domingo, 20 de setembro de 2009

Ex-adventista contesta crença adventista

Entrevista com o Apóstolo Paulo a um Judaizante, Sabatista e Legalista
Por Miguel Ângelo L. Maciel - ex-adventista

Caros irmãos, imaginemos um Sabatista/Legalista/Judaizante entrevistando o Apóstolo Paulo a respeito dos ensinos que procuram justificar o homem pelas obras, baseando as respostas no que o Apóstolo Paulo escreveu inspirado pelo Espírito Santo na Epístola aos Gálatas.

Entrevistador Sabatista/Judaizante/Legalista (empolgado): Amado Apóstolo Paulo, qual a sua opinião sobre as maravilhosas revelações dos profetas e visionários que surgiram no século XIX (Ellen White, Iran Edson, Guilherme Miller, etc)?

Apóstolo Paulo: Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho. (Gal 1:6)

Entrevistador S/J/L: Mas o senhor não acredita que todos eles oferecem uma "luz menor" que guia à "luz maior" que é a Bíblia?

Apóstolo Paulo: Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. (Gal 1:8)

Entrevistador S/J/L (com um sorriso amarelo): Mas o senhor não acredita que eles apenas estão ensinando detalhes que não são revelados na própria Bíblia?

Apóstolo Paulo: Assim como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema. (Gal 1:9)

Entrevistador S/J/L: err... mas o senhor não acredita que milhões de pessoas estão sendo "abençoadas" com os ensinamentos destes nossos profetas, além de todas as obras sociais e de ensino e ajuda humanitária? Não seria pecado questionar tudo isso?

Apóstolo Paulo: Porque, persuado eu agora a homens ou a Deus? ou procuro agradar a homens? Se estivesse ainda agradando aos homens, não seria servo de Cristo. (Gal 1:10)

Entrevistador S/J/L: Mas apóstolo, o senhor vai me desculpar, nós temos a revelação que o homem precisa, para servir a Deus, guardar o Sábado, abster-se de alimentos impuros, conforme a Lei.

Apóstolo Paulo: Todos aqueles, pois, que são da obras da lei estão debaixo da maldição; porque está escrito: Maldito aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las. (Gál 3:10)
[Obs: Os Sabatistas/Legalistas/Judaizantes se abstêm de guardar todo o conteúdo da lei, guardando apenas partes da lei. Alguns poucos exemplos são (não acender fogo no sábado, não guardar a páscoa e outros rituais e principalmente não aplicar as medidas punitivas que são descritas na lei concernente ao adultério, quebra do sábado e outros, que envolviam até morte por apedrejamento). Ora, se é pra guardar a lei, ou se guarda TODA ela ou não, incluindo as conseqüências descritas na mesma para quem é desobediente.]

Entrevistador S/J/L: Mas apóstolo, Deus não julgará todos aqueles que são obedientes e que, portanto serão aprovados por Jesus para que mereçam a salvação sendo justificados por obedecer os preceitos da lei?

Apóstolo Paulo: ...é evidente que pela lei ninguém será justificado diante de Deus... (Gal 3:11)

Entrevistador S/J/L: Mas como? Por quê?

Apóstolo Paulo: ..porque o justo viverá da fé. (Gal 3:11)

Entrevistador S/J/L: Mas apóstolo, o senhor está afirmando que Jesus não quer que guardemos os preceitos da Lei?

Apóstolo Paulo: Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro. (Gal 3:13)

Entrevistador S/J/L: Mas apóstolo, dessa forma o senhor não está destruindo um fundamento de salvação, isto é, a justificação pela lei, para todos aqueles que crêem no sacrifício de Cristo e na graça desta redenção?

Apóstolo Paulo: Não aniquilo a graça de Deus, porque se a justiça provém da lei, segue-se que Cristo morreu debalde.(Gal 2:21)

Entrevistador S/J/L: Mas ..mas..pra que então foi mostrada a Lei?

Apóstolo Paulo: ..para que é a lei? Foi ordenada por causa das transgressões, até que viesse a posteridade a quem a promessa tinha sido feita... (Gal 3:19)

Entrevistador S/J/L: Mas se é assim a lei, não vai de encontro ao que Deus falou e prometeu?

Apóstolo Paulo: Logo, a lei é contra as promessa de Deus? De nenhuma sorte; porque, se fosse dada um a lei que pudesse vivificar, a justiça na verdade, teria sido pela lei. (Gal 3:21)

Entrevistador S/J/L: Mas o que fez a escritura ao mostrar a lei, então?

Apóstolo Paulo: ... a Escritura encerrou tudo debaixo do pecado, para que a promessa pela fé em Jesus Cristo fosse dada aos crentes. (Gal 3:22)

Entrevistador S/J/L: Mas apóstolo, então, pra que serve a lei?

Apóstolo Paulo: ... a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fossemos justificados pela fé. (Gal 3:24)

Entrevistador S/J/L: Apóstolo, mas o que o senhor diria aos que guardam a lei? Não estão sendo sinceros para com Deus servindo-o melhor?

Apóstolo Paulo: Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei. Da Graça tendes caído. (Gal 5:4)

Entrevistador S/J/L: Mas estas pessoas não estão sendo o remanescente fiel e verdadeiro?

Apóstolo Paulo: Ó insensatos...quem vos fascinou para não obedecestes à verdade...(Gal 3:1)

Entrevistador S/J/L: Como então cumpriremos a lei?

Apóstolo Paulo: ...toda a lei se cumpre numa só palavra, nesta: Amarás ao teu próximo com a ti mesmo. (Gal 5:14)

Entrevistador S/J/L: O senhor está sendo muito duro.

Apóstolo Paulo: Fiz-me acaso vosso inimigo, dizendo a verdade? (Gal 4:16)

Amigo, você que é Sabatista/Legalista/Judaizante, leia a Palavra de Deus e verá que o Senhor Jesus não morreu em vão. Converta-se dos seus caminhos de arrogância e de tentar obedecer aos "rudimentos fracos e pobres" (Gal 4:9). Por mais que você tente ser obediente, responda-me com sinceridade: Se você morresse hoje qual seria o seu destino? Você tem certeza da salvação? Aceite então o Senhor Jesus como Único e Suficiente Salvador, e seja salvo.
"Porque pela graça sois salvos, por meida fé, e isto não vem de vós, é Dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie." Efésios 2:8 e 9.



*Miguel Ângelo L. Maciel é ex-Adventista, hoje um salvo pela Graça de Deus pelo Sacrifício do sangue derramado do Senhor Jesus Cristo na cruz do calvário.

Fonte: Desafio das Seitas nº32 -2004. Publicado com a autorização do Centro de Pesquisas Religiosas - CPR.

7 comentários:

Venâncio disse...

cada um é livre de escolher, pois Deus criou o homem com o poder de escolher e não como robots.

Venâncio disse...

Respostas aqui:

http://verdadedapalavra.blogspot.com/2009/10/o-sabado-e-lei-de-deus.html

http://verdadedapalavra.blogspot.com/2009/10/jesus-nao-aboliu-os-10-mandamentos.html

Anônimo disse...

O Que a Bíblia Diz

Grupo de estudos bíblicos de Garopaba sem denominação religiosa

Jornal 38 - Sofisma = Foi abolida a Lei de Deus?

Na edição anterior, foram apresentados textos que mostram a necessidade da guarda da Lei (mandamentos) de Deus. Nesta edição mostraremos que fomos alertados: “Porque as armas de nossa milícia não são carnais, e sim poderosas em Deus, para destruir fortalezas, anulando nós sofismas” 2Co 10:4. O que é um sofisma? - Sofisma é um raciocínio falso que se apresenta com aparência de verdadeiro. Nas denominações cristãs, em sua grande maioria, é pregado que a Lei de Deus foi abolida, que o evangelho e a graça são suficientes para a salvação. E para comprovação dessas “verdades” são apresentadas do Novo Testamento, as cartas de Paulo, aos Gálatas, aos Romanos, etc... Qual seria, então, a razão do Apostolo Paulo escrever de não haver necessidade de guardar a Lei? Estaria o Apostolo confuso? Na Carta aos Romanos está escrito – “Anulamos, pois, a Lei pela Fé? Não, de maneira nenhuma! Antes confirmamos a Lei.” (Rm 3:31) e “Por conseguinte a Lei é santa; e o mandamento, santo, e justo, e bom” (Rm 7:12). No livro de Apocalipse, o Senhor Jesus Cristo revelou ao Apostolo João no capítulo 2 versos 6 e 15, seguinte: “Tens, contudo a teu favor que odeias as obras dos nicolaítas, as quais eu também odeio” e “Outrossim, também tu tens os que da mesma forma sustentam a doutrina dos nicolaítas”. O que era a doutrina dos nicolaítas? O que pregava essa doutrina? Que já estava presente no cristianismo nos períodos das Igrejas de Éfeso e Pérgamo. Pregava que o Evangelho e a graça são suficientes para a salvação e que não era mais necessário guardar a Lei de em que um grupo de judeus, convertidos ao cristianismo estava pregando aos gálatas, que deveriam também ser circuncidados, conforme as ordenanças das Leis Cerimoniais e de Saúde que Moisés havia dado ao povo de Israel, durante o Êxodo (Ler o Livro de Levítico). No capítulo 5 de Gálatas esta situação é esclarecida. O Apostolo Paulo estava falando da Lei Cerimonial que apontava o Salvador que viria – O Cordeiro – e trazia ordenanças ao Adorador para fazer sua oferta para remissão dos pecados. Ordenanças essas abolidas na cruz pelo nosso Redentor (Cl 2:13 e 14). O Senhor Jesus Cristo, nosso Salvador disse: “não penseis que vim revogar a Lei e os Profetas, não vim para revogar vim para cumprir...”. (Mt 5:17-19)
Contatos: Email: gebgar@hotmail.com ou fones: (48) 99087376 e (48)99930174

O Peregrino disse...

Muito fraca essa sua tese, se queres guardar o sábado guarde-o, porém não venha impor para nós não judeus essa lei, acredito que os "supostos" guarda do sábado não guardam conforme diz a lei, mas quem sou eu para impor algo que não fere na salvação? Aliás, mostre-me na Bíblia que a não guarda do sábado vai me condenar.

Agora, por falar em sofisma, pra que maior sofisma do que a doutrina satânica do juízo investigativo? Eu hein?

nando disse...

cristo morreu por causa do pecado do homem,isto é um fato!
o pecado é transgressão da lei
isso é biblico(1º joão 3-4}
cristo morreu justamente por que esta lei é imutável pois se fosse possível mudar a lei se mudaria no Éden e não necessitaria de morte "eis que agora pode comer a arvore do conhecimento do bem e do mal eu retiro esta lei"pronto sem lei não há pecado. a lei moral foi escrita para determinar uma conduta a ser seguida diante do pecado a conduta crista (obediência aos princípios divinos)é que diferencia os cristão
quando convidamos um pecador a abandonar seus pecados estamos convidando a obedecer os mandamentos (não mataras,não adulteraras...)

Anônimo disse...

Está bem!! Guarde-o então!!!

Anônimo disse...

Irmão você disse a verdade... eu também era uma adventista e hoje não tenho religião alguma,mas acredito no Verdadeiro Deus. Mas permita-lhe corrigir para evitar dizer nomes como Senhor, Jesus. Algumas escrituras foram modificadas pelo homem Abaixo um link com o nome Verdadeiro do Pai e do Filho
http://youtu.be/h9258a8Nf0I?list=PLQRFNxm0ua-qE47s7O2R74pE4MvSPU6oR
http://youtu.be/unzUaXaoE1c