terça-feira, 3 de setembro de 2013

As perguntas que devem ser feitas aos adventistas sobre Ellen G. White

Algum profeta bíblico fez meio de vida da sua profecia?
Perguntar não ofende!!

1º Algum profeta bíblico cobrou Royalties de suas mensagens, deixando como herança para seus filhos,  netos e bisnetos?

2º Algum profeta bíblico pregou cinco anos que a 'Porta da Graça' havia fechado e era pura invenção?

3º Algum profeta escreveu que tudo o que ele dizia (até em cartas) era revelação de Deus?
4º Algum, deu o exemplo seguindo conselhos de sonho com um morto, alegando que eram mensagens de Deus? Acaso Deus alguma vez se utilizou de pessoas mortas para se comunicar com os vivos, seja em sonho ou visão?

5º Algum deu conselhos contra casamentos inter-raciais, humilhando os filhos desses  casamentos?

6º Algum fez insinuações à raça negra, de que não eram humanos?  Com quem se casou Moisés?  O que aconteceu à Mirian que criticou Moisés?

7º Algum profeta, colocou em dúvida a eficácia do sangue de Jesus para lavar pecados?

8º Algum profeta, garantiu que não mudaria o que Deus tinha revelado nos últimos 50 anos, e acabou mudando?

9º  Algum vivia brigando com as casas publicadoras por dinheiro, e acabou imprimindo o livreto "Caminho à Cristo" em impressora fora da igreja?

10º Algum profeta bíblico dispunha de uma editora de livros com mais de dez empregados, incluindo uma sobrinha que nem era Adventista?

11º Algum outro profeta bíblico aconselhou comer carne de porco, em descaso do que determina o profeta Isaias?

12º Algum profeta bíblico alegou que Deus lhe havia revelado o dia e hora da vinda de Cristo?

13º Algum profeta bíblico aconselhou deixar os filhos, "pelo menos três dias sem comer" ?

14º Algum profeta bíblico aconselhou não ir a médico desta terra?

15º Algum profeta bíblico aconselhou não orar por doentes que retém o dízimo?


Prezado leitor, se algumas dessas perguntas não lhe traz dúvidas sobre a profetisa do adventismo, desconfie o que a maioria absoluta dos que frequentam essa página pensa da sua inteligência?

By Ennis Meier

1 comentários:

Ary De Jesus disse...

O inimigo e o estimado 1/3 são espíritos do erro, eu não conheço bem esta forma de vida, a sua composição e suas características, eu sei que ao certo ninguém aqui na terra conhece, pode apenas haver especulações, quem pode explicar com detalhes é Jesus. Eu não sei direito se posso dizer que satanás e o 1/3 tem coração, mas sei que eles têm suas personalidades e características próprias, e tem gente neste mundo que são semelhantes a eles no sentido da palavra personalidade, pessoas que tem um coração maligno. E em contrapartida existem aqueles que são semelhantes a Deus, semelhantes a suas características e personalidade, pois como esta escrito, Ele nos criou a sua imagem e semelhança.

O coração de um convertido é aquele que ama a Deus acima de todas as coisas e ama o seu próximo como a si mesmo, é bom deixar uma observação, que nem todas as pessoas podem ser chamadas de seu próximo, de acordo com a parábola de Jesus sobre o bom samaritano, Jesus nos ensina quem é o nosso próximo, um convertido deve amar o seu irmão a medida do possível, pois Jesus ensinou a amar, a perdoar muitas vezes, mas o sentimento de amor em alguns dura até certo tempo, pois depende das circunstâncias e atitudes das pessoas, mas quando você segue o ensino de Jesus, é como se você tivesse uma obrigação a cumprir, que é amar, mas se Jesus lhe disser que você tem que se libertar de certas coisas então é melhor obedecer Jesus. Pois Jeová e Jesus e o Ajudador ou Consolador também tem sentimentos, e sentimento é algo que varia, se modifica, se transforma, a medida das circunstâncias. O amor como escreveu o Apóstolo Paulo, tudo sofre, tudo suporta... Mas o amor pode sofrer variação, de acordo com as circunstâncias. O apego também sofre modificação de acordo com as circunstâncias. Deus amou o mundo, Deus é amor, mas o sentimento Dele também muda para fogo consumidor. E Deus nos proporciona a ter paz em nosso coração, Ele quer que tenhamos paz em nossa vida. Quando um convertido passa a querer julgar algo, primeiramente ele tem que buscar ter certeza através do discernimento espiritual, através da revelação que Jesus lhe dá, porque caso ele queira julgar com a sua carne ele corre o risco de ofender o Espírito Santo, corre o risco de ofender Jeová, Jesus e o Ajudador ou Consolador, e com isto cometer um pecado que pode refletir na sua salvação. Quando um convertido se propõe a ser um Pastor, ele tem que ter em mente que ele esta lidando com aqueles que são amados por Jesus, e Jesus ensinou que muitos no dia da ceifa e das Bodas do Cordeiro, vão questionar com Jesus o porquê que não estarão participando da festa, pois irão questionar: Senhor nós profetizamos no seu nome e fizemos isso e aquilo. Mas Jesus irá lhes disser: Eu não os conheço.