terça-feira, 28 de abril de 2009

Hipocrisia na interpretação religiosa

Atos 15:20, 29; 21:25 – São três versículos do Novo Testamento, idênticos na enunciação “que se abstenham (...) da carne de animais sufocados e do sangue.” “Que vos abstenhais das coisas sacrificadas aos ídolos, bem como do sangue, da carne de animais sufocados (...).” “Quanto aos gentios que creram (...) que se abstenham das coisas sacrificadas aos ídolos, do sangue, da carne das animais sufocados (...).” Será que Tiago, na primeiro verso, estava aconselhando os cristãos a que se abstivessem de comer sangue humano? Se foi assim, então havia canibalismo ou antropofagia na igreja primitiva. A referência, nos três versos, é à carne animal, comida como alimento. Sempre evitar de ingerir o sangue.
Interpretar o abster de sangue de forma absoluta traz muitos problemas de lógica simples, mas que as TJs não parecem pensar. Se é em sentido absoluto esse "abster" então como é que se pode comer carne qualquer? Tirar da carne todo sangue é impossível. As hemacias, os anticorpos, as plaquetas, tudo que as testemunhas proíbem para salvar uma vida de um adepto em emergência, elas quebram em um simples churrasco... E sem problemas de consciencia. Isso leva a crer que as TJs não entendem bem sobre o que lhes ordenam.
Se o "abster" é em sentido absoluto, muitos outros problemas surgem. Esqueça o ato instintivo de levar a mão a boca ao furar um dedo, morrerá no armagedom por isso. O mesmo se morder a língua, se nascer como um gêmeo de mesma placenta, e também todo aquele que já foi amamentado por leite materno, que contem muito mais leucócitos (proibidos p/ TJs) no leite da mãe que no mesmo volume de sangue. Exemplos assim não tem fim.
Então é de forma absoluta que se deve interpretar o "abster" de sangue? Após ter conhecimento da realidade qualquer pessoa sensata entenderia que esta proibição é relativa, pois de forma absoluta é impossível e vai contra a ordem natural. Então é claro que esta errado ler sem pensar, interpretar sem comparar com a realidade possivel. Vidas foram e são perdidas por um erro grotesco que abusa da falta de conhecimento de uma simples testemunha de Jeová.

0 comentários: