vida saudáveis, economizariam muito dinheiro.
Gostaria do fundo do meu coração que pessoas como vc, estudassem um pouco melhor a palavra de Deus e um pouco sobre minha religião para depois tirar as devidas conclusões. Não se iluda com os falsos profetas," surgiram falsos profetas e falsas doutrinas" isto é biblico e a palavra de Deus não mente. Fique com Deus, quando quiser visite uma de nossas igrejas, com toda certeza tem uma pertinho de vc. Se quiser conversar mais sobre o assunto estou a disposição, orarei para que Deus lhe de sabedoria e entendimento sobre sua palavra.

d-mig disse...

Olá. Tenho 32 anos, sendo que passei 21 anos na IASD. Durante o tempo que fiquei na igreja, pude ver que a maioria dos membros são muito desinformados quanto às doutrinas, a maioria nunca havia lido o manual da igreja, nem conhecia a fundo ou havia estudado as 28 doutrinas fundamentais. Para aqueles que afirmam que EGW não é considerada uma luz menor, ou que hoje é vista como algo secundário na IASD, gostaria de tecer alguns comentários:

Mc 16:16 Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado.

ou seja: a salvação depende de Crer em Jesus e ser batizado.

Vejamos dois dos votos do batizando na IASD (manual da IASD 17ed, 2008 -p63-64)

8. Aceita o ensino bíblico dos dons espirituais, e crê que o dom de pro-
fecia é uma das características identificadoras da igreja remanescente?
13. Aceita e acredita que a Igreja Adventista do Sétimo Dia é a Igreja
remanescente da profecia bíblica, e que pessoas de todas as nações, raças e
línguas são convidadas a fazer parte da sua comunhão, e a ser nela aceites?
Deseja ser membro desta congregação local da Igreja mundial?

Se o candidato ao batismo disser que não acredita nestes 2 itens, não poderá ser batizado, por consequência, não terá direito à salvação.

Daí o candidato pode perguntar o que é o tal dom de profecia. Novamente entra o manual da IASD para esclarecer:

manual, p 42:

18. O Dom de Profecia
Um dos dons do Espírito Santo é a profecia. Este dom é uma caracte-
rística identificadora da Igreja remanescente e foi manifestado no minis-
tério de Ellen G. White. Como mensageira do Senhor, os seus escritos
são uma contínua e autorizada fonte de verdade e proporcionam conforto,
orientação, instrução e correcção à Igreja. Eles também tornam claro que
a Bíblia é a norma pela qual deve ser provado todo o ensino e experiência.(Joel 2:28 e 29; Actos 2:14-21; Heb. 1:1-3; Apoc. 12:17; 19:10.)


Bem, até aqui apenas citei partes do manual da IASD, mas já evidenciamos algo que considero muitíssimo grave em uma religião que se diz cristã:

O Batismo em nome de Ellen Gould White.

Não adianta negar, buscar respaldo nesta ou naquela referência.
Está no manual da IASD, atualizado, disponível na rede para qualquer pessoa baixar, ler e analisar.

Fica bem claro para qualquer pessoa que a IASD exige que o batizando creia em Deus, em Jesus, no Espírito Santo e em Ellen G. White, do contrário o indivíduo não poderá ser batizado, perdendo o direito da salvação.

d-mig disse...

Continuando...

Isso para mim supera qualquer crítica à IASD. Mesmo se pudessem provar que EGW foi realmente inspirada por Deus (e nem entro na questão aqui) nunca poderiam buscar respaldo bíblico para a inclusão da crença em uma quarta pessoa no batismo. Não precisamos aqui discutir doutrinas alimentares, sábado, questão do bode emissário representando satanás, inspiração de EGW, igreja remanescente, restauração da verdade, santuário celestial, porta fechada, marcação de datas para a volta de Cristo...

A maioria dos ASD não se dão conta da gravidade do assunto do batismo em nome de EGW. Se você não tivesse religião, mas conhecesse um pouco o cristianismo, a ponto de se sentir atraído, e buscasse uma igreja, para poder ser instruído, e batizado... você aceitaria se dissessem assim: bem, meu amigo, você só poderá ser batizado se afirmar crer em Deus, Jesus, Espírito Santo, e Ellen Gould White....?!

Nem os membros da IASD notam que são batizados em nome de 4 pessoas.. converso ainda com meus irmãos e mãe (todos ainda na IASD): TODOS concordam que nunca haviam se dado conta do batismo em nome de EGW, e concordam plenamente que é algo absurdo, que a IASD deveria rever a questão. E qualquer pessoa assim concordaria, adventista ou não.

Esse foi o principal motivo que me levou, inicialmente a não mais levar ninguém para a IASD (pq o sujeito seria batizado em nome de EGW), e que depois culminou com minha saída da instituição.

Ainda mantenho muitos amigos por lá, alguns também buscando por conta o esclarecimento sobre tudo o que lá é falado.

Se ofendi algum ASD peço humildemente desculpas. Só escrevi neste blog pois acredito que muitos membros da IASD possam começar a estudar por si mesmos tudo o que lá é repassado como verdade. Mas a verdade sempre aparece, mais cedo ou mais tarde. Pensem no assunto do batismo, é realmente algo muito sério.

Finalizando, respondendo à Andreinha quanto à questão dos alimentos.
1- dieta vegetariana estrita está longe de ser a melhor dieta. Hoje, a ciência comprova que a dieta do mediterrâneo é a mais adequada para a saúde, e envolve a ingesta moderada de carne, e consumo moderado de álcool, dentre outras coisas..
2- Deus deu a Noé e sua família TODOS os animais da terra por alimento (Gen 9:3). Se a IASD afirma que os animais impuros de Lev 11 fazem mal à saúde, então afirmam automaticamente que Deus, apesar de salvar Noé e sua família do dilúvio, quis prejudicar sua saúde, dando a ele uma nova dieta que seria prejudicial ao seu organismo...?!

Bem, fico por aqui... Espero ter ajudado a esclarecer a seriedade do assunto do batismo na IASD, a única igreja que batiza em nome de 4 pessoas!

Fonte: Manual da IASD 17ed, 2008.

Que Deus nos abençoe e que o Espírito nos Ilumine!

d-mig disse...

Ah, e já que citaram anteriormente números, aí vão alguns:

População mundial: 6 bilhões
Igreja Católica Apostólica Romana: 1,2 Bilhões
Igreja Católica Ortodoxa: 300 milhões
Igrejas Protestantes: 600 Milhões
Igreja Adventista: 16 milhões

Já ouvi um ASD comentar sobre a estatística: lembre-se que a salvação vem pela porta estreita.

Respondi: ser cristão hoje já é a porta estreita, já que somos apenas 1/3 da pop mundial.
Ou será que a porta é tão estreita a ponto de salvar apenas 0.2% da população mundial?

Thiago Life disse...

Amados Sou adventista do 7° Dia Eu fui Batizado pela graça em nome do Pai do Filho e do Espirito Santo, é interessante como as profecias vem se cumprindo ao pé da Letra. Vocês já pararam pra notar porque o Advetista tem tanto conhecimento das Escrituras. É que guardam os mandamentos de Deus e te o Testemunho de Jesus que é o Espirito da Profecia. São caractéristicas da Igreja Verdadeira descrita em Apoc. 14:12

Aqui vai só um exemplo pra deixar os Evangelicos de Agua na boca.

Afinal Somos Salvos Pela Lei ou pela Graça?
Realmente esses videos é algo espetacular e surpreendente, nunca vi algo igual, vale apena conferir.
http://www.youtube.com/watch?v=uBF-LWAl-B8 - Parte 1
http://www.youtube.com/watch?v=ZlJke_VjbOs - Parte 2
http://www.youtube.com/watch?v=83y2tdoYqJI - Parte 3
Deus abençoe a todos

Anônimo disse...

Somos salvo pela graça, somente pela graça.

Thiago Life disse...

d-mig

A porta é tão estreita que nos tempos de Noé, só se salvaram 8 pessoas. No meio de uma imensidao de povos.

Só Será salvo aquele que realmente buscar a Santificação no Senhor.

Hebreus 12:14

Segue a paz com teus irmãos e a Santificação, sem a qual ninguém verá ao Senhor.

Quer saber o que é Santificação?

aqui vai meu perfil para os Interessados

http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?rl=mp&uid=12724829742848796927

Deus abençoe a todos

Anônimo disse...

Concordo com você, mas isso não dá o direito de a IASD ser a remanescente, pois os salvos estão contidos em Hebreus 12:22-24, leia por favor.
E como tenho dito, a IASD é duvidosa, não os congregados, mas a entidade em si pelos seus ensinos.
Leia acima no post sobre o batismo dito por um ex adventista, ele mensiona alguns dógmas contido no manual desta denominação.
Sem contar os livros postado nesse blog falando da realidade dentro da IASD, portanto meu amado, fico com Hebreus 12:22-24 essa é a Igreja verdadeira.

Shalom!

O Peregrino disse...

Mais uma coisa, essa área é de comentários e não para divulgação no youtube.

Thiago Life disse...

Minha oração é que Deus realmente ilumine mentes e corações aqui neste blog

Deus abençoe a todos

E Lembrem-se: Está Escrito: Conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará. João 8:32

Thiago Life disse...

Outra coisa em nenhum lugar do manual da Igreja Adventista fala que somos batizados em nome de Ellen White. Isso ai é pessoas que sabem que o Sábado é o dia Santo do Senhor, nunca foi abolido nem por Jesus nem por ninguém da Biblia, porque os 10 Mandamentos são o transcrito carater de DEUS. E durará de Eternidade a Eternidade. Como diz Davi no Salmo 119. A tua justiça é uma Justiça Eterna e a tua Lei é a própria Verdade. Parem de Perseguir essa Igreja, porque isso não vai impedir dela crescer não, o crescimento dela é profético, e quem dirige a organização dela é Deus, por isso ela é tão organizada, (Igrejas, Faculdades, Universidades, Colegios, Hospitais, Entidades. Nossa poderia passar a tarde toda citando o sistema de organização dela. É considerada como uma das instituição mais bem organizada do mundo, o que Deus digige sempre dá certo.

Deixa o povo aceitar as verdades da Bíblia como é.

Deus abençoe a todos e dê muita sabedoria e entendimento.

Anônimo disse...

Ninguém tá perseguindo a "sua" igreja, apenas há muita coisa que não se encaixa com o livro sagrado.
Esse negócio de que Ellen viu o Pai ao encontro do filho levando para o trono é coisa de ilusionista.
Deus não precisa de investigação, Jesus já foi entronizado um pouco antes do pentecostes. Esse negócio de "eu vi" é extra bíblico, e o pior é que tem gente que acredita nisso.
Nem vou falar no sábado, apenas digo que todo o dia é de santificação. Porque tu não lê os livros postado no meu blogger, dê uma analisada neles e tire suas conclusões próprias.

Shalom!

Thiago Life disse...

Cara você não acredita no Juizo investigativo, que Jesus exerce hoje no Santuario Celestial? Isso é Bíblico. Cara como posso ler seus Livros você aparenta ter tão pouco conhecimento das Escrituras.

DEUS ABENÇOE

Anônimo disse...

Juizo investigativo é obra do homem, Jesus subiu ao trono e está assentado à destra do Pai desde o pentecostes.
Esse negócio de juizo em 1800 e tantos é estória, não sei como você acredita nisso.
Já te falei, leia os livros que eu postei, depois venha conversar comigo. Para não acreditar em tais dógmas da IASD não precisa ter muito conhecimento da bíblia não, basta reparar em fatos e verdades dos erros dessa ilusionista.
Acredito em Hebreus 12:22-24, com isso não preciso estar dentro da IASD, mas seguir a Cristo, pois como Ele falou, muitos virão em meu nome.
Me perdoe, mas esse negócio de juizo, bode expiatório etc e tal é coisa do homem.
Veja as falsas profecias da Sra. Ellen e verá que muita coisa não se encaixa.

Anônimo disse...

Bem, já que citaram o manual da IASD, posto aqui o link para baixarem em português:

http://www.iasdcentral.org/index.php?option=com_docman&task=doc_details&gid=96&Itemid=31

Concordo com o que o d-mig falou sobre o batismo na IASD.

Na hora do batismo, o Pr vai falar somente: te batizo em nome do Pai, Filho e ES.

Porém, pra chegar neste momento, o candidato tem que responder afirmativamente TODOS os votos batismais, e entre eles está a crença no espírito de profecia (manual p 63-4) que o manual define como sendo a própria Ellen White (manual p 42).

Não há como negar: na IASD só se batiza quem acredita em EGW. quem não acredita não se batiza.

Resumindo: se vc foi batizado na Igreja adventista (como eu), foi batizado em nome de EGW.

Só agora depois de 28 anos na IASD é que estou começando a descobrir a verdadeira face da igreja!

Deus abençoe a tds!

Anônimo disse...

acho que o link ficou incompleto.

na pg www.iasdcentral.org siga o caminho:

Início > Conteúdos > Downloads Manual de Igreja 2008

que manual repleto de referências a EGW!!!

abraço

Anônimo disse...

Thiago Life, entendeu agora a questão do Batismo?
Inclusive vou fazer o download desse manual para ler.
E eu estava atrás desse endereço, pois a pessoa que postou não tinha deixado o endereço.
Mas fica aqui Thiago, algo para você refletir, é igual a maçonaria, alguns dizem que não tem nada a ver, mas tem tudo a ver.

d-mig disse...

o sábado... questão interessante:

O texto mais temido pela igreja adventista (Bíblia NVI):

Col 2:16 Portanto, não permitam que ninguém os julgue pelo que vocês comem ou bebem, ou com relação a alguma festividade religiosa ou à celebração das luas novas ou dos dias de sábado. 17 Estas coisas são sombras do que haveria de vir; a realidade, porém, encontra-se em Cristo.

Thiago Life disse...

Video 1/3
http://www.youtube.com/watch?v=uBF-LWAl-B8

Video 2/3
http://www.youtube.com/watch?v=ZlJke_VjbOs

Video 3/3
http://www.youtube.com/watch?v=83y2tdoYqJI

Se alguém conseguir provar dentro da Bíblia que isso ai que esta nesses videos não é verdade. Eu deixo de ser adventista hoje.

Anônimo disse...

Meu amigo, tais perdendo tempo aqui no blogger, ache um forum IASD, lá você terá bastante questionamentos.
Não vou perder tempo em prosélito, já estou vacinado.
Dê uma lida no manual e verá que o batismo é feito também na Sra. Ellen.
Eu hein? Tou fora!

Hebreus 12:22-24 valeu?

Um abraço.

cleiton disse...

vamos ajudar o Thiago a se decidir?

Se me permitirem comentar os vídeos (acreditem, perdi tempo assistindo aos vídeos...)

Video 1:

1- onde está a prova bíblica da divisão da Lei em Moral e Cerimonial?

2- A divisão na Lei (613 mandamentos) foi criada a primeira vez em 1300AD por um judeu, Joseph Albo, que classificou o sábado como sendo lei cerimonial (e com respaldo bíblico, já que o sábado semanal é listado em Lev 23 encabeçando as festividades / cerimônias dos judeus). Porém, tal divisão nunca foi aceita pelos judeus, que seguem até hoje toda a lei, como sendo indivisível: 613 ordenanças TODAS de igual importância. Os Dez Mandamentos são apenas representação de todo o conjunto, mas nenhum dentre os dez é considerado mais importante que os demais.

Vcs podem ler tudo isso no link: http://www.jewishencyclopedia.com/view.jsp?artid=303&letter=C&search=CEREMONIES%20AND%20THE%20CEREMONIAL%20LAW

e a lista com 613 mandamentos de Deus, contidos na Lei (Torah = pentateuco = Gen, Ex, Lev < Num Deut):

http://www.jewfaq.org/613.htm


3- A citação de Mateus 19:16 quando feita pela IASD é sempre fora do contexto. Jesus conversava com um judeu a respeito da Lei. Todo judeu sabe que a Lei não são só Dez Mandamentos, mas 613. Só os ASD não sabem disso. Se vc ler mais adiante em Mat 19:19, vais ver q Jesus, depois de citar 5 mandamentos contidos nas tábuas de pedra, citou outro mandamento, que não se encontra entre os dez: 'Amarás o teu próximo como a ti mesmo'.
Se vc tem uma bíblia de estudo, vai ver que se trata de uma citação de Lev 19:18, ou seja: mandamento do Livro da Lei, escrito por Moisés, em papel, que ficava ao lado da arca da aliança.
Resumindo: Jesus não fazia citação aos Dez Mandamentos isoladamente, mas a TODA a Lei (613 ordenanças).

4- "quem está debaixo da Lei é quem a desobedece..." = frase retirada do vídeo:

Compare com o que Paulo diz:

1 Co 9:20 Tornei-me judeu para os judeus, a fim de ganhar os judeus. Para os que estão debaixo da Lei, tornei-me como se estivesse sujeito à Lei (embora eu mesmo não esteja debaixo da Lei); a fim de ganhar os que estão debaixo da Lei. 21 Para os que estão sem lei, tornei-me como sem lei (embora não esteja livre da lei de Deus, e sim sob a lei de Cristo); a fim de ganhar os que não têm a Lei.

Ora, segundo o raciocínio do Pr no video, Paulo, ao se tornar como se estivesse debaixo da Lei, automaticamente estaria pecando...

Este texto também chama a atenção para a Lei a qual o cristão deve se submeter na Nova Aliança: não é a antiga Lei (613 mandamentos) dos judeus, não é a ausência de lei (como os pagãos), mas a Lei de Cristo. é a essa Lei que devemos obediência.

cleiton disse...

Video 2:

1- Novamente a tal divisão arbitrária da Lei em Moral e Cerimonial. Já comentei que a Lei, para os judeus sempre foi um bloco único, o Torah = pentateuco. Ali encontram-se 613 ordenanças que os judeus ainda seguem hj.

2- o Pr usa de vários argumentos para justificar a divisão da Lei, mas sem qualquer base bíblica:

Moral:
a) Lei escrita pelo dedo de Deus, dentro da arca, eterna, revela o caráter de Deus, escrita na pedra...

Argumentos apelativos. Deus deu TODA a Lei, não só os dez mandamentos. onde está dito que a lei dos dez mandamentos é eterna? estar dentro da arca não dá primazia alguma, já que lá estavam o maná e a vara de Aarão...
4 mandamentos numa tábua e 6 na outra? de onde tiraram isso? (claro que de uma das visões de EGW)
Se os dez mandamentos revelam o caráter de Deus, então a IASD está chamando Deus de imperfeito, já que Jesus aperfeiçoou vários mandamentos da Lei, sendo 3 deles extraídos dos dez mandamentos. Se fossem mandamentos perfeitos não necessitariam de aperfeiçoamento ou correção. Leia Mateus 5...


2- A IASD chama Lei de Moisés o restante da Lei, que não os dez mandamentos. Também sem base bíblica. Os termos Lei de Deus e Lei de Moisés são intercambiáveis e significam sempre TODA a Lei (613 mandamentos). Pesquise em qq bíblia online e comprovarás isso.
há demonstração de desprezo quanto à Lei dita cerimonial, pq estava fora da arca, escrita por Moisés, em papel...
o interessante é que Jesus mencionou quais eram os principais mandamentos da Lei em MAt 22:36-40, e ambos são mandamentos contidos no Livro da Lei, escrita por Moisés, fora da arca etc.

O primeiro é citação de Deut 6:5 (amor a Deus) e o segundo é citação de Lev 19:18 (amor ao próximo).
Todo mundo sabe disso, menos os ASD.

3- Citação de 1 Jo 2:4 - Chega a ser engraçado como os ASD retiram o verso do contexto. Afirmam que a referência aos mandamentos era aos Dez Mandamentos. Basta ler os versos anteriores, e o que diz o texto é que os mandamentos são os de Jesus, ou seja: a Lei de Cristo, a Lei do Amor. Nada de 10 mandamentos, 9 mandamentos, 613 mandamentos...


Video 3:

O Pr ironiza as outras igrejas que dizem crer em Cristo mas não guardam os 10 mandamentos. O que a IASD não entende é que o Cristão verdadeiro não segue os 10 mandamentos de Ex 20, nem 9 mandamentos (10 - o sábado), nem os 613 mandamentos que os judeus seguem. O cristão segue a Cristo, e a sua Lei, a Lei perfeita, a Lei do Amor.
Depois o Pr fala que a lei dos 10 mandamentos é eterna. Fico pensando qual será a utilizade de não matarás no Céu, onde não haverá pecado. Ou ainda mais, o mandamento do sábado: guardar de pôr de sol a pôr de sol... no céu? períodos de 24 h no céu? o tempo dividido em dias de 24h, semanas, etc cabe apenas no planeta Terra. Ou será que Deus segue o cronograma semanal da Terra, para o universo todo... Mas se é assim, Deus segue qual fuso horário?

Bem, espero ter ajudado o Thiago Life. Boa sorte!

Anônimo disse...

Thiago Life, uma boa hora pra você pular fora da IASD, a não ser que você não queira aceitar o argumento do Cleiton que foi contundente.
Te digo, sai dela meu amado.

Shalom!

Thiago Life disse...

Ai Jesus o pior Cego é aquele que nao quer Ler, veja ai uma grande personalidade que não é Adventista mais acredita na doutrina pura e verdadeira. Olhem a reportagem

http://www.youtube.com/watch?v=V9jEpGYCszA

Engraçado vcs pegam texto de Paulo pra querer provar sem fundamento que a Lei foi abolida sendo que o próprio Paulo em Romanos 3:31 Confirma essa Lei.

Esses argumentos tao fraco demais, se vcs pegarem o texto de Jesus no original grego que fala em mateus 5, nao penseis que vim revogar a lei ou os profetas, vim para cumprir, esse cumprir é imperativo do grego obedecer.

quero mais vcs nao me provaram nada ainda.

Thiago Life disse...

Aff Fui assisir um video de Benny hinn vcs acreditam que aquele cara é profeta, homem de Deus, aff Coitado dos profetas da Bíblia.

Thiago Life disse...

Eu só lembro de uma vez que eu fui em uma igreja pentecostal, e o pastor falou que iria fazer uma oração forte e que eu iria cair rsrsr, rapaz quase eu ia cair era de cansaço pelo Joelho no chão rsrs, Ele não sabia que eu era conhecedor da Verdade.

Quero deixar bem claro que existe povo de Deus em várias religioes, Catolicos, batistas, assembleia, pentecostal, e etc, só que haverá um dia que os sinceros de coração ouvirão a voz do Senhor e se unirao a um Só Pastor e um só rebanho

Thiago Life disse...

UM FORTE TESTEMUNHO: EX PASTOR PENTECOSTAL SE CONVERTE.

http://www.youtube.com/watch?v=Tg7ok-8RSGA

DEUS ABENÇOE A TODOS

Thiago Life disse...

UM FORTE TESTEMUNHO: EX PASTOR DA IGREJA BATISTA SE CONVERTE.

http://www.youtube.com/watch?v=_YIGgbZdTt0&NR=1

DEUS ABENÇOE A TODOS

A VERDADE SEMPRE É VERDADE, DEUS É FIEL E VAI ABENÇOAR TODOS VCS

Anônimo disse...

Thiago, coloca uma coisa na sua cabeça, Benny Hinn é outro falso profeta, igual a EGW ok?
Ilusionistas.

Anônimo disse...

Thiago Life, não conheço esse pastor, Deus queira que eloe seja um salvo, ao SENHOR pertence a salvação Jonas 2:9.
Porém esdpero que ele não seja um seguidor de EGW assim como muitos ASD são seguidores fanáticos dela.
Aí é que tá o problema na IASD, seguem a "sua" profetisa, coisa que ela foi taxada de falsa profeta, sem contar dos dógmas imposto por esta.
Mais uma vez eu repito: Hebreus 12:22-24.
Você já leu 7 desafios da IASD? ou A Nuvem Branca? Dê uma lida meu caro, depois faça sua conclusão.

cleiton disse...

Nossa, esperava que o Thiago se dignasse a replicar os comentários dos vídeos, que segundo ele deixaria qualquer evangélico com água na boca...
simplesmente ignorou os comentários e textos, taxando os mesmos de fracos demais... e postou novos vídeos...?!

Cleiton disse...

Olá a todos. Se me permitem, vou replicar as assertivas do Thiago:

Thiago, você afirma que citei Paulo para afirmar que a Lei foi abolida, e cita também Paulo para dizer que a Lei foi estabelecida. Se você pensar um pouco ambas as coisas são verdadeiras. O Espírito Santo não se contradisse nos escritos de Paulo. Vejamos:

Rom 3:21 Mas agora se manifestou uma justiça que provém de Deus, independente da Lei, da qual testemunham a Lei e os Profetas, 22 justiça de Deus mediante a fé em Jesus Cristo para todos os que crêem. Não há distinção,28 Pois sustentamos que o homem é justificado pela fé, independente da obediência à Lei. 31 Anulamos então a Lei pela fé? De maneira nenhuma! Ao contrário, confirmamos a Lei.

Aqui Paulo diz que pela fé confirmamos a Lei. E está correto. Mas o mesmo Paulo também disse que a Lei havia sido abolida, como segue:

Col 2:14 e cancelou a escrita de dívida, que consistia em ordenanças, e que nos era contrária. Ele a removeu, pregando-a na cruz,
v16 Portanto, não permitam que ninguém os julgue pelo que vocês comem ou bebem, ou com relação a alguma festividade religiosa ou à celebração das luas novas ou dos dias de sábado.
V17 Estas coisas são sombras do que haveria de vir; a realidade, porém, encontra-se em Cristo.

Ef 2:14,15 Ele é nossa paz: de ambos os povos fez um só, tendo derrubado o muro de separação e suprimindo em sua carne a inimizade – a Lei dos mandamentos expressa em preceitos – a fim de criar em si mesmo um só Homem Novo...

E também está correto. Como vamos saber qual lei foi abolida, e qual lei foi estabelecida? Ora, a IASD acaba apelando para uma divisão arbitrária da Lei, e diz que pela fé estabelecemos a Lei moral (Dez mandamentos) e que Cristo cancelou a Lei Cerimonial. Onde está o respaldo bíblico para tal divisão? Simplesmente não existe. Segundo Col 2:16,17, percebemos que a Lei estabelecida pela fé não poderia se tratar dos 10 mandamentos, já que o sábado semanal consta como sombra de Cristo, e que ninguém pode ser julgado pelo sábado semanal. Ou seja, a Lei estabelecida não poderia ser de modo algum a antiga Lei.

Pela Bíblia temos o assunto muito bem esclarecido, sobre qual lei foi abolida, e qual lei foi estabelecida pela fé:

1 Cor 9:21 Para os que estão sem lei, tornei-me como sem lei (embora não esteja livre da lei de Deus, e sim sob a lei de Cristo); a fim de ganhar os que não têm a Lei.

Eu já estaria satisfeito com tal texto, uma vez que Paulo disse que não estava nem sem lei, nem sob a Lei dos 613 mandamentos, nem sob a lei dos 10 mandamentos (que nunca é separada dos demais 603) mas estava sob a Lei de Cristo.

É a esta Lei que devemos obediência:

Jo 13:34 Um novo mandamento lhes dou: Amem-se uns aos outros. Como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros.

Até aqui respondi a citação de Rom 3:31.

abraços

Cleiton disse...

Vamos para Mateus 5:

17 Não pensem que vim abolir a Lei ou os Profetas; não vim abolir, mas cumprir.
18 Digo-lhes a verdade: Enquanto existirem céus e terra, de forma alguma desaparecerá da Lei a menor letra ou o menor traço, até que tudo se cumpra.

Este trecho geralmente é visto de forma equivocada pelos sabatistas.
O primeiro equívoco é acreditar que Jesus estaria falando da perpetuidade da Lei.
O segundo é acreditar que o termo Lei significaria somente as Dez Palavras. É claro que Jesus não veio para abolir nada da Lei e dos Profetas, mas para CUMPRIR. A parte importante é a final: até que tudo se cumpra. Aqui abro um parêntese: o termo Lei se aplica a TODA a Lei, e não somente às Dez Palavras.
Como qualquer pessoa pode verificar, na sequência do capítulo, que a Lei aqui referenciada é TODA a Lei (613 mandamentos).
 
V19 Aquele portanto que violar um só desses menores mandamentos e ensinar os homens a fazerem o mesmo...
 
Podemos aqui parar e perguntar: Quais mandamentos? TODA a Lei ou somente as Dez Palavras? Leia a sequência:
 
v20 … se a vossa justiça não ultrapassar a dos escribas e fariseus não entrareis no Reino dos Céus.
 
Os escribas e fariseus tinham como justiça somente as Dez Palavras? Ou toda a Lei? Mas se você ainda não se convenceu, basta continuar lendo, que o próprio texto mostra de qual Lei Jesus estava falando, se somente do decálogo ou de toda a Lei (613 mandamentos);
 
v21 ouvistes o que foi dito aos antigos: Não matarás...
 
Isso fazia parte das Dez Palavras!
 
V27 … Não cometerás adultério...
 
Novamente as Dez Palavras!
 
V33... Não perjurarás...
 
(επιορκησεις – palavra nova nunca usada antes na bíblia, mas refere-se ao “não direis falso testemunho”, também referenciando o decálogo!)
 
Será que o termo Lei no v17 estava se referindo mesmo só aos Dez Mandamentos?
 
V38 Ouvistes o que foi dito: Olho por olho e dente por dente....
 
Aqui a lógica dos sabatistas para o termo Lei do v17 cai por terra! “Olho por olho" não se encontra no decálogo, mas no Livro da Lei (Torah ou pentateuco que compreende 613 mandamentos): Ex 21:24 / Lv 24:20 / Dt 19:21.
 
v43 Amarás o teu próximo...
 
Novamente mandamento do Livro da Lei (Lev 19:18).
 
Mas, se apesar de todas estas evidências ainda restar qualquer dúvida, leia então a explicação que Jesus dá sobre este mesmo texto (de Mat 5:17,18) aos Apóstolos após a ressurreição:
 
Lucas 24:44 “São estas as palavras que eu vos falei, quando ainda estava convosco: era preciso que se cumprisse tudo o que está escrito sobre mim na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos.”
 
O próprio Jesus lança luz às suas palavras de Mat 5:17,18, reafirmando que TUDO deveria ser cumprido, da Lei e dos Profetas ( e incluiu tb os Salmos).
Mas e a expressão “Até que tudo se cumpra”? Estaria falando Jesus da sua segunda vinda? A resposta está no v45:
 
Então abriu-lhes a mente para que entendessem as Escrituras, e disse-lhes: “Assim está escrito que o Cristo deveria sofrer e ressuscitar dos mortos ao terceiro dia...”
 
Aqui fica claro que a expressão “Até que tudo se cumpra” se referia à morte e ressurreição de Jesus.

Cleiton disse...

Mat 5:18 Digo-lhes a verdade: Enquanto existirem céus e terra, de forma alguma desaparecerá da Lei a menor letra ou o menor traço, até que tudo se cumpra.

Note que a frase é um todo, e não termina em "de forma alguma desaparecerá da Lei a menor letra ou o menor traço..." 
 
Se terminasse aí, concordaria que a Lei (toda - 613 Mitzvot) ainda estaria em vigor até a volta de Cristo, e voltaríamos ao judaismo puro, com a diferença na crença em Cristo.  MAS o texto assim visto estaria em total oposição às decisões do concílio de Jerusalém descrito em Atos 15, onde houve a decisão de não impor aos gentios conversos a circuncisão e toda a Lei de Moisés.
 
O problema para os sabatistas continuaria, porque como vimos, o termo "a Lei e os Profetas" não pode de modo algum se referir somente às Dez Palavras - único termo específico para os Dez mandamentos - mas refere-se claramente a toda a Lei.
 
Se Jesus estivesse dando a ordem para a perpetuação dos Dez mandamentos, teria sido bem claro, pois sabia muito bem o que estava dizendo. Teria simplesmente usado o termo "Dez Palavras" em vez de "A Lei e os Profetas" ou simplesmente  "A Lei", ficando a construção da frase sem margem para outras interpretações:
 
"Não pensem que vim abolir as Dez Palavras; não vim abolir, mas cumprir. Digo-lhes a verdade: Enquanto existirem céus e terra, de forma alguma desaparecerá das Dez Palavras a menor letra ou o menor traço, até que tudo se cumpra".
 
Ainda assim teríamos o final CONDICIONAL da frase: "até que tudo se cumpra". E realmente Tudo se cumpriu da Lei e dos Profetas em Cristo, em sua vida, morte e ressurreição. Todo o início da frase está condicionado ao final da mesma. Se não for visto assim tal texto, cria um grande problema com todo o cristianismo. (ver Atos 15).

E Jesus foi o cumprimento perfeito da Lei (e dos Profetas). Cumpriu TUDO o que a Lei dizia (não somente as Dez Palavras) tanto no sentido de cumpri-la no que a Lei apontava ou falava dEle, como no sentido de cumprimento TOTAL de TODA a Lei, dada pelo seu Pai.
 
A parte "enquanto existirem céus e terra" está totalmente condicionada ao final da frase: "até que tudo se cumpra".
 
O texto de Mateus está ligado diretamente a outro texto, encontrado em Lucas, que  lança luz à questão "enquanto existirem céus e terra...":
 
Lucas 16:17 "É mais fácil passar céu e terra do que uma só vírgula cair da Lei." (B Jerusalem)

ou NVI: "É mais fácil os céus e a terra desaparecerem do que cair da Lei o menor traço."
 
Note que aqui ele fala um pouco diferente do que Mateus, mas se referindo às palavras de Jesus no sermão da montanha (Mat 5). Quanto a isso não há dúvida, você pode conferir em sua bíblia, que ambos os textos estão diretamente conectados. Mas se você não acredita que Lucas 16:17 se refere ao sermão da montanha, leia o v 18, falando da opinião de Jesus a respeito do divórcio, encontrado em Mat 5:31,32. A respeito da Lei do divórcio, também era encontrada no livro da Lei, em Deut 24:1-4, e não nas Dez Palavras. Ou seja, o termo Lei em Lucas 16:17 também significa toda a Lei, não somente o decálogo.

Junte este texto a Mat 5:18, e a mensagem fica mais fácil de ser compreendida, porém ambas significando a mesma coisa:

"é mais fácil passar céu e terra do que uma só vírgula cair da Lei" (Lc 16:17)  "até que tudo seja cumprido" (Mat 5:18)

Não vejo problema algum em entender tal texto de Mat 5 , porque harmoniza com Lucas 16:17, e com todo o contexto bíblico sob o enfoque da Nova Aliança.

Se falasse da perpetuidade da Lei, estaria se referindo a toda ela (613 mandamentos), e não só às Dez Palavras. Se admitirmos isto, estamos invalidando o sacrifício de Cristo, que nos libertou do jugo da Lei:

Cleiton disse...

continuando:

Gal 3:13 Cristo nos redimiu da maldição da Lei quando se tornou maldição em nosso lugar, pois está escrito: "Maldito todo aquele que for pendurado num madeiro"
23 Antes que viesse essa fé, estávamos sob a custódia da Lei, nela encerrados, até que a fé que haveria de vir fosse revelada.
24 Assim, a Lei foi o nosso tutor até Cristo, para que fôssemos justificados pela fé.
25 Agora, porém, tendo chegado a fé, já não estamos mais sob o controle do tutor.

Gal 5:1 Foi para a liberdade que Cristo nos libertou. Portanto, permaneçam firmes e não se deixem submeter novamente a um jugo de escravidão.
2 Ouçam bem o que eu, Paulo, lhes digo: Caso se deixem circuncidar, Cristo de nada lhes servirá.
3 De novo declaro a todo homem que se deixa circuncidar, que está obrigado a cumprir toda a Lei.
4 Vocês, que procuram ser justificados pela Lei, separaram-se de Cristo; caíram da graça.

Mas se alguém ainda insistir em querer se submeter à Antiga Lei, cuidado, pois pode se colocar debaixo da maldição de Deus:

Gl 3:10 Já os que se apóiam na prática da Lei estão debaixo de maldição, pois está escrito: "Maldito todo aquele que não persiste em praticar todas as coisas escritas no livro da Lei.

Deut 27:26 'Maldito quem não puser em prática as palavras desta lei'. Todo o povo dirá: 'Amém!'

Este é um alerta para quem guarda os dez mandamentos (ou dez palavras) e acredita estar agradando a Deus. A Lei consiste em 613 ordenanças, e Deus colocou sob maldição quem não guardar TODAS elas. Ou seja: se quer seguir a antiga lei, guarde TODA ela, não só os dez mandamentos, mas os 613.

Os verdadeiros cristãos sabem que não estão sob maldição alguma, já que seguem a LEi suprema dada por Cristo: a Lei do Amor.
A IASD nunca fala nesta Lei. O mais interessante na IASD é que guardam os dez mandamentos e mais 29 Leis alimentares de Lev 11 = 39 mandamentos...

abraços

Thiago Life disse...

Covardia apagaram meu comentário

de qualquer forma Deus abençoe a vocês

Anônimo disse...

Eu não apagaguei os seus comentários, estão todos lá, embora eles não dizem nada com nada, todos fora do assunto, mas estão lá.
Quanto ao tema na página principal, eu coloquei somente o que dizia em relação ao assunto, nada da questão de fulano foi pra lá, siclano fez isso, beltrano se converteu...
O tema é salvação pela graça, então como Cleiton resolveu refutar resolvi colocar na página principal.
Mas não removi seus "comentários".

Jefferson disse...

Tenho observado como vocês, evangélicos, fazem tanta questão de escrever livros e artigos contra os adventistas do sétimo dia, livros esses que, aliás, são poucos conhecidos e difundidos. A obra de vocês não prospera e nunca properará!
Queria que você me respondessem a algumas perguntas:

1 - Se a Bíblia é uma só com uma ÚNICA regra de fé e se Deus é UM SÓ por que existem tantas igrejas evangélicas com difeferentes doutrinas? Qual delas é a verdadeira?
Quero resposta!

2 - Vocês dizem que o sábado do 4° mandamento era algo SOMENTE para Israel. Se é assim, por que Deus deu o sábado para Adão observar?
Quero resposta!

3 - Os dias festivos da Lei Mosaica eram chamados de sábados! E vocês sabem disso! Esses sábados são os mesmos dos sábados semanais? O sábado (dia festivo) da lei de Moisés (Lev. 23) é o mesmo sábado da Lei dos 10 Mandamentos?
Quero resposta!

4 - Vocês afirmam que a Lei foi abolida na Cruz por Jesus. Certo. A Lei Mosaica foi abolida mas, e o sábado do 4° mandamento? Por que somente o sabado dos 10 mandamentos foi abolido?
Quero resposta!

5 - Se o sábado foi abolido por Jesus na Cruz, por que as mulheres, APÓS a morte de Jesus, observaram o sétimo dia? (Luc. 23:54)
Quero resposta!

6 - Teólogos evangélicos afirmam que este dia é o domingo. A palavra DOMINGO nem existe na Bíblia e outra, não existe BASE BÍBLICA para provar a observância do domingo. O fato de Jesus ter ressussitado no domingo NADA TEM QUE VER com a solenidade deste dia, o chamado VENERÁVEL DIA DO SOL, dia este INSTITUIDO PELA IGREJA ROMANA em seus concílios... No Catecismo Romano pede para se guardar o domingo! Em Apocalipse 1:10 está escrito: "Fui arrebatado em espírito no Dia do SENHOR..." Que Dia era este?
Quero resposta!

7 - E a última, quero que vocês leiam estas declarações e comentem:

"Observamos o domingo em vez do Sábado, porque a Igreja Católica no Concílio de Laodicéia (364 d.C.) transferiu a solenidade do Sábado para o domingo." - The Convert's Catechism of Catholic Doctrine, Rev. Peter Geierman, C.S.S.R., 3.ª ed., 1913, pág. 50.

"Não tivesse ela (Igreja Católica) esse poder, não poderia haver feito aquilo em que concordam todos os religionistas modernos - não poderia haver substituído a observância do Sábado do sétimo dia, pela do domingo, o primeiro dia, mudança para qual não há autoridade escriturística." - Rev. Stephan, Um Catecismo Doutrinal, pág 174
"A Igreja Católica... em virtude de sua divina missão, mudou o dia de Sábado para o domingo." - Catholic Mirror, órgão oficial do Cardeal Gibbons, de 23 de Setembro de 1893.
O Cardeal Gibbons, em The Faith of Our Fathers, diz o seguinte: "Podeis ler a Bíblia de Gênesis ao Apocalipse, e não encontrareis uma linha autorizando a santificação do domingo. As Escrituras exalta a observância religiosa do sábado, dia que nós nunca santificamos." - Edição de 1893, pág. 111.
"Foi a igreja Católica que, por autoridade de Jesus Cristo, transferiu esse descanso para o domingo, em memória da ressurreição de nosso Senhor: de modo que a observância do domingo pelos protestantes é uma homenagem que prestam, independentemente de sua vontade, à autoridade da igreja." - Monitor Paroquial de 26 de Agosto de 1926, Socorro, SP.
"A Igreja de Deus porém, achou conveniente transferir para o domingo a solene celebração do Sábado... em virtude da ressurreição de nosso Salvador." - Catecismo Romano, edição de 1566, pág. 440, párag. 5:18.
Diz o padre Júlio Maria, em Ataques protestantes, pág. 81 o seguinte: "Nós católicos romanos, guardamos o domingo, em lembrança da ressurreição de Cristo, e por ordem do chefe de nossa Igreja, que preceituou tal ordem de o Sábado ser do Antigo Testamento, e não obrigar mais no Novo Testamento."
Quero comentário!



Aguardo resposta de cada tópico! Defenda sua fé mas sejam objetivos, sem rodeios!

Obrigado!

aniib disse...

Porque o sétimo dia foi o descanso de Deus. por ter criado o mundo, mundo esse que se fosse eterno, não seria destruído, nele deveriam descansar todos os homens deste mundo. O domingo é o dia do Senhor que nos trouxe a salvação, salvação que só será alcançada pela fé e obediência aos ensinamentos desse mesmo Senhor, que não será destruído ele nem sua salvação, pois são eternos. A quem devemos nos agarrar? A um mundo capenga ou a salvação eterna? Pois é, meu irmão, outro mundo existirá, mas não outro Jesus ou outra salvação. A salvação, só mediante a graça, logo, guardar um dia da semana como meio de salvação é muito pouco pra missão que temos como cristãos. Ficar aqui discutindo qual é a igreja de Jesus ou de Deus, é perda de tempo. Ele disse: muitos serão os chamados e poucos os escolhidos. Imagino que desse pouco estará um pouco de cada igreja, ou seja, os que verdadeiramente crerem que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus Vivo, e amarem o próximo como a si mesmo. Nisso resume-se todos os mandamentos e leis, Que amemos Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmo. Que Deus ilumine os olhos de nosso coração para que possamos enxergar a verdade que nos trouxe o seu filho Jesus. Sou católica, mas nunca declarei ser as outras igrejas são prostitutas e nem os seus representantes, a besta do apocalipse, porém, por está aberta para ouvir a palavra de Deus, quando sou convidada por parentes ou amigos a ouvir a palavra em sua igreja, aceito algumas vezes, e sempre volto com algum livro presenteado por algum pastor que acha que vai me iludir com essas acusações hereges. Recentemente voltei de Brasília com um livro presenteado por um pastor da igreja adventista, que insinuava essas acusações a igreja Católica, fiquei impressionada, porque as duas vezes em que o ouvi, me falou como quem respeitava a minha igreja, mas acho que foi só esperteza para tentar me confundir, mas com disse Jesus: Se possível fosse enganariam até os escolhidos. Fico feliz por ter podido discutir pontos de vistas diferentes, sem nenhum momento desrespeitarmos, foi só por essa razão que comecei a minha pesquisa sobre essa igreja, e tenho descoberto coisas terríveis que nem quero acreditar serem verdadeiras, porém gostaria de dizer para esse pastor e para outros de outras igrejas, que é muito fácil transformar anjos em demônio ou vice-versa, é só interpretar erroneamente a palavra de Deus. Mais uma vez, peço a luz do Espírito Santo para todos nós.

Anônimo disse...

Eu também sou católico, só não sou romano, pois o catolicismo romano ensina que a salvação vem pelas obras entre outros dógmas que nem vou entrar na questão.

Larissa disse...

"Aquele que me ama GUARDARÁ OS MEUS MANDAMENTOS."
Não um ou outro, mas TODOS!! e podemos encontrar isso tanto no velho quanto no novo testamento!!

Deus é tão claro!!!amém Senhor pq me escolheste pra estar no lugar certo!

Anônimo disse...

E qual o mandamento?
Amará a Deus sobre todas as coisas...
E ao teu próximo como a ti mesmo, isso resume toda...

Quem guarda o sábado está debaixo da lei (+613) tens cumprido isso?
Creio que não, aliás, tu sabe como os judeus guardam ou guardavam o sábado?

Débora disse...

Perde tempo a criticar um povo cristão, que ama a Deus e procura fazer a sua vontade em vez de demonstrar seu cristianismo e mostrar o amor de Deus aos outros! Troque o tempo que usa na critica por tempo de louvor,adoração a Deus e actos Cristãos. Pois os Adventistas não são mais do que seus irmãos, e como pode alguém dizer que ama a Deus e perde o seu tempo tecendo criticas contra seu irmão?!

carlos disse...

Detive-me boa parte de tempo vendo os comentários, analisando cuidadosamente cada colocação e pelo que posso ver todos tem razão, e todos tem um bom conhecimento da mensagem do advento de Cristo, e posso afirmar pelo que pude ler, que todos estamos em condição de decidir nosso caminho.
Quem lê os escritos de EGW, que os analise bem, seja com crença nela como profetiza, seja com a crença nela como uma pessoa de fertil imaginação. O importante é que conheçamos e o tempo provará a verdade espero que não seja demasiado tarde. Maranata

Maxuel disse...

Boa tarde Gerson...
Lembra de mim?
vejo que sua luta contra a IASD continua!
Abraço!

O Peregrino disse...

Graça e paz Maxuel, eu lutando contra a IASD? Não!! Quem sou eu pra lutar contra essa entidade?
Com certeza não vou mudar os seus dógmas, mas acredito que muita gente toma conhecimento ao ler as suas doutrinas de homens impostas aos seus adéptos.
Eu ainda fico pasmo em saber que você acredita no Juízo Investigativo, como tem gente que vai atrás dessas invensionices, sem fundamento bíblico, sem contar muitas outras, mas fazer o que...
Quem sabe um dia você acorda para a verdade.

Um abraço.

Anônimo disse...

Meu irmãová lê a biblia e pregar Jesus, não ficar falando mal do povo A ou B, Jesus nunca ensinou tais coisas, ensina a pregar o evangelho do reino a toda criatura,a nossa pregação deve estar focada no mestre, no Senhor Jesus que no evangelho de joão 14 mostra a mais linda promessa, e ele vai cumprir quer eu ou você queiramos ou não. Então meu irmão faça o amor de Jesus chegar a pessoas que estão precisando e pare de querer tirar a trave no olhos dos seus irmãos adevntistas.
Deus ama você e não foi esse o exemplo que ele nos deixou.
Um abraço

O Peregrino disse...

Acredito que quem deve ler a Bíblia é você, pois vejo que não conhece as escrituras.
Jesus e Paulo nos exortaram a falar da sã doutrina e LUTAR contra o falso ensino, ou você não conhece essa passagem? A IASD usa de falso ensino, só um exemplo: O Juízo Investigativo, queres mais?

O Peregrino disse...

mais uma coisa, quem disse que os adventistas são meus irmãos?
Enquanto não largarem EGW; ela ainda será uma seita.

Anônimo disse...

Prezado irmão blogueiro,

A Bíblia e os livros de EGW, são para serem lidos por pessoas que sabem ler e entendem o que leêm, principalmente com o auxílio do poder do Espirito Santo.
Lhe recomendo orar mais a Deus e pedir este poder para entender as maravilhas que Deus nos revelou através de seus servos, os profetas.
A Bíblia diz que muitos perecerão por falta de conhecimento.
Por isso irmão, estude mais a Bíblia, ore muito, não se envergonhe de pedir porção dobrada do Espirito Santo, para que Ele lhe ajude a entender mais claramente as Escrituras. Jesus está voltando, prepare-se. Estou me preparando para este grande dia e gostaria muito de encntrá-lo lá embaixo da Árvore da Vida.

Anônimo disse...

Bom até onde eu saiba o batismo é feito com uma só imersão
ñ sei da onde vcs tiraram essas idéias de que a pessoa pecou pd ir na igreja se batizar

orem mais ta e outra Deus ñ intitulou na biblia que o sabado era pra ser guardado realmente o sabado é o seu dia dedicado a Deus especialmente

por isso que se diz no muito conheceis no muito pecais de que adianta estudar tanto a biblia e ñ ter entendimento

Anônimo disse...

Sabe ser ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA prá mim é ter tido a chance de nacer num mundo miséravel e poder está mais perto de Deus a cada dia. Não existe no mundona minha opnião uma Religião que se adapte com a Biblia como a Religião Adventista, acreditar com os olhos da fé não é prá todo mundo, alguns comntários do dono desse blog não tem nenhum fundamento ou vc é um ex-adventista, ou é uma pessoa querendo denegrir o que Deus deixou prá gente sequir, porque o que a Igreja Adventista coloca é o que a Biblia rtealmente dez. Que pena meu irmão que vc não vê assim, espero em Deus que vc cheque a um concenso e veja o que Deus tem prá vc aceite a Biblia e vera a Igreja Aventista do Sétimo Dia com outros olhos estou orando por vc. Um ABRAÇO.

Anônimo disse...

Você disse para aceitar a Bíblia, isso eu já fiz, mas você sabe que a IASD está fora dela em vários casos, o Juízo Investigativo é uma delas entre outras.

Sentir-se bem? Vá em uma congreação das Testemunhas de Jeová e verá o tratamento excelente que você irá receber, mas veja os erros que a Torre comete em suas doutrinas.

Anônimo disse...

Não julgo os Adventistas, pois a Salvação é individual e conheço um adventista que tem fé na salvação em Cristo...o que falar então?

Mas, não achas estranho você do "advento" que o evangelho por 2000 anos caminhou em uma direção, chega um indivíduo e muda o conceito de evangelho?!

Estou falando de homens: Acho legal você se inspirar em homens, mas são falhos. Não tinha alguem melhor para se inspirar não? John Wesley, Jonatas Edwards e etc. As vezes eu comparo os Frutos de Sr(a). White e esses homens. Não tem comparação não é?!

Os Desafios a viver o resto da vida sem o inscritos dela?
Será que conseguem?
Só a Bíblia...
e aí?

Anônimo disse...

Meu querido irmão em Cristo,sobre a questão de Cristo ter morrido na sexta feira e ressucitado no domingo pela manhã;Encontra-se na bíblia no livro de São João 20:1 : No primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao sepulcro de madrugada, sendo ainda escuro,e viu que a pedra estava revolvida.Em São Lucas 23:54;56 Lê-mos o seguinte : Era o dia da preparação, e começa o sábado; E no sábado,descansaram,segundo o mandamento.Acho que você precisa ler mais a bíblia.Veja em Mateus 5:17 ,Jesus disse até que o céu e a terra passe não passará nem um j ou um til da lei até que tudo se cumpra,os céus aida estão firmes.Você deve se bassear somente na palavra de Deus não só a criticar,pois se os evangélicos hoje forem melhores que os adventistas ,não vale de nada se não são fiéis aos mandamentos Apocalipse 12:17 A Paz meu irmão!

Anônimo disse...

Me deixa o seu email pra que eu possa falar melhor com você a respeito da sua tese, só ler a bíblia não funciona, tem de ter a revelação do Espírito Santo.

azul disse...

Meu irmão em Cristo! ainda que você não se considere irmão de algum irmão adventista . Lê-mos a palavra de Deus com oração e rogamos a Deus a revelação da palavra dele através da pessoa do Espírito Santo,o problema é que há pessoas que se diz guiados pelo Espírito Santo,mas negam as evidências bíblicas como o sábado.Se o irmão quiser pesquisa existem outros povos no globo guardando o sábado:como a igreja de Deus no Brasil do sétimo dia,batistas do sétimo dia e fora as igrejas adventistas que se aparentam muito com as demais igrejas pentencostais como iasd da reforma e a da promessa.Fico triste em ver as pessoas conhecerem tão pouco a história do cristianismo.O sábado só saiu do povo cristão através do concílio de laodicélia;apesar de constantino já no início da igreja cria decretos para observancia do primeiro dia da semana, o qual eles chamaram de domingo em relação a ressurreição de cristo.Começou com festas anuais,depois se tornou uma obrigação do império observar o domingo no lugar do sábado; os que continua- se judaízando eram escomungado da igreja provalvemente mortos.Veja na história dos valdenses e outros mártires que foram condenados por ser fiéis.Agora se me disserem alguém aí que o anticristo é um homem que vai governar o mundo após o arrebatamento vejo que a igreja abandonou totalmente a sua herança doutrinária que veio de Calvino,Lutéro e até mesmo Mather Luterking que afirmavam que a igreja Católica era o anti Cristo e o Papa o homem da iniquidade.Perdoi-me por não poder me prolongar mais.Responderei os emails aos poucos espero que vocês observe as coisas que vão enviar pois Deus está vendo tudo!A PAZ DO SENHOR PARA TODOS! wendersonfe@yahoo.com.br

Anônimo disse...

Amados. Frequentei a IASD durante um período da minha vida. Durante, aproximadamente, dois anos detive-me quase que exclusivamente na reflexão dos livros do Velho Testamento. Achava-me, completamente ajustado às orientações bíblicas. A participação nos encontros aos sábados ajudavam a amalgamar uma religiosidade ajustada aos parâmetros bíblicos. Contudo, um despertar ocorreu em minha vida. Graças a Deus, para o meu efetivo crescimento na fé, recebi orientações e fui humilde para ler detidamente o Novo Testamento. O adequado exame do NT, proporcionou-me a certeza de que JESUS CRISTO é a pedra angular e o fundamento (não passível de remoção) da nossa Fé. Não podemos alterar ou acrescentar nada a este princípio essencial. ELE, Jesus Cristo, é único. Lendo o Livro de Hebreus aprendi que Jesus Cristo é Sumo Sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque. Isto mostrou para mim, com uma clareza solar, que o sistema Mosaico-Levitico foi substituido por algo perfeito. O sacrifício perfeito e completo de Jesus Cristo. Todo o sistema levítico teve sua importância em apontar para Cristo e preparar o homem para desfrutar dos benefícios únicos proporcionados pela Graça. Antes, sacerdotes eram exclusivos da tribo de Levi (que trabalhavam no sábado). Agora, todos que têm a Jesus Cristo é feito sacerdote. Perde o sentido para os sacerdotes de Cristo estarem presos à guarda de sábado. O fascínio (cf cap 3 de Gl) que inicialmente tinha pela forma esdrúxula de combinar judaísmo com cristianismo caiu completamente por terra. Adicionalmente, pude perceber a descabida autoridade de EGW para a liderança da IASD. Somente as Escrituras Sagradas que de JESUS CRISTO testificam são irrefutáveis. As visões contidas na Bíblia são incontestáveis. As demais, mesmo sendo de pessoas consideradas cristãs, não podem ser aceitas de forma inconteste.
Até hoje, considerava os membros da IASD como irmãos. Contudo, vejo que a supremacia de Jesus Cristo, enquanto fundamento único, fica comprometido pela posição ocupada por EGW com suas experiências e doutrinamento. As visões desta senhora transformaram-se em dogmas para os queridos adventistas. Grande parte, de forma inocente, pensam que constituem-se em um povo exclusivo que teve contato com um sistema salvador após 1.800anos do sacrifício do Senhor Jesus Cristo. Este sim, com a sua ressurreição trouxe aos que Nele crêem como único Salvador, completa salvação. Fico a imaginar sobre a fragilidade da concepção adventista. Se as visões de EGW merecerem créditos, coitados dos pais da Igreja oriundos de Antioquia, coitado de Lutero, coitado os que só tiveram acesso à Bíblia e não puderam ler os escritos ou serem orientados pelos discípulos de EGW.

Por confiar unicamente na Palavra de Deus e compreender por obra do Espírito Santo a simplicidade do Evangelho, deixei de ser sabatista e continuei a ser crente em JESUS CRISTO.

Kelton disse...

Graças a Deus mais uma alma foi liberta das garras da IASD e alcançou a salvação em Cristo Jesus!
Parabéns e continue sempre vivendo no amor de Cristo!

nao tenho disse...

Libertos ou presos nos costumes dos homens!queridos evangelicos já que não querem ser chamados de irmãos.Você anonimo não está anonimo aos olhos de Deus.Vejo se você frequentou realmente a IASD não estudou a palavra de Deus como os demais,poi o que mais ocorre é ver pessoas estudarem a palavra de Deus com irmãos adventistas e verem em que babilonia doutrinária estão.A maior mensagem pregada pelos irmãos adventistas é principalmente a Volta de Jesus a Qual é substituída pelo o arrebatamento secreto que muiiitooos crentes crêem se buscar como você mesmo disse em Lutero,Calvino e tanos outros da Idade Média que nunca falou de arrebatamento secreto pois eram historiatores da palavra de Deus.Vendo nos escritos de Daniel 7 nunca trouxeram outro homem da íniquidade além do Papa;agora apresenta-me quem são os teólogos que criaram esta doutrinas modernas, se não que foram tiradas dos Próprios Católicos,com o livro Angústia do Planeta Terra,que data no século XVI.Sobre a questão do Sábado é até engraçado guarda 9 dos dez Mandamentos e ainda dizer que está em perfeita comunhão com restante da Palavra de Deus;e para não falar do Antigo Testamento o qual vocês abominam lembre-se que Cristo discorria de Moisés até os Profetas falando tudo o que er escrito a seu respeito,ou seja era a base de todas as pregações dos Apótolos.Mateus 19:17 Jesus respondeu:Por que me perguntas acerca do que é bom?Bom só existe um. Se queres entrar na vida, guarda os mandamentos.Ele faz um resumo , quiserem dizer que os em relação ao próximo são válidos Jesus também dize:Mateus 5 :19 Aquele,pois,que violar um destes mandamentos,posto que dos menores e assim ensinar aos homens,será considerado mínimo no reino dos céus; aquele porém ,que os observar, esse será considerado grande no reino dos céus.Porque vos digo que,se a vossa justiça não exceder em muito a dos escribas e fariseus,jamais entrareis no reino do céu.O que os doutores da Lei ensinavam? Também os mandamentos,ou não? Mateus 22:34 ao 40.Lucas 23:56 recomento ler os contexto para não vir com pretexto.I Corítios 7:19 A circusição,em si,não é nada;a incircusição também nada é,mas o que vale é guardar as ordenanças de Deus.I João 2:3, I João 3:22;24, Tiago 2:10 Pois qualquer guarda toda a lei, e tropeça em um só ponto, se torna culpado de todos.Apocalípse 12:17 ,Apocalipse 14:12,e eu poderia passar o dia inteiro falando a verdade enquanto vcs sem a palavra de Deus ou usando textos isolados para justificarem suas faltas se os mandamentos de Deus exclue o sábado os prórios católicos que afirma que vcs temem a autoridade do Papa e por isso quebram o Sábado,mesmo sem nenhum linha que o justifiquem,Aliás sobre ELG WHITE se nós consideramos ela uma profeta é porque seus escritos estão em conformidade com a palavra de Deus,Porque sem lei está morto o pecado ,vc afirma que Deus é um Mentiroso por não ser fiel aos mandamentos Romanos 7, e aí vai a última referência em Ísaias 58:14,56:4.Se vocês querem saber mais ou fazer perguntas mais teologicas vá no blog na mira da verade e pergunte a vontade vc vai se entender muitas coisas que infelismente vc não compreendeu até agora..

O Peregrino disse...

Falou, falou e não disse nada, o homem não consegue cumprir a lei, principalmente a guarda do sábado como manda a lei, leia Levítico.

Como a IASD faz um cavalo de batalha em relação a guarda do sábado, inclusive soube que muitos adéptos guardam o sábado mas com um jugo pesado.

Sábado não é sinal de salvação, se sábado fosse importante estaria explícito nas escrituras do novo testamento, Jesus é o Senhor do sábado, Ele fez uma nova aliança com os salvos como está escrito em Hebreus.

A volta de Jesus é pregada pelos crentes e não exclusivamente dos adventistas.
Quem é salvo prega a vinda de Jesus e isso tem gente que não sabe.


A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei.
O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor. Romanos 13:8,10

azul disse...

Peregrino você se arma e não usa a bíblia tenho certeza que não ,olhou os textos que pss4ei o adventista não cumpre as leis cerimoniais,e as cívis tão somente a lei moral que é justamente a que Cristo se referia em Mateus 5:17-ao 20 e a palavra do Grego que diz cumpri significa completar ,então não me venha com essa que a pessoa não cumpre os mandamentos por causa do sábado e cumpre os outros 9 Cristo disse sois meus amigos se fizerem o que eu vos mando,E também eu sou um com o Pai.É díficil aceitar que Deus fez uma lei falha quando Paulo diz que o Mandamento é Santo Justo e Bom ,se não estiveres em Cristo realmente é impossível fazer qualquer coisa,sem a mancha do pecado.Romanos 8:1,8; ou os mandamentos de Deus ou a lei da carne,se você anda no espírito tende a cumprir os mandamentos de Deus.Se você não procura fazer a vontade de Deus através da guarda dos mandamentos, a culpa é unicamente sua.Pode haver pessoas na igreja que não estude a bíblia ou ore,isso com certeza deve ser díficil ser fiel aos mandamentos,para quem não tem compromisso com Deus com certeza é impossível ser fiel.Tem gente em todas as denominações que acha ser Cristão um farto porque não conhece a Deus,isso não é novidade.Há no mundo mais de 30 milhões de pessoas que são fiéis aos Mandamentos entre Cristãos e Judeus e não tem nenhum achando um fardo,espero que você veja o blog do namira da verdade .com.br ha variás perguntas ,respostas á luz da bíblia e videos das programações:como dúvidas sobre arrebatamento,milênio,sábado e outras perguntas cabibiosas.Pergunte pro Leandro sobre Ellen Whitte e coisas mais polêmica,se você tiver coragem de perguntar terá as resposta á luz da Palavra de Deus!

O Peregrino disse...

Se eu tiver a coragem de perguntar?
Amado, já tenho a minha fé fundamentada na bíblia, se você quer guardar o sábado, amém, mas não coloque esse dogma para outras pessoas.
Eu sei em quem tenho crido!
Leia Romanos 8 e depois 14.

Não sou judeu, portanto faço parte da nova aliança, não existe duas divisões da lei como a IASD inventou, são 613 leis e quem deixa de cumprir uma só já sabe o que a Palavra diz não?

Indico um bom livro pra você ler e meditar: A Nuvem Branca de Dirk Anderson.

Um abraço.

azul disse...

Peregrino nós adventistas guardamos os 10 Mandamentos contidos em Exodo 20,não guardamos a lei cerimoniais ,e nem as cívis judaicas, pois as mesmas se cumpriram em Cristo, Eis o cordeiro de Deus.Que necessidade temos de sacríficio,mas os 10 mandamentos estes foram escritos pelo prório Deus! não era só dita para que Moises escrevesse como os livros Pentateucos.As tábuas dos dez mandamentos estavam dentro da Arca representando a presença de Deus.Irmão vc não é judeu por que não roubar ou matar é medo de ser preso ou temor de Deus.A igreja Primitíva cumpria os mandamentos,os díscipulos e os demais cristãos fiéis a Palavra de Deus.Surgiu deste a época do Apóstolo Paulo heresias e apostasias que se intensificaram com o comando Cátolico.Os Prórios católicos reconhece que os cristãos primitivos eram fiéis a todos os mandamentos,não só aos nove mais aos dez.O que não podemos é ficar fazendo separação entre raças Romanos 10 :12 Pois não há distinção entre judeu e grego, uma vez que o mesmo é Senhor de todos,rico para com todos que o invocam.A palavra de Deus quando fala de povo de Deus refe-se a todos em direito e obrigações que possamos falar como Davi :Agrada-me fazer a tua vontade o Deus meu.Romanos 2:28,29.Porque não é judeu quem o é apenas exteriormente,nem é circucisão a que é somente na carne.Porém judeu é aquele que é interiormente,e circucisão,a que é de coração, no espirito,não segundo a letra, e cujo o louvor não procede dos homens,mas de Deus.No novo testamento os mandamentos não estão exatamente expresso como o é no antigo testamento,mas porque não se fala em :Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão ,ou Não farás para ti imagem de escultura.Por que não está explicitamente dito no novo testamento não devemos respeitar e cumpri-los uma vez que segundo isaias 8 ;20 Á lei e ao testemunho!Se eles não falarem desta maneira,jamais verão a alva.A Palavra de Deus é imundável e muitas profecias do antigo testamento não se cumpriram ainda,ou seja,ela é um todo e não só o novo testamento.Devemos analisar a bíblia como um todo ,pois se acrescentarmos ou retirarmos Deus nos cobrará.Recomendo que se o irmão tiver condições de ir a uma Casa Publicadora Brasileira compre um livro chamado Assim diz o Senhor, para você saber em que realmente cremos e o que a Palavra de Deus diz.Se vc não for deixe o seu imail e verei seu encontro ele na net no formato txt e te envio fica na Paz e que o Senhor continue abençoando-o.

azul disse...

Não sei bem quem colocou Oséias 2:11 como profecia que se cumpria em Cristo,para justificar hoje o não cumprimento do sábado ,por favor texto sem contexto é sem dúvida um grande pretexto.Oséias mostra a infedelidade do Povo de israel,e os créditos que eles davam aos baalins, veja o verso 8 que diz :Ela, pois não soube que eu é que lhe dei trigo,e o vinho,e o óleo,e lhe multipliquei a prata e o ouro,que eles usaram para Baal. e como maldição não permitiria que Israel tivesse bençãos de Deus como as festividades,Luas novas, e os Sábados, e todas as suas solenidade.Leia o capítulo todo aí sim quem disse que isso é uma benção ficar sem a santificação do sábado teve está na mesma situação que o Povo de Israel estava em Oséias.Cuidado para não interpretar Oséias 3 e querer adúterar com a mulher do amigo igual o pastor de uma igreja que apareceu no fantástico veja no you tube e verá a falta de entendimento.Eu sei que não estão postando aqui pessoas tão incultas. Deus abençõe a todos!

azul disse...

Cadê vc peregrino até do prório blog.vamos ser racionais se os decretos Papais não exerce-se nenhuma influência nos cristãos de hoje,todos guardariam os dez mandamentos;como até o ano de 321 A.D ,estude mais pois isso graças a Deus a história não escondeu..A paz meu irmão.

O Peregrino disse...

Não sou católico Romano, sou cristão, ainda hoje estava lendo Mateus 19:18-19, meu amigo se queres guardar o sábado guarde-o mas não me venha com essa doutrina da guarda do sábado, procuro guardar todos os dias, pois não sou perfeito.
Faço parte da nova aliança e não da velha, vá conversar com o Pr. Natanael Rinaldi, conhece?
Leia o livro A Nuvem Branca, esse livro pode esclarecer muitas dúvidas que você tem a respeito das doutrinas Milerista que aliás nem era guardador do sábado.
Não sou Judeu ok?
Espero que você não acredite pelo menos no juízo investigativo, outra doutrina da visionária EGW.

Um abraço.

Meu email é: correa62@gmail.com

Um abraço.

azul disse...

Interessante irmão!este pastor rinaldi, como muitos não fala só através da bíblia já te apresentei o blog do na mira da verdade,onde o irmão Leandro quadros responde todas as acusações dele como apologético ,seria interessante fazer um debate a luz da Palavra de Deus,entre eles! Mas não podemos fazer o que é do nosso querer quem sabe um dia isso acontece talves rdtv.A Paz do Senhor!

Anônimo disse...

Boa parte do artigo é mero plágio do site da Igreja Batista do Sétimo Dia.

hiran disse...

Ignorância. como pode uma pessoa ler a bíblia e não saber o que nela está escrito. Antes de escrever o que você ccopiouo de outras pessoas você deve ter conhecimento, ser inteligente ao ponte de estudar os significados das palavras, como Jesus ia mandar o Joven Rico guardar o sábado se ele já era judeu, você é mesmo um ignorante em teologia, deveria ter vergonha de colocar em um site tanta ignorancia, a internet é para ser utilizada com inteligencia. conselho. Primeiro vai aprender a ler. obs: não sou adventista, mas não precisa ser adventista para saber que você não conhece a bíblia.

O Peregrino disse...

Obrigado por acessar meu blog.

Acredito que você é que não sabe o que nela está escrito, leia I Pe. 3:15 ok?

Meu blog não contém apenas textos, trabalho nele com outros tipos de arquivo, não tenho muito tempo para escrever, a fonte de onde pego é fiél e eu costumo ler quando faço a postagem.

Se queres guardar o sábado, guarde-o, mas o sábado não importa na salvação embora a IASD coloca isso na cabeça dos seus adéptos, isso é uma heresia.

Leia A Nuvem Branca.

azul disse...

Querido irmão Peregrino espero, que realmente o seu mestre seja Cristo e não o Pastor Rinaldi,Por fazer separação de povos, lei pro judeus e cristãos outras normas.Algumas leis cumpriram-se em Cristo mas ,se fosse para não cumprir a vontade de Deus apenas pelo que eu acho o que é certo todos assim é a visão do mundo.Por mais argumentos que sejam apresentados contra os membros da Iasd vc não explica por que os Valdenses e tantos outros Cristãos eram fiéis aos mandamentos mesmo não sendo Judeus! Simples eram fiéis a Deus e não ao homem.Em relação asdoutrinas sobre o juízo investigativo é como se interpreta Daniel 8:14, agora é questão de doutrina se vc fosse pelo menos fiel aos mandamentos de Deus não seria tão díficil entender .Quando no meio dos assembleianos existe doutrinas absurdas tais como :Arrebatamento secreto em detrimento da volta de Cristo que será vísivel e vcs dizem que só a igreja saberá,só a igreja se salvará é fato mas não haverá segunda oportunidade para quem não aceitou a Cristo.Fora a doutrina da imortalidade da alma como é insinado pelas as lições dominigais de ante céu após morte. Quando o Apostolo Paulo nos adverte a não sermos ignorandes em relaão aos que dorme ,não em relação dos que estão usufruindo da glória que será desfrutada após a Volta de Cristo não antes.DEIXO PARA VC TIAGO 2:10 entã não cumpra nenhum e depois quando Cristo falar segundo o que está em Mateus 7:21 e se quiser ler o contexto verás o que acontece em todas as igrejas.Agora eu quero está no mundo fazendo a diferença e não seguindo o hoem ,pena que vc só procurou o que o Natanael escreveu em seus comentários críticos.Agora seguir parte da palavra de Deus é que é o problema.Agora me explica sobre as doutrinas absurdas que estão no meio de vcs que dizem só a bíblia.Quem desenvouveu está dutrina do arrebadamento e dos 7 anos de tribulação se não é herança católica .Vc protesta contra o que é conveniente para vc mas no funo segue as tradições que são contrárias a bíblia e ainda acretidam que não estão mundando a Palavra de Deus!Mateus 15:3 cuidado com as idéias que não estão de acordo com a bíblia.O que era pecado antes de Cristo também o é depois ,só deixa de santificar o sábado que não é pecado muito bom pena que isto introduzido na igreja pelo homem e não Edito de Milão e Concílio de Laodícelia ,vc diz que não é católico ou judeu mas sege o que ele deteminaram direitinho! A Paz meu irmão!

azul disse...

Desculpe pelos erros ortogáfico não deu para revisar espero que esteja claro por que estou explicando doutrinas só pela bíblia e não dando um texto contrariando outro lembre-se a bíblia é o Antigo e o novo testamento...

O Peregrino disse...

Desde que me converti ao evangelho meu Pastor sempre foi Jesus Cristo e não seguidor do Pr. Rinaldi, MUITO MENOS DE EGW, você entende?

Quanto as doutrinas da Assembléia, alguns pontos que eu acho secundário nem mesmo eu acredito, pois o mais importante é a Sotereologia, diferente dos Adventistas que dizem o sábado ser importante para a salvação.

A doutrina herética do juízo investigativo é coisa da ilusionista EGW, Jesus já completou sua obra e está asentado no trono a destra do Pai.

Custa os adventistas aceitarem que essa doutrina é diabólica, não vou me referir as outras doutrinas heréticas da IASD, fico por aqui.

Com todo o respeito, vocês estão sendo enganados.

Pegue o livro A Nuvem Branca, leia com sinceridade e medite nas informações contidas nesse livro.

No amor de Cristo.

azul disse...

Liçaõ de juvenis da cpad,diz que o rapto é rapido,ou seja, o arrebadamento vai ser visto apenas pela igreja que saíra´da terra, o resto ficará arrumando desculpas ,os aligenas levaram eles e outros argumentos sem nem base bíblica.No livro a agonia do planeta terra que nem é é evangélico , pois é de origem Católica e a base da escatologia de vcs.Aliás respodendo a sua pergunta se o sábado é importante para a salvação .Cristo é o caminho depois vem a santificação sem ser possível separar Cristo da santificação sendo assim;Se salvará também pessoas que estiverem matando (quando o mandamento diz :não mataras,ou roubando,adúlterando,ou apoiando o aborto como um colega da maioria aí que apóia o aborto chamado Bispo Macedo).O sábado não importa salvação mais deixar de roubar e matar sim,por favor meu irmão da onde saiu está orientação é dos mesmos dez mandamentos os quais a Iasd seguem..e vcs tirando o sábado, ou não deveís fazer estas coisas sem omotir aquelas. ENTÃO NÓS DA IGREJA ADVENTISTA FAZEMOS PARA DEUS E NÃO PARA O HOMEM,agora se vcs acham que deixar de guardar um um dos dez mandamentos importam em salvação, ou ainda continuar a matar,roubar e outras coisas que os mandamentos de Deus condenam a sua fé é maior que qualquer uma das que a bíblia apresenta.Pois naquele dia seremos julgados pelo que fizemos ou deixamos de fazer .Continue seguindo só o que é conveniente para vc ,e eu sigo os dez mandamentos;o que não vai importar salvação tudo é permitido menos o ser fiel a toda a Palavra de Deus.Não importa salvação ser adúltero,ladrão,homicída .Creio que o livro de Tiago nos adverte em relação a esse tipo de proceder .Se não mata mas rouba vem ser transgressor ,ou não?Em relação ao juízo investigativo é parte da doutrina adventista como todos os dez mandamentos os quais está Eclesiastes é o dever de todo homem, boa caminhada até os céus.E relação ao livro nuvem branca não tenho do que falar em relação,pois o escritor se esconde atrás dos seus próprios pontos de vista, uma vez que ele só escreve e não apresenta um debate ao vivo,provas bíblicas juntado todas as igrejas e seitas as que devia fazer parte,pois é doutrina dos Pentecostais que vc só possuir o Espírito Santo se falar em líguas estranhas ,as mesmas dos crísmáticos ,espiritas ,hindus e satanista ,caso contrário vc não foi batizado no ESPIRITO SANTO ,uma vez que que o apostolo Paulo afirma que o Espírito concende os dons conforme ele quer e a quem ele quer dar não somente o dom de linguas como sinal de batismo ,lamento se vc fizer parte dessa confusão de religiões que esta aí.., posso até entender o porque que é tão dificil para vc ser fiel aos mandamentos de Deus a todos!Eles!Vou continuar orando por vc creio que todos os que entraram neste blog estão fazendo a mesma coisa.Fique com Deus!Quando o Espírito Santo de convencer da verdade vc será um bom combatente do exercíto de Cristo assim como foi Paulo após abrir os olhos e se converter a Jesus.Um abraço! e até mais.

O Peregrino disse...

Graça e paz Azul, eu não estou preocupado com o arrebatamento de que forma vai ser, se eu sou um salvo isso basta, se o arrebatamento será visível ou invisível não me importa, também com a guarda do sábado, eu não guardo e não vou guardar, Cristo é meu sábado, não tanho condições de guardar toda a lei, claro que também não devo matar ou roubar, procuro seguir os dois mandamentos principais, Jesus me assegurou isso, que devo cumprir esses dois, vou deixar que os judeus cumpram o sábado, pois isso faz parte deles, sou gentio e não judeu, não tenho condições de guardar como manda a lei.

Lembre-se, sigo a Cristo e não a Assembléia, a assembléia é apenas um lugar que vou prestar adoração à Deus, não significa que estou em plena concordância com ela, como lhe falei, a doutrina da salvação é a mais importante, e ela prega a doutrina da salvação em Cristo Jesus.

azul disse...

A igreja que não prega a Jesus como salvador com certeza não é cristã,aliás no livro do evangelho de João capitulo 15 Cristo nos fala que se me amais guardarei os meus mandamentos assim como eu amo a meu pai e tenho guardado os seus mandamentos.Romanos 10 diz que não existe para Deus Judeu ,nem Grego e nem Gentio.e Romanos 2 diz que a circusição nada é o que importa é cumpri os mandamentos de Deus.A parede que estava entre nós e Deus não é sábado ou nenhum outro mandamento e sim o pecado que o Senhor Jesus pagou em nosso lugar.Irmão eu guardo os mandamentos de Deus por que está de acordo com a bíblia e fico tranquilo com minha conciência por não está seguindo ao homem e suas convicções e tenho plena certeza que se a pessoa procura-se ser fiel a Deus o seria em verdade.Fico pensando com tantas provas e comentários e o irmão ainda pensa da mesma forma quando criou este tema para debate ,por favor a historia prova que não era dos judeus apenas a fidelidade aos mandamentos de Deus e que no concílio de laodíceia que mudou a prática do sábado para o domingo e que todo o ocidente antes disso cumpria as solenidade do culto a Deus em guardar o sábado,se não fosse assim eu aceitaria muitos argumentos de diversos irmãos por que o mundo é prá quem realmente não quer guarda o mandamento referente ao sábado ,se o irmão sente o toque do Espírito Santo lembre-se que não é por que estar em conformidade com a palavra de Deus mas sim pelo desejo de Deus nos fazer melhor.Por isso eu prefiro me esforçar obedecer a Deus e não ser omisso em relação ao sangue de Cristo e dos milhões de irmãos que morreram sendo fiel ao mandamento tão sem importância do sábado como os valdenses e tantos outros.Devemos tentar interpreta de outra forma quando na Palavra de Deus se fala em fidelidade aos mandamentos de Deus ,devemos colocar outros mandamntos e não os dez mandamentos assim pode ser que se tenha menos problemas de entendimento com aquele que escolheram a porta larga ou não pense que hoje ser Cristão é tão díficil como já foi um dia então, prefiro fazer diferença entre o que é santo e profano escolhendo ser fiel a Deus e aos seus mandamentos.Pena que os não judeus requerem as promessas que eram para os judeus em relação aos dízimos ,ofertas e tantas outras promessas ,que são condicionais e não só fala que tem fé e sim está pré-disposto a seguir o método de Deus através de Cristo Deuteronomio 28 e se eu fosse ficar dando passando versículos para vc analizar só serviria se vc estivesse disposto a fazer o que está escrito e não o que vc acha que deve fazer.Lembre-se que os adventista do sétimo dia não são pessoas sem conhecimento da palavra de Deus e nem doutrinadores modernista da palavra de Deus. Vivemos segundo o que bíblia determinar e cremos que Deus em Jesus nunca mudou ,e vivemos para ele e por ele quando o irmão cria um blog desse pensa somente em críticar a fé o que infelismente não depende do seu conhecimento e sim de matérias pré-fabricada por criticos e se os membros da Iasd fosse viver costruindo blogs para críticas as demais denominações não faltariam argumentos e principalmente de acordo com bíblia para falar.Estou em conformidade com a Palavra de Deus em seguir o que aprendi já não posso dizer isso do irmão em relação a cpad pois próprio irmão sabe dos absurdos que são ensinados no achismo da igrejas pentecostais tudo diz ser espiritual e pouca palavra.Espero que o irmão esteja na Rocha que é Cristo e não nessa bagunça religiosa que se vê!E eu sigo a Cristo e não acusações contra ellen white e a Iasd que graças a Deus continua pregando o evangelho e crescendo em graça e conhecimento da palavra.

O Peregrino disse...

Azul, está provado que o homem não consegue guardar as leis de Deus, a lei foi dita a Moisés para que os judeus a guardasse e não conseguiram, os gentios muito menos pois não a conheciam, então veio Jesus Cristo para estender a salvação para todos, em Romanos é bem fácil de entender isso, inclusive fala da conciência (minha conciência não pesa em não guardar o sábado porque isso era para os judeus), eu sou gentio, pertenço a nova aliança.

Você é seguidor de Cristo, até posso crer, mas muitos adventistas na maioria seguem a EGW, isso é fato comprovado, eu conheço esse fato, por favor, não venha me dizer que não é porque é a verdade, assim como o católico devoto idolatra o Papa os adventistas não largam de EGW.

Como já lhe falei, a doutrina do juízo investigativo é invenção dela e não tem respaldo bíblico, é algo esquisito, fere a obra de Cristo, pois ele já consumou e quando foi assunto ao céu ele foi entronizado naquela época, 1844 é uma farsa, não tem lógica, acreditar nisso é uma piada.
Eu não sei como muita gente crê nisso, sem falar em outras doutrinas esquisitas da IASD.

Azul, Jesus entrou no santuário quando disse, está consumado, dizer que foi em 1844 é ridículo.

O Peregrino disse...

Um "novo" mandamento vos dou...

O homem não consegue guardar a lei, guarda o sábado, mas peca na cobiça, honra o pai e a mãe, mas deseja a mulher do próximo e assim por diante. Jesus é a fonte da misericórdia, e eu não sou digno, mas Deus em sua graça resolveu me enxertar, é por isso que eu o louvo com as minhas forças e pedindo todos os dias a sua misericórdia.

Sábado é passado meu irmão, em Hebreus fala de uma nova aliança e eu deixo uma passagem para você meditar. Hebreus 12:22-24, sábado não tem derramamento de sangue, pense nisso.

Leia A Nuvem Branca meu irmão.

azul disse...

Irmão o sábado e parte do décagono e não tão somente dos judeus,pois Jesus afirma em Marcos que o sábado foi feito pro homem e não o homem pro sábado no sentido de idolatrar,não devemos dizer que o que os infiéis judeus que se rovoltaram tantas vezes contra Deus e Moisés como na revolta de Coré estavam se revoltando contra Deus por não conseguirem cumprir a vontade de Deus e sim por querer o galardão de Arão, Deus não fez algo imperfeito mas, homens que não queriam depender dele sempre se afastavam da fidelidade aos seus mandamentos que é a palavra dele escrito pelo próprio dedo de Deus em Deuteronomio 31:18,no capítulo 1 do livro de Josué Deus fala que o sucesso de Josué dependeria da fidelidade a Ele esta expressa na obediência,Não julgue o que muitos infiéis não fizeram a Deus não por todos os demais Filhos de Deus doutra forma Deus seria injusto, em dar algo impossível ao homem fiel fazer. Irmão Deus sabe a pré-disposição de cada um, e eu afirmo que aquele que se coloca a disposição de Deus nada é impossível principalmente algo tão simples como está em Deuterônimo 30:10 e 11 Moisés devia está doido em falar uma coisa dessa não? É Deus que capacita e não é o homem que consegue por sí mesmo, por isso que é impossível ao homem sem Deus penso fazer qualquer coisa boa ,pois aquele que nos chamou também nos capacitou.E se é impossível o homem em Deus realizar a vontade dele em ser fiel aos mandamentos como está em Gênesis 26:5 quando fala sobre Abrão para Isaque.Penso que Daniel não conseguiu cumprir os mandamentos também Isaias e as partes que fala que Israel (Povo se voltava a obediência devia ser um esforço vão!)I São João 3:4.Maior prova de amor por Deus e pelo próximo é a fidelidade aos Mandamentos,Jesus não faria o seguinte pedido aos dícipulos 23:3 diz Fazei e guardai,pois tudo quanto eles vos disserem(Os Fariseus e doutores da lei),porém não os imiteis nas suas obras:porque dizem e não fazem.E continuo a afirmar qual é a sua explicação para as 2300 tardes e manhãs e em Daniel 7:13,Daniel 12 :10 a explicação desses versículos e a visão da Iasd e também concordo com ela.Pois são mais respondidas na bíblia do que a visão sobre escatologia é mais suposição, e achismo que prova bíblica .Ellen G White foi uma mensageira de Deus nós da Iasd temos provas diversas do cumprimento de suas palavras que não foram de vontade própria.Não sei se o irmão percebeu mas ao contrário do que muitos de vcs nos acusam não somos seita e nem negamos a Cristo ,por isso que não consideramos Ellen G.White como falsa profeta,temos também a visão crítica contra vários profetas falsos mais do que nota de duzendos reais e nem por isso fala e faço questão de falar que vcs são seitas.É por Deus e para Deus que vivemos e tudo que está encoberto será revelado!Fique com Deus já vi o livro crítico em que Natanael vive falando da sua falta de habilidade contra os irmãos da Iasd.Agora existe Vários e vários livros das maiores autoridades teologicas até mesmo da cpad dissendo que a Lei moral e imudável..

azul disse...

Me manda o seu imai Peregrino vc como alguns que comentaram no blog dizem que os mandamentos não pode separar,os mandamentos das demais leis Judaícas vc saberá sobre estas separações de lei moral ,cerimonial e civis.Mas não consegui manda o livro que um dos maiores teologos protetantes e segundo a própria publicadora cpad o chamam de pentecostal.Leia a teologia sistematica e verás se vcs segue o que vcs publicam fique com Deus e a Paz de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo!

Anônimo disse...

Aí vai alguns versículos para o pessoal da ASD refletir:

"Quanto ao dia e à hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão somente o Pai. Como foi nos dias de Noé, assim também será na vinda do Filho do homem. (Mateus 24:36-39).
"Portanto, vigiem, porque vocês não sabem em que dia virá o seu Senhor. (Mateus 24:42-44)
"Quanto ao dia e à hora ninguém sabe, nem os anjos no céu, nem o Filho, senão somente o Pai.
(Marcos 13:32)

E para vocês, que criaram planos mirabolantes de "salvação" fora das ESCRITURAS SAGRADAS e CRISTO o que começou errado, inevitavelmente terminará de forma errada!

Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; Não, não; porque o que passa disto é de procedência maligna.
(Mateus 5:37

Que a paz e a graça do SENHOR esteja com todos!

Anônimo disse...

Aí vai alguns versículos para o pessoal da ASD refletir:

"Quanto ao dia e à hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão somente o Pai. Como foi nos dias de Noé, assim também será na vinda do Filho do homem. (Mateus 24:36-39).
"Portanto, vigiem, porque vocês não sabem em que dia virá o seu Senhor. (Mateus 24:42-44)
"Quanto ao dia e à hora ninguém sabe, nem os anjos no céu, nem o Filho, senão somente o Pai.
(Marcos 13:32)

E para vocês, que criaram planos mirabolantes de "salvação" fora das ESCRITURAS SAGRADAS e CRISTO o que começou errado, inevitavelmente terminará de forma errada!

Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; Não, não; porque o que passa disto é de procedência maligna.
(Mateus 5:37

Que a paz e a graça do SENHOR esteja com todos!

Heridiano disse...

Gostaria de dar aos parabéns a esse ser que postou todas essas loucuras aí..
também gostaria de dizer que a maioria das coisas são todas mentiras,tipo que foi revelado a Ellen white o dia da volta de Cristo,NINGUEM PREGA ISSO..e verdadeiramente nunca soube interpretar o livro de Daniel..Para voce leigo ACUSADOR bastaria lhe dar o Livro de Uriah Smith tambem fundador do ADVENTISMO,infelizmente não o posso doa-lo esse livro porque a IGREJA,eu repito,A IGREJA interrompeu a publicação desse livro porque acusava totalmente os vinhos de babilonia e a igreja catolica meretriz do apocalipse..mas a questão é a seguinte..a IGREJA ADVENTISATA SE ECUMENISOU,SE APOSTATOU COM AS DEMAIS IGREJAS..
E HOJE O ADVENTISMO SINCERO,VERDADEIRO E PIONEIRO NÃO É FEITO MAIS DENTRO DA IGREJA E SIM FORA PORQUE "ONDE ESTIVEREM DOIS OU TRES REUNIDOS EM MEU NOME ALI ESTAREI",MAS É REUNIDO EM NOME DE DEUS,E NÃO REUNIDO EM NOME DE UMA TRINDADE OU MUDANÇA DE VIDA OU QUALQUER OUTRA PALHAÇADA QUE OS PROTESTANTES E CATOLICOS PREGAM..por tanto voce tem o total de direito de atacar a IGREJA.mas já jamais sobre principios do ADVENTISMO QUE SÃO SINCEROS E TODOS,ABSOLUTAMENTE TODOS TIRADOS DA BIBLIA..eu sou um adventista historico que não faço parte mais da IGREJA,assim como muitos porque foram expulsos por resgatar a verdade do adventismo que eles estao corrompendo ao se misturar com igrejas quem sabe tipo a sua,seja qual for..a todos que lerem esse comentario terei o maior prazer em esclarecer suas duvidas,mas duvidas cabiveis,sem invençoes,tudo que flua da biblia..

Anônimo disse...

Só indico um livro a todos e vão ver que toda essa discussão nunca levará a lugar algum:

http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/3046915/quem-jesus-foi-quem-jesus-nao-foi

quem tiver coragem, que leia.