quinta-feira, 5 de março de 2009

A "Verdade" Verdadeira

As Testemunhas de Jeová reivindicam que somente elas tem e ensinam a "verdade". Elas afirmam que a mensagem delas são as boas novas (evangelho) da Bíblia. Porém, um estudo das escrituras aparte dos livros da STV (Sociedade Torre de Vigia) revelam uma mensagem bem diferente daquela da Bíblia. É incrível como lendo apenas a palavra de Deus você consegue perceber coisas que antes lhe passavam a vista. É evidente que a oração é um fator muito importante. É necessário que você peça a Deus do seu Espírito Santo para guia-lo na sua leitura, pois somente pelo Espírito de Deus é que se pode compreender "as coisas profundas de Deus" (1 Coríntios 2:10). Você pode encontrar isto principalmente na parte que trata do Novo Pacto que Deus tem com a humanidade (as Escrituras Gregas ou Novo Testamento). É o pacto que está em vigor agora para você. Portanto, antes de mais nada, para encontrar a "verdade", leia a palavra de Deus (2 Timóteo 3:16,17). E saiba que a "verdade" verdadeira é encontrada na pessoa de Jesus Cristo, e não em qualquer religião. Porque posso afirmar isto ? Veja o que Jesus diz em João 8:32 "Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará". Pois saiba que Jesus disse o que era a verdade, ou melhor, QUEM era a verdade. Veja João 14:6 "Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim". Nesta passagem, Jesus responde QUEM é a verdade "Eu sou...a verdade". A STV afirma que Jesus é o arcanjo Miguel. Eu gostaria que você olhasse um Power Point neste site, que mostra que este ponto de vista não é correto. No entanto, se a verdade é Cristo, podemos agora aprender mais sobre esta verdade e o que está envolvido em conhece-la.


JESUS É O SALVADOR

Nosso fracasso de obedecer a Deus --ser santo-- nos coloca no perigo da punição eterna (2 Tessalonicenses 1:9). A verdade é, nós não podemos obedece-Lo porque nós tanto não temos o desejo nem a habilidade para fazer isso. Nós somos por natureza rebeldes para com Deus. A Bíblia chama nossa rebelião de "pecado". As Testemunhas de Jeová ensinam que nós somos "imperfeitos" e temos que trabalhar para superar as qualidades ruins da nossa vida. De acordo com as Escrituras, todo o mundo é culpado de pecado: "...não há homem que não peque..." (1 Reis 8:46). "Pois todos pecaram e não atingem a glória de Deus" (Romanos 3:23). E nós somos incapazes de mudar nossa condição pecadora. Jeremias 13:23 diz, "pode o etíope mudar a sua pele, ou o leopardo as suas malhas? então podereis também vós fazer o bem, habituados que estais a fazer o mal".

Isso não significa que nós somos incapazes de executar atos de generosidade humana. Nós poderíamos até mesmo estar envolvidos em várias atividades humanitárias ou religiosas, inclusive ser um bom e ativo membro das Testemunhas de Jeová. Mas nós somos totalmente incapazes de compreender, amar, ou agradar a Deus ao nosso próprio modo. A Bíblia diz, "...Não há um justo, nem sequer um só; não há ninguém que tenha perspicácia, não há ninguém que busque a Deus. Todos se apartaram, todos eles juntos se tornaram inúteis; não há ninguém que faça benignidade, não há nem sequer um só" (Romanos 3:10-12).

A santidade e a justiça de Deus demanda que todo o pecado seja castigado com a morte: "A alma que pecar - ela é que morrerá" (Ezequiel 18:4). Isso é duro para nós entendermos, porque nós tendemos a avaliar o pecado em uma escala relativa, e assumimos que alguns pecados são menos sérios do que outros. Porém, a Bíblia ensina que todos os atos de pecado são o resultado de pensamentos pecaminosos e desejos malígnos. Por isso que, simplesmente por mudarmos nossos padrões de comportamento não poderemos resolver nosso problema com o pecado, ou eliminar suas conseqüências. Nós precisamos ser mudados interiormente, de forma que nossos pensamentos e desejos sejam santos. Mas você não consegue fazer isto, pois isto só pode ocorrer quando você é mudado pelo Espírito Santo de Deus. Pois, ele de fato habita em cada cristão, quando este aceita a Jesus como seu Salvador Pessoal (Vejam João 14:17-18, Gálatas 4:6, Romanos 8:9,10).

Jesus é o único que pode nos perdoar e nos transformar, nos livrando assim do poder e da penalidade de pecado: "E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, em que devamos ser salvos." (Atos 4:12).

Embora a justiça de Deus exija morte para o pecado, pelo Seu amor nos proveu um Salvador que pagou a penalidade e morreu pelos pecadores: "Cristo...morreu uma vez para sempre quanto aos pecados, um justo pelos injustos, a fim de conduzir-vos a Deus" (1 Pedro 3:18). A morte de Cristo satisfez as demandas da justiça de Deus e permitiu-Lhe perdoar e salvar aqueles que colocam a sua fé Nele (Romanos 3:26). João 3:16 diz, "Porque Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho unigênito, a fim de que todo aquele que nele exercer fé não seja destruido, mas tenha vida eterna". Apenas Ele é "nosso grande Deus e Salvador" (Tito 2:13).


JESUS É O ÚNICO OBJETO ACEITÁVEL DA FÉ SALVADORA

Algumas pessoas pensam que não importa no que você acredita, contanto que você seja sincero. Mas sem um objeto válido sua fé é inútil.

Se você tomar veneno-- pensando que é medicamento-- toda a fé no mundo não restabelecerá sua vida. Semelhantemente, se Jesus é a única fonte de salvação, e você está confiando em qualquer um ou qualquer outra coisa para sua salvação (por exemplo: uma organização religiosa), sua fé é inútil.

Muitas pessoas assumem há muitos caminhos a Deus e que cada religião representa um aspecto de verdade. Mas o Jesus disse, "eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim" (João 14:6). Ele não reivindicou ser um de muitos caminhos igualmente legítimos para Deus, ou o caminho para Deus apenas durante sua época. Ele afirmou ser o único caminho a Deus -- então e para sempre.


JESUS É SENHOR

O pensamento contemporâneo diz que o homem é o produto da evolução. Mas a Bíblia diz que nós fomos criados por um Deus pessoal para amar, servir, e desfrutarmos do Seu companheirismo infinito.

O Novo Testamento revela que foi o próprio Jesus que criou tudo (João 1:3; Colossenses 1:16). Então Ele também possui e rege tudo (Salmos 103:19). Isso significa que Ele tem autoridade sobre nossas vidas e nós devemos a Ele submissão absoluta, obediência, e adoração.

Romanos 10:9 diz, "Se declarares publicamente essa palavra na tua própria boca, que Jesus é o Senhor, e no teu coração exerceres fé, que Deus o levantou dentre os mortos, serás salvo". Confessar a Jesus como Senhor significa se submeter humildemente à autoridade dele (Filipenses 2:10-11). Acreditar que Deus O levantou dentre os mortos envolve confiar no fato histórico da ressurreição Dele --o pináculo de fé Cristã-- e o modo que o Pai afirmou a deidade e autoridade do Filho (Romanos 1:4; Atos 17:30-31).

A Verdadeira fé sempre é acompanhada do arrependimento dos pecados. Arrependimento é mais que simplesmente se sentir pesaroso do pecado. É concordar com Deus que você é pecador, confessando seus pecados a Ele, e fazendo uma escolha consciente de dar meia volta para o pecado e procurar a santidade (Isaias 55:7). Jesus disse, "Se me amardes, observareis os meus mandamentos" (João 14:15); e "Se permanecerdes na minha palavra, sois realmente meus discipulos" (João 8:31). Isto não significa que é você que vai fazer das tripas coração para fazer o que é correto, como muitas testemunhas as vezes fazem, mas o Espírito de Deus o mudará internamente (conforme você O pedir), de forma que não seja necessário um esforço fenomenal da sua parte para seguir os mandamentos de Deus.

Porém, não é o bastante crer em certos fatos a respeito de Cristo. Até mesmo Satanás e os demônios creem no verdadeiro Deus (Tiago 2:19), mas eles não O amam nem Lhe obedecem. A fé deles não é genuína. A verdadeira fé salvadora sempre responde em obediência (Efésios 2:10).

Jesus é o Soberano Senhor. Quando você O obedece você está reconhecendo o Seu Senhorio e está se submetendo à autoridade Dele. Isso não significa que sua obediência será sempre perfeita, mas essa será sua meta. Não há nenhuma área de sua vida que você possa se apartar Dele.


JESUS É O JUIZ

Todos aqueles que rejeitam a Jesus como seu Senhor e Salvador vai um dia estar em frente Dele como seu Juiz: "Porque ele (Deus) fixou um dia em que se propôs julgar em justiça a terra habitada, por meio dum homem a quem designou (Jesus), e ele tem fornecido garantia a todos os homens, visto que o ressucitou dentre os mortos" (Atos 17:31). Mas fique certo de que ele não é um juiz carrasco e ditador, que está sempre olhando para você para destrui-lo. Este juiz é muito amoroso, "Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado" (Hebreus 4:15)


COMO VOCÊ RESPONDERÁ?

Quem a Bíblia diz que é Jesus? O Deus vivente, o Santo, o Salvador, o único objeto válido da fé salvadora, o Senhor soberano, e o Juiz íntegro. É evidente que não estou aqui dizendo que ele é o Pai. Todos sabem que o Pai também é Deus e está hierarquicamente numa posição superior ao filho (João 14:28), mas deixar de reconhecer a divindade de Cristo, e achar que ele é o anjo Miguel seria de fato um grande erro. Confira o artigo logo abaixo e tire suas conclusões.

Portanto, quem você diz que é Jesus ? Isso é uma pergunta inevitável. Somente Ele o pode redimir --livra-lo do poder e da penalidade do pecado (a não uma organização religiosa). Somente Ele o pode transformar, através do Espírito Santo, e pode restabelecer sua relação com Deus, e dar-lhe um propósito eterno para sua vida. Ser uma Testemunha de Jeová não perdoará seus pecados, nem tão pouco o salvará. Apenas tendo fé na pessoa de Jesus Cristo é que irá fazer isso. Irá então se arrepender e crer em Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador ?

0 comentários: