sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

"Unicismo" - O batismo Unicista

Uma época atrás surgiram os que Tertulíano chamou de monarquianistas (do grego monarchia - governo exercido por uma única pessoa). Os monarquianistas dinâmicos (do grego dyna­mis “força, poder”, pois diziam que Deus deu força e poder a Jesus, adotando-o como Filho), negavam a divindade absoluta de Jesus, e também a Trindade. Esta heresia era o prenúncio do arianismo, que, no início de terceiro século, negava a eternidade de Jesus, pois considerava Cristo um deus de segunda categoria, igual ao ensino das Testemunhas de Jeová. Essa doutrina dos dinâmicos era defendida por Teodoro de Bizâncio, Artemão e Paulo de Samosata.

Monarquianistas modais ou modalistas ensi­navam que as três pessoas da Trindade mani­festavam-se de vários modos, daí o nome mo­dalista. Defendidos por Noeto de Esmirna e Práxeas de Cartago, ensinavam que o Pai nas­ceu e sofreu, e que Jesus era o Pai. Por essa razão, no Ocidente, eles eram chamados de patripassianistas (do latim Pater “Pai” e passus de patrior “sofrer” - o Pai encarnou-se em Cris­to e sofreu com Ele). No Oriente eram chama­dos sabelianistas, pois o heresiarca Sabélio foi quem mais se destacou na propagação dessa heresia. Segundo essa doutrina, o Pai, o Filho e o Espírito Santo são apenas três aspectos da Divindade, sendo, portanto, uma só Pessoa. Esse ensinamento do bispo Sabélio é hoje chamado de sabelianísmo ou modalismo.

Sabélio usava a palavra “pessoa” para cada Pessoa da Trindade, mas para ele essa “pessoa” tinha o sentido de máscara ou manifestações diferentes de uma mesma Pessoa Divina. Na sua concepção o Pai, o Filho e o Espírito Santo são nomes de três estágios ou fases diferentes. Ele era Pai na criação e na promulgação da Lei; Filho na encarnação, Espírito Santo na regeneração. Essa doutrina foi combatida por Tertuliano em Contra Prãxeas, quando pela primeira vez este apologista usa o termo Trinitas (“Trindade”) para a Divindade:

“Todos são de um, por unidade de substância, embora ainda esteja oculto o mistério da dispensação que distribui a unidade em uma Trindade, colocando em sua ordem os três: Pai, Filho e Espírito Santo; três contudo,... não em substância, mas em forma, não em poder, mas em aparência, pois eles são de uma só substân­cia e de uma só essência e de um poder só, pois é de um só Deus que esses graus, formas e aspectos são reconhecidos com o nome de Pai, Filho e Espírito Santo.”


*Modalismo moderno

Restauração do modalismo. O sabelianismo ganhou espaço por mais ou menos cem anos em Roma, Ásia Menor, Síria e Egito. Em 263 A.D., Dionísio de Alexandria enfrentou o pró­prio Sabélio, derrotando o sabelianísmo. De­pois disso o cristianismo passou a repudiar o sabelianísmo, e o combate a essa heresia conti­nuou até que ela desapareceu completamente da história. Depois de muitos séculos, esse en­sinamento retornou das profundezas do Infer­no, por John G. Schepp, fundador da seita “Só Jesus”, em 1913. Temos no Instituto Cristão de Pesquisas (ICP) uma lista de mais de quinze seitas modalístas. Não é possível, aqui, um co­mentário sobre todas elas, mas apresentaremos apenas as principais:


*Só Jesus

Fundada por John 8. Schepp em 1913, ensi­na que o batismo salva, igual à doutrina da Congregação Cristã no Brasil, e deve ser realizado só em nome de Jesus. Seus adeptos não seguem a fórmula batismal de Mateus 28.19:

“Em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito San­to”. Essa seita provocou muitas divisões nas igre­jas evangélicas da época. Ela mesma depois se dividiu em várias facções, entre as quais a Igre­ja Pentecostal Unida do Brasil, presente em outros países, que também é modalista e batiza só em nome de Jesus. (Não confundir com a Igreja Unida.)


*Tabernáculo da Fé

Fundado por William Marrion Branham (1906-1965), chamado por seus adeptos de “o profeta do século e mensageiro do Apocalipse”, Willi­am Marrion Branham, como os demais fundadores de seitas, arroga para si a mesma autori­dade dos profetas e apóstolos da Bíblia e nega a doutrina bíblica da Trindade. Seus adeptos são modalistas, pois seguem o ensino de seu líder, e o batismo nas águas é realizado só em nome de Jesus.

18 comentários:

Anônimo disse...

V SB Q pai ,filho ,e esp, sao titulos e nao nome pois ning e reg c nome de p f ou esp? por isso e q fa c oSenhor mandou, e assim como a ig e fund nos apos e n prof ef 2:20;os apos t a reve Lc24:45;eu perg quantos bat de Mat 28:19;foram real na Bib? se ex as esc a luz do esp San v vai enten q JESUS E O VERD DEUS E VIDA ETENA 1Jo 5:20;

O Peregrino disse...

Eu pergunto, quem mandou batizar em Mateus 28:19?

Meu amigo, está faltando entendimento seu, Jesus jamais é o Pai, e muito menos o Pai é Jesus, que falta de raciocínio hein?
Parece que você não lê as cartas de Paulo onde o mesmo menciona Jesus como filho e não como Pai.

Por favor, melhore essa sua escrita.

Anônimo disse...

Eu não entendo como uma pessoa pode falar de algo sem ter conhecimento especifico sobre o mesmo.
Em Mt28:19 morfologicamente falando o sujeito da oração esta indeterminado, Sabe porque você não sabe qual é o nome porque Jesus não falou pra você, ele falou para os apóstolos (Mc4:10,11,12).
Outra coisa senhor sabe tudo, Jesus não só é Pai, Filho,Espirito Santo, mas ele é também: Deus,Cordeiro,Advogado,Raiz e a Geração de Davi, Alfa, ÔMEGA, Água da Vida,Aporta,O pão da vida,Aluz do mundo,Ressurreição e A vida, Ele é o Pai da Eternidade (Is 9:6)etc... Quer saber mais é só examinar as escrituras(Mt 22:29).

O Peregrino disse...

Eu não sou o senhor sabe tudo, nem o dono da verdade, mas posso garantir que a doutrina unicista é de demônios I Timóteo 4:1

O que falta em você é raciocínio, ou o seu ego é maior por estar dentro de uma Igreja unicista.

1) João 8.17,18: “Também na vossa lei está escrito que o testemunho de duas pessoas é verdadeiro. Eu testifico de mim mesmo, e o Pai que me enviou, também testifica de mim.”
Esse texto esmaga definitivamente a doutrina de WMB. Precisa escrever mais alguma coisa? Se o Pai e o Filho fossem apenas funções da mesma pessoa como haveria, segundo o uso que Cristo fez, duas testemunhas? Será que em um litígio judicial um homem por ser pai e filho poderia ser considerado duas testemunhas?

Anônimo disse...

Você é fraco em seus argumentos, suas fontes de referencias também não tem valor algum pois são todos idolatras,padres bispos, por que você também não pergunta pra um macumbeiro se a trindade é verdadeira pois ele também a credita nessa baboseira, e eles até se manifestam nos seus terreiros.A se Jesus abri-se os teus olhos pra você ver pra onde a trindade ta ti levando (Ap 16:13,14)

Anônimo disse...

Minha fonte é a bíblia sagrada escuta o que ela diz:Jesus disse: "Não sou eu só, porém, eu e aquele que me enviou. Também na vossa lei esta escrito que o testemunho de duas pessoas é verdadeiro. Eu testifico de mim mesmo, e o Pai, que me enviou, também testifica de mim" (Jo 8:16,18). Pouco antes desses versículo, Jesus havia dito:" Eu sou aluz do mundo" (vs12). Esta era uma firmação do seu papel messiânico (IS 9:2; 49:6). os fariseus replicaram "Tu das testemunho de ti mesmo, logo o teu testemunho não é verdadeiro, (João 8;13). Em resposta a sua acusação, Jesus explicou que ele não era o único a testemunha, que dois tavam testemunho de fato de que Ele era o messias, o Filho de Deus. As duas testemunhas eram o Pai (O Espirito divino), e o homem Jesus. Em outras palavras, tanto Deus Pai como o homem Jesus, podiam manifestar que o Pai estava manifestado em carne, em Jesus.(2Cor 5:19)e (Is 9:6)e (Mt 1:23). Jesus era tanto Deus como homem, e ambas as naturezas podiam testificar desse fato. Nenhuma separação de pessoas, na Divindade, era necessário para que tal ocorresse.Na verdade, se alquém entende que as duas testemunhas eram pessoas separadas de uma trindade, ele precisa explicar por que Jesus não disse que havia três testemunhas. A final de contas, alei exigia duas testemunhas, mas pedia três, se possível (Dt17:6: 19:15). Quando Jesus se referiu a seu Pai, os fariseus questionaram Jesus a respeito do Pai, sem duvida perguntando quando teria o Pai testemunhado a eles. Em vez de dizer que era outra pessoa na Divindade, Jesus indentificou-se como o Pai- o "Eu sou" do Antigo Testamento (Jo8:19;27) (Jo 14:9). Os dois testemunho viam do Espirito de Deus e do homem Cristo, e ambos testificam que Jesus era Deus manifestado em carne (1Jo5:20).Nos somos uma Igreja que só tem um marido (Ef5:25,26,27). A gora se você é de uma Igreja que tem três maridos eu ti digo sem medo de erra essa tua Igreja é uma PROSTITUTA (Ap 17:1,2). Cuidado se a mãe prostituta os que nascem dela é o que?. que Deus te abençoe!

O Peregrino disse...

E, entrando Jesus em Cafarnaum, chegou junto dele um centurião, rogando-lhe, e dizendo: Senhor, o meu criado jaz em casa, paralítico, e violentamente atormentado. E Jesus lhe disse: Eu irei, e lhe darei saúde. E o centurião, respondendo, disse: Senhor, não sou digno de que entres debaixo do meu telhado, mas dize somente uma palavra, e o meu criado há de sarar. Pois também eu sou homem sob autoridade, e tenho soldados às minhas ordens; e digo a este: Vai, e ele vai; e a outro: Vem, e ele vem; e ao meu criado: Faze isto, e ele o faz. E maravilhou-se Jesus, ouvindo isto, e disse aos que o seguiam: Em verdade vos digo que nem mesmo em Israel encontrei tanta fé. Mateus 8:5-10

Esse texto nos mostra com clareza que quem tem autoridade pode enviar e pode chamar de volta. Isso é algo que precisamos ter em mente e gravar bem no entendimento, porque veremos em textos específicos a seguir que YAOHUH UL enviou YAOHUSHUA, e veremos também que YAOHUSHUA enviou o RUKHA, o ha-Menaokhem (Consolador). Quem envia tem autoridade sobre o enviado, e é óbvio que ninguém envia a si próprio, o que é um absurdo descabido. Aquele que envia, o faz sempre em relação a alguém que não seja a si próprio, porque se eu tiver de enviar a mim mesmo eu não preciso enviar, mas apenas vou. Quem envia, envia alguém, uma outra pessoa ou um outro ser, e não a si mesmo.

O Peregrino disse...

Vejamos então alguns textos sobre Quem enviou Quem:

"Porquanto YAOHUH enviou o Seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por Ele". Jo. 3:17

"Disse-lhes YAOHUSHUA: A minha comida consiste em fazer a vontade dAquele que Me enviou e realizar a Sua obra". Jo.4:34

"a fim de que todos honrem o Filho do modo por que honram o Pai. Quem não honra o Filho não honra o Pai que O enviou". Jo. 5:23

"O Pai, que Me enviou, esse mesmo é que tem dado testemunho de Mim. Jamais tendes ouvido a Sua voz, nem visto a Sua forma". Jo. 5:37

"Replicou-lhes YAOHUSHUA: Se YAOHUH fosse, de fato, vosso pai, certamente, Me havíeis de amar; porque Eu vim de YAOHUH e aqui estou; pois não vim de Mim mesmo, mas Ele Me enviou". Jo. 8:42

"Quando, porém, vier o Consolador (RUKHA ha-Menaokhem ou RUKHA ULHIM), que Eu vos enviarei da parte do Pai, o RUKHA ha-EMET, que dEle procede, Esse dará testemunho de Mim". Jo. 15:26

O Peregrino disse...

É de especial importância notarmos alguns pontos nesses textos, que normalmente fogem aos olhares incautos de vocês unicistas:

a) YAOHUSHUA sempre afirmou que não falava por Si mesmo, mas que falava o que havia ouvido do Pai, YAOHUH. Aqui já percebemos, inequivocamente, DOIS SERES, porque um não fala de Si mesmo, mas fala apenas o que ouviu do Outro ser, no caso, YAOHUSHUA falando somente o que ouviu de YAOHUH UL, e não falando de Si mesmo. Isso envolve DOIS seres, obviamente.

b) O conceito de autoridade e hierarquia é novamente enfatizado por YAOHUSHUA quando Ele diz que "Em verdade, em verdade vos digo que o servo não é maior do que seu amo, nem o enviado, maior do que aquele que o enviou". YAOHUSHUA deixa claro que aquele que envia é maior (em autoridade) do que aquele que é enviado, conforme já havíamos destacado nas palavras do centurião romano que suplicou a YAOHUSHUA sobre a cura do seu servo. E o mais importante de tudo, para retermos em nossa mente e coração, é que para enviar é necessário que haja um que envia e um que é enviado. No mínimo DUAS PESSOAS, OU DOIS SERES, porque NINGUÉM SE ENVIA A SI MESMO.

c) YAOHUSHUA afirma que nos enviaria o RUKHA ha-Menaokhem, que não é senão o mesmo RUKHA ULHIM apresentado no segundo verso de Bereshiyt, o Consolador, o que evidencia que YAOHUSHUA tem autoridade sobre o RUKHA ULHIM para poder enviá-lO.

d) YAOHUSHUA afirma que se Ele não fosse, o RUKHA não viria, mas que Ele indo, Ele enviaria o RUKHA (o Consolador) a nós. E aqui, novamente nós vemos DOIS SERES, um que precisava ir (YAOHUSHUA) para então enviar o outro (RUKHA ULHIM ou RUKHA EMET ou RUKHA ha-Menaokhem). Note que o Nome é sempre o mesmo: "RUKHA", mas os títulos podem variar.

RUKHA ULHIM é o RUKHA SER ETERNO CRIADOR;
RUKHA ha-EMET é o RUKHA DA VERDADE; e
RUKHA ha-MENAOKHEM é o RUKHA CONSOLADOR.

Note que nomes próprios jamais podem ser traduzidos, mas os títulos podem, e é por isso que podemos evidenciar os títulos traduzidos, enquanto o Nome RUKHA permanece sempre inalterado, no original, e sempre se referindo ao mesmo Ser, porém com títulos distintos.

e) Vemos então, com muita clareza, YAOHUH enviando YAOHUSHUA, e vemos também YAOHUSHUA enviando o RUKHA. É óbvio, e somente os cegos não vêem, que ninguém envia a si próprio, e o de maior autoridade é sempre quem envia o de menor autoridade. Então, é impossível negar que TRÊS SERES ESPIRITUAIS ETERNOS são aqui mencionados: YAOHUH enviando YAOHUSHUA e YAOHUSHUA enviando o RUKHA. E é igualmente importante que saibamos que os Três compartilham dos mesmos atributos de oniciência, onipresença, onipotência, justiça, amor, retidão, sabedoria, tudo enfim, porque os Três são ULHIM, mas que decidiram entre Si posicionarem-Se em estrutura hierárquica, estrutura essa que é a estrutura do Reino de YAOHUH UL sobre todas as coisas.

O Peregrino disse...

Com esse pequeno texto em lide provado a luz da Palavra e não por intelecto, que Jesus não é o Pai, espero que cada unicista possa ler e colocar no coração a prova de que há 3 seres e não 1. Eu teria mais argumentos provando pela Palavra que o unicismo é uma FALÁCIA, mas vou ficar por aqui, quem aceitar que aceite, não sou o dono da verdade, mas a Bíblia é a verdade.

O Peregrino disse...

Quem subiu ao céu e desceu? Quem encerrou os ventos nos seus punhos? Quem amarrou as águas numa roupa? Quem estabeleceu todas as extremidades da terra? Qual é o seu nome? E qual é o nome de seu filho, se é que o sabes? Provérbios 30:4

Há como fugir desse texto? Está claro que há o Pai e há o Filho.

O Peregrino disse...

Tem um anônimo me atacando como se eu fosse um da Igreja Católica, o que não sou, mas isso é mania dos unicistas, não tem argumento bíblico, então vem com conversa fiada, mas veja este texto:


Pelo que sabemos, a crença ou suas formas iniciais (unicista) tiveram origem com o Padre
e Teólogo Sabélio no século III, que defendia esta tese. Para ele tanto o Pai, como o Filho e o Espírito santo, eram apenas modos pelos quais Deus se revelava ao seu povo, conforme os seus tempos e propósitos designados.
Sabélio teria sido influenciado por Noeto, um presbítero da igreja da Ásia Menor, nascido em Esmirna que viveu no segundo século EC, o qual, segundo a citação feita por Hipólito, teólogo Romano do terceiro século, que em sua obra Contra Noetum, menciona que Noeto teria afirmado...

Portanto Sr. Anônimo... sem comentários.

O Peregrino disse...

Como diz a irmã Mary Schultze, analfabeto bíblico, não tem argumento bíblico e vem com asneira.

Raimundo disse...

WILLIAM BRANHAM NUNCA FOI UNICISTA.

Ao amigo peregrino;

Em um primeiro momento eu tenho o dever de lhe informar que William Branham não era unicista, muitas pessoas por não conhecerem a fundo a mensagem de WMB acabam cometendo este equívoco.

Digo mais que, até mesmo pessoas, ditas “ seguidoras” de William Branham, acabam as vezes cometendo este engano, por isso eu não lhe culpo por este equívoco.

Veja nas próprias palavras de William Branham:

Perguntas e repostas sobre hebreus- 1º Parte. Tradução – GO

...”145 Agora, o ensinamento da unicidade da igreja da Unicidade, eu com certeza discordo dele, pensam que Jesus é um como seu dedo é um. Ele teve que ter um pai. Se ele não tivesse, como poderia ele ser o Seu próprio Pai? “

Penso que Branham aqui nesta citação, em lugar de 'Jesus' quis dizer que 'Deus' não é um como um dedo é um. Isso fica claro em outras citações por ex: Abraão Restaurado paragrafo 92-
"Você tem um lado do caminho aqui dizendo: “Deus é um como o seu dedo é um. Ele não pode ser o Seu próprio Pai.”

Quando o Dr George M. Lamsa, um grande erudito, tradutor da Bíblia Lamsa [ em inglês], visitou W Branham em sua residência [ ele cria que WMB era um profeta de Deus] ele perguntou se WMB era unicista agora veja a resposta:

ADOÇÃO - CONFRONTO DE EFÉSIOS COM JOSUÉ
TRADUÇÃO- GO

125...Eu disse, "Não, senhor. Eu não sou um unicista. Eu creio que Deus é o Deus Todo Poderoso, e os três atributos são simplesmente três ofícios nos quais o único Deus vivia".

William Branham falou diversas vezes que os unicistas estão errados ao dizerem que Deus é um como um dedo de uma pessoa é um. Ele também falou diversas vezes que Jesus não poderia ser o seu próprio pai.

W Branham não tomou partido nem com os unicistas nem com os trinitários.Ele foi muito influente entre os pentecostais, suas campanhas de curas e milagres eram patrocinadas tanto pelas denominações trinitárias como pelas unicitas veja em suas próprias palavras:

A Divindade Explicada- tradução ‘Voz de Deus’

83"...E as Assembléias de Deus são uma das minhas grandes patrocinadoras, internacionalmente. E a Quadrangular, a qual foi uma separação das Assembléias de Deus, é uma das minhas grandes patrocinadoras. Os unicistas, internacionalmente, são um dos meus grandes patrocinadores. Está vendo? E eu simplesmente tomei essa posição, somente deixando os gumes afiados, e então tomei uma posição, que eu não tomarei nem um nem outro lado dessa briga. Até que nós possamos ver que somos irmãos, e nos unamos, e logo nós - nós todos veremos ali esse ponto direto, ao qual nós estamos vindo, o motivo e objetivo de fazer isso.

A FASE PRESENTE DE MEU MINISTÉRIO Tradução - GO

“38... Eu nunca fiz proselitismo. Eu nunca disse: “Todos vocês trinitarianos sejam unicistas” ou “Todos vocês unicistas sejam trinitarianos.” Eu tenho plantado em seus próprios vasos. Exatamente. Eu fui aos trinitarianos, eu fui aos unicistas, eu fui a todos, e fiquei no meio deles e nunca juntei a nenhum deles; mas fiquei entre eles, sendo um irmão, exatamente o que a visão disse que fizesse. E tenho comido do fruto dos dois lados, salvação em ambos os lados.”

William Branham esteve entre os principais líderes pentecostais trinitários e unicistas [ eles eram bons amigos] ambos tentaram puxar W Branham para seus lados...mas Branham procurou um caminho intermediário.

A DIVINDADE EXPLICADA Tradução – “Voz de Deus” Branham diz:

124"...Agora, algumas pessoas têm dito: “Irmão Branham, o senhor é um Só Jesus”. Eu desejo dizer que isso é um erro. E não sou um Só Jesus.

Anônimo disse...

Esse peregrino anda msm sem conhecimento na palavra de deus tem tanto cursos conserteza de teologia coisa q nenhum dos apostolos de deus tinham eles tinham apenas revelacao da palavra de cristo , tanto estudo para nada apenas ha um deus a qual eh sobre todos os nomes senhor jesus cristo coisa de trindade so cm os catolicos temos apenas um marido q e o senhor jesus cristo . Eduardo ribeiro tabernaculo da fe

O Peregrino disse...

Meu amigo, acredito que quem anda sem conhecimento é você, primeiro; segue um falso profeta e por segundo, não conhece as escrituras, sabendo que Paulo era doutorado, Lucas um médico, Apolo outro sábio, entre outros a quem você parece que não conhece, acredito que não lê a Bíblia ou desconhece os apóstolos.
Com certeza eles receberam a revelação de Deus para escrever a Bíblia, porém tem gente que não lê a Bíblia e fica falando besteira; crendo em revelação extra bíblica.
Portanto senhor Eduardo, és presunçoso em julgar a quem você não conhece. Fale um pouco do artigo postado e deixa de falar besteira.

O Peregrino disse...

Estais preso em uma religião e desconhece a Bíblia, assim são os religiosos.

Cristiano Silva disse...

meu Deus só em pensar que essa brama chopp se diz profeta, e previu o advento , assim com Ellen . e Charles Tezzel Russel , pelo amor de Deus .vivem discordando enquanto só há dois mandamentos pra ser salvo , amar a Deus e seu próximo como a si mesmo , batismo, em aguas ceia dons nada disse preciso o foco é que Jesus morreu meus pecados levou .