sexta-feira, 4 de abril de 2008

Filmes Secular


ESTAREI POSTANDO VÁRIOS FILMES COM UM ROTEIRO FASCINANTE.




Bes Vakit / O Tempo e o Vento - Cinema Turco

Título Original: Bes Vakit
Direção: Reha Erdem
Roteiro: Reha Erdem
Gênero: Drama
Origem: Turquia
Ano De Lançamento: 2006
Música: Arvo Pärt
Fotografia: Florent Herry
Áudio: Turco
Duração: 111 Min
Cor

Sinopse:
Em um pequeno vilarejo do interior da Turquia, um grupo de crianças tenta sobreviver às dificuldades do cotidiano por meio da imaginação e da integração com a natureza suas estações do ano. Obra-prima do cinema turco (vencedora do Prêmio Especial do Júri no Festival de Roma/2006) dirigida com notória emoção por Reha Erdem. Remete a outro sucesso infanto-juvenil, o israelense "Exuberante Deserto".

Fateless/Sorstalanság, 2005
Um jovem húngaro vem da idade em Buchenwald durante a II Guerra Mundial. György Köves é 14, o filho de um comerciante que é enviado para um campo de trabalhos forçados. Após a partida de seu pai, György consegue um emprego em um brickyard; seu ônibus está parado e seus ocupantes judeus enviaram para campos. Lá, György encontrar camaradagem, sofrimento, crueldade, doença e morte. Ele ouve conselhos sobre como preservar a dignidade e a auto-estima. Ele descobre o ódio. Se ele sobreviver e retorna a Budapeste, o que ele vai encontrar? O que é natural; o que é ser judeu? Sépia, preto e branco e cor alternativo para sombrear o humor.
Em Budapeste, na Hungria, o adolescente judeu György Köves é retirado um ônibus enquanto vai trabalhar em um brickyard e enviado para Buchenwald. No campo de concentração, ele perde a sua inocência, fome, ódio, egoísmo, doença e morte, mas também amizade, simpatia e camaradagem entre os outros prisioneiros.

Trivia
Marcell Nagy cresceu 10 centímetros (4 polegadas) durante as filmagens.
O escritor de vencedor do prêmio de Nobel do livro “Fateless” visto o verdadeiro conjunto de fato da morte campo de Buchenwald e ele ficou chocado da mira. Ele deixou o conjunto em um curto espaço de tempo.
Com ele estimou orçamento de HUF 2,500,000,000 ($12.000.000) Esta é a mais cara produção húngara até à data.
A primeira foto húngara para ser filmado em formato Panavision.
Inesperadamente, a produção ficou sem dinheiro no meio e interrompida durante vários meses, a fim de encontrar novos investidores. Isso acabou trabalhando em seu favor, desde que o jovem ator Marcell Nagy estava atravessando a puberdade, e pelo tempo que eles reiniciado ele parecia fisicamente mais madura, mais alto e sua voz mais profunda. No momento, seu personagem entra e sobrevive os campos da morte ele parece anos mais velhos do que quando o filme começou, adicionando um elemento da realidade que caso contrário teria sido criado com compõem
Produções interrompida em fevereiro de 2004, quando um dos produtores deixou fotografar. As filmagens começaram em maio, com a ajuda do produtor ‘Andras Hamori’.
Kalvin Ter (o assunto das fotos na revista vida mostrado a Gyurka) é uma grande praça no centro da cidade de Budapeste. Foi nomeado após o francês reformador protestante João Calvino.
Existem cinco campos de concentração mencionados. Três são nomes bem conhecidos – Mauthausen, Auschwitz, Buchenwald. Ohrdurf (onde era a guarda da SS acusada de) foi tomada do Buchenwald trabalho e também era conhecido como o infame especial acampamento III. Zeitz “Wille” era um sub-camp de concentração de Buchenwald e foi erguida em Rehmsdorf e Gleina.
Esquecer-Me não Street é uma rua real em Budapeste a dois quarteirões da Estação de Oriente (Keleti Pajaudvar).
O Oktogon é a junção de duas ruas principais em Budapeste – Nagykörút (grande avenida) e Andrássy út – e é assim chamado por causa de sua forma octogonal. Há uma grande (metro) estação de Metro lá.
Quando ele estava doente, Gyorgy foi levada para uma tenda com a palavra “Revier” escrito por ele. Um revier na língua dos campos de concentração foi um mecanismo para detentos doentes. A palavra é abreviada do termo alemão, Krankenrevier (“sick bay”, “dispensário”). A maioria do pessoal médico na Revier foram presos em si e as condições em reviers variadas consideravelmente dependendo do tipo de campo

§  Categoria: Drama
§  Titre originais: Fateless
§  Ano: 2005
§  Diretor: Lajos Koltai
§  Atores: Marcell Nagy (I); Béla Dóra; Bálint Péntek
§  Duração: 140 min
§  País: Hungria; Alemanha; REINO UNIDO; Israel
§  Línguas: Húngaro; Alemão; Inglês; Yiddish; Hebraico; Polonês



Esperança e Glória (1987)

Sinopse: Na Londres devastada por bombardeios durante a Segunda Guerra Mundial, a família de Bill de nove anos, sofre as conseqüências do conflito. Enquanto seu pai luta contra os nazistas no front, sua mãe e suas irmãs vivem assustadas com os horrores e ruínas de uma cidade castigada pela guerra. Mas, não Bill… para ele, a guerra significa dias sem aula, descobertas em meio às ruínas e um festival noturno de fogos de artifício, assistidos do abrigo antiaéreo do quintal. Porém, ao final da guerra sua inocência também pode acabar.

Downloaddo Filme
Legenda


Eu Existo (Jestem)
 Ontem assisti um filme polonês lindíssimo. Jestem conta a história de um garoto de 11 anos que foge de um orfanato e volta para sua casa em busca da mãe. Ao chegar em sua antiga casa, briga com ela e foge para a rua. 
Não encontrando um lugar para ficar, começa a morar dentro de um "barco" abandonado, que fica próximo a residencia de uma família. Lá conhece a filha mais nova, que o ajudara a sobreviver a miséria na qual se encontra.
O filme pode parecer meio cansativo no inicio, mas vale a pena continuar pela sua beleza. Mérito também pra fotografia, que é maravilhosa.

Downloaddo Filme
Legenda



Mistério na Vila (Mørke) (2005)
 Sinopse: Ninguém deveria ter que morrer sozinho…. Para Jocab, a morte de sua irmã merece uma investigação mais de perto. Estranhas coincidências fazem-no acreditar que seu cunhado é, na verdade, um serial killer. A irmã de Jacob, que ficou incapacitada depois de uma tentativa de suicídio, se casou com um homem que ela conheceu pela internet e foi encontrada morta na noite de seu casamento. Depois de algum tempo, Jacob começou a desconfiar das circunstâncias desta morte e a investigação o leva à Vila de Murk, onde ele encontra o ex-cunhado prestes a se casar com uma mulher com as mesmas características de sua irmã. Seria esse homem um serial killer?

Downloaddo Filme
Legenda


O Caminho Para Casa 
 Sinopse
Luo Yusheng (Sun Honglei), um homem de negócios, retorna a sua aldeia natal no norte da China para o funeral de seu pai. Sua mãe insiste que o funeral siga a tradição local, com homens carregando o caixão, apesar do preço e da dificuldade em encontrar homens para o serviço. Enquanto observa sua mãe em luto, Yusheng começa a relembrar as histórias que ouviu sobre o romance de seus pais. Numa época em que os casamentos eram arranjados, eles viveram o primeiro “caso de amor” do vilarejo. Filme levou o prêmio especial do juri no Festival De Berlin – 2000.
Dados do Arquivo
Diretor: Zhang Yimou
Áudio: Mandarin
Legendas: Português
Duração: 89 min.

Downloaddo Filme 
Legenda


Paradise Now 
 Sinopse: Amigos de infância, os palestinos Khaled (Ali Suliman) e Said (Kais Nashef) são recrutados para realizar um atentado suicida em Tel Aviv. Depois de passar com suas famílias o que teoricamente seria a última noite de suas vidas, sem poder revelar a sua missão, eles são levados à fronteira. A operação não ocorre como o planejado e eles acabam se separando. Distantes um do outro, com bombas escondidas em seus corpos, Khaled e Said devem enfrentar seus destinos e defender suas convicções.
Titulo Original: Paradise Now
Gênero: Drama
Duração: 1h30min
Diretor: Hany Abu-Assad
Ano de Lançamento: 2005
Idioma: Legendado (Português)


Primavera, Verão, Outono, Inverno... e Primavera
Um garoto vive em um templo flutuante que fica sobre um belo lago. Lá também mora um velho mestre que lhe mostra os mandamentos do budismo. Anos depois, esse garoto, que agora é um rapaz, compartilha suas primeiras experiências sexuais com uma garota que vai ao templo para ser curada pelo velho mestre. A dupla de jovens resolve fugir, encarando pela primeira vez o mundo exterior. Depois que sua vida se torna um verdadeiro inferno, o jovem retorna ao templo à procura de cura espiritual.

Indicado a diversos prêmios, incluindo o Golden Satellite Awards na categoria Melhor Filme Estrangeiro.
Lançado internacionalmente com o nome Spring, Summer, Fall, Winter... and Spring.

Gênero: Drama
Direção: Kim Ki-duk
Roteiro: Ki-duk Kim
Elenco: Jae-kyeong Seo, Ki-duk Kim, Yeo-jin Ha, Yeong-su Oh, Young-min Kim
Produção: Karl Baumgartner, Seung-jae Lee
Fotografia: Dong-hyeon Baek
Duração: 103 min.
Ano: 2003
País: Alemanha / Coréia do Sul


Filhos do Paraíso (Children oh Heaven)
Difícil não se comover com uma história de privações, ainda mais quando tal história é protagonizada por crianças que perpassam por agruras e dissabores pra lá de Bagdá (ou melhor, Teerã) e ainda conseguem lidar com tudo isso com notável estoicismo. Essa é a tônica do belíssimo filme Filhos do Paraíso (Irã, 1997), indicado ao Oscar na categoria de Melhor Produção Estrangeira em 1999, concorrendo com Central do Brasil e A Vida é Bela.
Amor fraternal, generosidade, senso de responsabilidade são os motes da película, que usa um par de sapatinhos rotos e bem gastos como desencadeador de todo o enredo. Quando, por um golpe da fortuna, o garoto Ali perde os sapatos de sua irmã Zahra após se incumbir de levá-los ao sapateiro, a querela se impõe e o imberbe sugere que ambos utilizem seu próprio calçado em regime de revezamento para irem à escola. Como estudam em períodos diferentes no dia, o plano funciona relativamente bem, embora infortúnios no trajeto aconteçam e os sapatos se deteriorem cada vez mais. Quando descobrem o paradeiro dos sapatos perdidos e sua nova dona, o esforço moral os impede de reivindicá-los, mas  a sofrida peleja para conseguir um novo par de tênis para  a irmã continua e leva o pequeno Ali a se inscrever em uma maratona infantil, cujo prêmio para o terceiro colocado consistiria exatamente num jogo de tênis. As cenas da corrida são o ponto alto do filme, que ganha em dramaticidade e emoção. Sem dúvidas, uma obra-prima que merece não ser esquecida.

Downloaddo Filme
Legenda



O Despertar de Uma Paixão

Nome Original: The Painted Veil
Direção: John Curran
Lançamento: 2006
Duração: 125min
Legenda: Português

Sinopse: Década de 20. Walter Fane (Edward Norton) é um médico de classe média alta, que é casado com Kitty (Naomi Watts). Eles se casaram pelos motivos errados e logo se mudaram para Xangai, onde Kitty se apaixonou por outra pessoa. Quando descobre a infidelidade da esposa, Walter se vinga aceitando um emprego numa remota vila da China, que foi arruinada por uma epidemia de cólera. Kitty parte com ele, com a jornada e a estada no local servindo para mudar o significado do relacionamento existente entre eles.

Downloaddo Filme
Legenda


Sunshine - O Despertar de um Século
 Sinopse
3 Indicações para o Globo de Ouro, incluindo Melhor Filme .
O contemporâneo Ivan Sonnenschein narra a saga de três gerações de sua família judia-húngara, de 1828 até os dias de hoje, misturando ficção com cenas de documentários históricos. O tataravô produzia um tônico revigorante cuja receita é um segredo de família. Seu filho mais velho, Ignatz, apaixona-se pela própria irmã adotiva e provoca sérias discussões em família. Na ânsia de subir na carreira de advogado, ele troca o sobrenome. Fiel defensor do império austro-húngaro, acaba tendo problemas com o irmão Gustave, um revolucionário comunista. Adam, filho de Ignatz, não liga para a política. Ainda muito jovem, descobre seu talento para a esgrima e torna-se um atleta olímpico. Torna-se amante da esposa de seu irmão. Com a proximidade da II Guerra, os irmãos se convertem ao catolicismo. Adam ganha medalha de ouro nas Olimpíadas, mas quando a Alemanha invade a Hungria, nem mesmo sua reputação olímpica consegue evitar que ele e sua amante escapem dos horrores do Holocausto. Filho de Adam, Ivan, decepcionado com as promessas políticas dos comunistas de um mundo melhor, decide se arriscar e enfrenta o passado, tendo a coragem de descobrir algumas verdades sobre si mesmo.
Título no Brasil:  Sunshine - O Despertar de um Século
Título Original:  Sunshine
País de Origem:  Alemanha / Áustria / Canadá / Hungria
Gênero:  Romance
Tempo de Duração: 181 minutos
Ano de Lançamento:  1999

Download do Filme
Legenda






Holly

Holly, uma garota vietnamita de 12 anos, foi vendida por sua família pobre e contrabandeada através da fronteira do Camboja para trabalhar como prostituta no infame distrito K11. Enquanto Holly aguarda que sua preciosa virgindade seja vendida por um alto preço, encontra Patrick, um americano expatriado que perde dinheiro em jogos e amigos em brigas de bar. A estranha ligação entre eles é rompida quando Holly é vendida para um traficante de crianças e desaparece. Os esforços de Patrick para encontrá-la e a luta de Holly para fugir de seu destino os levam a uma jornada pelas bonitas e duras paisagens do Camboja. Holly não é apenas uma garota. Ela é a voz de milhões de crianças que são exploradas e violentadas em seus direitos todos os anos. O roteiro do filme é resultado de pesquisas realizadas pelo Projeto K11, criado para defender os direitos das crianças. Este é um dos últimos trabalhos completados pelo ator Chris Penn, irmão de Sean Penn, morto em janeiro de 2006.

Título Original: Holly
Gênero: Drama
Duração: 110 Minutos
Ano de Lançamento: 2006
Legendas: Português

Download do Filme + Legenda




Kiz Kardesim Mommo

Ahmet, de nove anos, e Ayse, sua irmã mais nova, são inseparáveis. Após a morte da mãe, seu pai casa com outra e vai embora, abandonando-os na casa do avô, Hasan. Embora dê todo o carinho aos netos, Hasan tem a saúde frágil e não consegue cuidar bem deles. Ahmet torna-se então mais do que um irmão para Ayse: é pai, mãe e ídolo. Sempre que ela fica com medo do bicho-papão, ele tenta acalmá-la. Mas, no fundo, Ahmet também é uma criança com seus próprios medos. Quando o vizinho sugere que Ayse vá trabalhar para uma rica família, cabe a Hasan intervir para manter os netos juntos.
Ficha Técnica:
Título Original: Kiz kardesim/Mommo
País de Origem: Turquia
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 94 minutos
Ano de Lançamento: 2009
Direção: Atalay Tasdiken








Efeitos Colaterais (Contergan) 

Tribunal Constitucional Federal dá sinal verde à exibição de ficção que retrata vítimas da talidomida nos anos 60. Decisão vai contra queixa do fabricante do medicamento, que tentava impedir veiculação do filme pela TV.

Em outubro de 1957, o laboratório Grünenthal lançava no mercado um sonífero e tranqüilizante aparentemente inofensivo: o medicamento Contergan, cuja principal substância ativa era a talidomida. A partir de 1959, ficou claro que a ingestão de um único comprimido por mulheres grávidas causava deformações congênitas. Milhares de crianças nasceram com lesões graves, principalmente nos braços e pernas.

Em 1961, o fabricante retirou o medicamento do mercado, mas apenas nove anos mais tarde, em 1970, depois de uma longa luta judicial, é que o laboratório viria a ressarcir as vítimas da talidomida. O escândalo em torno da talidomida e suas mais de cinco mil vítimas apenas dentro do país se tornariam o mais grave caso de danos causados por medicamentos na Alemanha do pós-guerra.

"Apenas um comprimido"

Hoje, décadas mais tarde, a emissora de televisão WDR, associada à produtora Zeitsprung, entre outras, criou uma série de ficção em dois episódios, baseada no escândalo em torno do Cotergan. O protagonista do filme é o então advogado das vítimas, que vai às ultimas conseqüências na luta pelo pagamento das indenizações. Tanto nos créditos iniciais quanto nos finais do filme, fica claro que Apenas um Comprimido – o nome da série – é um filme de ficção e não um documentário, embora seja baseado em fatos reais.

Mesmo através do esclarecimento de que "as pessoas que aparecem no filme, bem como suas ações e conflitos, foram livremente criados", a emissora foi, a princípio, impedida de veicular a série. Somente após idas e vindas do processo entre instâncias jurídicas é que o Tribunal Constitucional Federal anunciou, na última quarta-feira (05/09), que os episódios poderão ser exibidos.

Imagem arranhada

Os argumentos que justificam a sentença lembram que o filme é uma contribuição histórica acerca do escândalo em torno do medicamento e que, sendo um produto de ficção e não documental, não se pode dizer que a série contenha informações errôneas.

A decisão da Justiça contou não só com a rejeição do fabricante Grünenthal – que teme que sua "imagem seja arranhada" – bem como do então advogado das vítimas, insatisfeito com a insinuação de um romance envolvendo sua pessoa no filme.

Terminologia nazista

Acima de tudo, a série televisiva relembra uma Alemanha de 1961 que usava o adjetivo "disforme" para caracterizar os deficientes físicos, recorrendo ainda à terminologia comum do Terceiro Reich. "A Alemanha em delírio com o milagre econômico, onde um medicamento era liberado para o mercado após testes feitos apenas em animais", lembra o diário Die Welt.

A série deverá ir ao ar em outubro próximo, por ocasião dos 50 anos da trágica introdução da talidomida no mercado. Representantes da empresa Grünenthal, que possuem subsidiárias em 31 países do mundo, argumentam que o filme "mistura aleatoriamente realidade e ficção".
O produtor Michael Souvignier, por outro lado, elogia a decisão da Justiça, que acredita ter sido "um grande passo em prol das vítimas do Contergan e de todo o meio cinematográfico alemão".

Limites entre o real e a ficção

Ao reavivar o caso das vítimas da talidomida, o debate sobre a exibição ou não do filme se transformou no país numa discussão sobre os limites entre o real e a ficção em trabalhos que transitam entre os dois gêneros.
Numa primeira instância, um tribunal havia proibido a exibição do filme, sob o argumento de que "desvios da realidade histórica só são aceitáveis em casos excepcionais". No entanto, insistir nesta tecla teria aberto um precedente para impossibilitar qualquer adaptação de fundo histórico para o cinema.
Espectador consciente

Com a sentença que permite a exibição pela TV de Apenas um Comprimido, a Justiça optou pela vertente que aposta que a história, quando apresentada às próximas gerações, pode se tornar "mais palatável quando adornada pela ficção, perdendo, assim, o caráter de mero documento", comenta o diário Süddeutsche Zeitung.
Na opinião dos juízes que deram sinal verde ao filme, o espectador, diante de uma série fictícia, tem discernimento suficiente para distinguir o real da criação para a tela do cinema ou da TV. (sv)

Informações Técnicas
Título no Brasil: Efeitos Colaterais
Título Original: Contergan / Side Effects
País de Origem: Alemanha
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 177 minutos
Ano de Lançamento: 2007
Legenda Embutida




Mirror (Andrei Tarkovsky, 1975) 


O Espelho: um olhar para dentro...
É altamente recomendável a toda a gente entrar em contato com uma cultura estrangeira. A princípio a experiência parecerá estranha, já que temos o péssimo costume de julgar as outras culturas baseados na nossa própria, o que é um erro. Pois, a priori, não há modelo de sociedade.

Uma pergunta bastante frequente relacionada a artistas de toda parte, e Tarkovski não é uma exceção, é: Poderia um Tarkovski, um Machado de Assis, um Glauber Rocha, um Almodovar ser reconhecido como artista fora de sua pátria? Sua arte seria entendida fora do contexto de seu país? A resposta não é fácil, afinal a resposta envolve responder a uma pergunta muito difícil: O que é a arte? Como o objetivo aqui não é responder a essa pergunta, mas sim falar do filme "O Espelho" de Andrei Tarkovski, dou a resposta que me parece mais apropriada... Costumamos reconhecer como obra de arte, aquilo que uma vez composto pelo artista, deixa de ser patrimônio dele e de sua pátria e passa a ser universal. Assim é a obra de Tarkovski, um inovador dentro ou fora da Rússia, reconhecido mundialmente como um artista.
O filme "O Espelho" ou Zerkalo (зеркало), em russo, é o sexto de Tarkóvski (1974) e para entender a obra do russo é preciso citar sua famosa definição a despeito do sentido de seus filmes: "Você olha um relógio. Ele funciona, mostra as horas. Você tenta compreender como ele funciona e o desmonta. Ele não anda mais. E no entanto essa é a única maneira de compreender..."
Em outras palavras, seus filmes são sempre a desconstrução de alguma coisa, uma vez descontruida qualquer coisa, não há como voltar atrás, aquilo que se obtém da desconstrução é sempre um objeto que foi alguma coisa e que agora é outra, isso acontece quando se extrai o sentido.
A obra de Tarkovski é tão introspectiva e subjetiva que tentando explicá-la não há como não se ver de repente dentro de um abismo de explicações herméticas e subjetivas... Sendo assim, esse pequeno preâmbulo basta, podemos falar do filme...
"O Espelho" é certamente o filme mais autobiográfico do cineasta russo. Trata-se de uma viagem de retorno às memórias de Tarkóvski. Vemos na tela sua mãe, ele mesmo, seus arrependimentos em relação à vida que viveu, a difícil convivência com o filho após a separação da esposa.
Mas, mais que um filme autobiográfico, "O Espelho" é uma viagem ao universo místico russo. A Rússia é um país extremamente místico, religioso e diversas crenças caminham junto com a dominante igreja cristã ortodoxa russa. Um país que até o século XIX poderia ser chamado de feudal e que em 1917 era socialista. Lugar que é conhecido por ser metade Oriente e metade Ocidente. Levando em conta apenas essa característica, já dá para entender a mistura que é povo russo.
"O Espelho" se inicia com a cena de uma curandeira disposta a curar um menino de sua gagueira com uma espécie de hipnose, toda a cena parece mágica. Em seguida, temos muitas cenas da própria natureza, o vento soprando através das árvores e matagal. A natureza parece responder aos estímulos do homem, funcionando como o princípio de ação e reação. A natureza é vista como algo místico, como uma espécie de deus que mantém as coisas em perfeita harmonia.
O garoto Aleksei olha para sua mãe admirado, às vezes intrigado, sente-se completamente preso à imagem da mãe... Nas reminiscências do homem, a figura mostrada é a própria mãe de Tarkovski. Os poemas de seu pai Arseni Tarkovski são lidos no fechamento das cenas, como se fossem a explicação de um ciclo que se fecha...
A água está presente em todo o filme, um elemento essencial que é mostrado como alusão ao tempo... A água escorre incessantemente, o garoto olha para ela, mas não há como detê-la, ela respeita sua natureza, a de transcorrer ainda que o homem tente impedí-la. O sonho encantado do ser humano é ter mais tempo, sempre. Desde a Grécia e Roma Antiga há relatos do homem questionando a falta de tempo...
No filme, também temos o homem contemporâneo vendo o tempo passar sem ter tempo de apreender todas as coisas. A figura do pai, do garoto e das mães de ambos se misturam. O tempo é circular, mas nunca pára...
As influências tchekhovianas estão por toda parte, a monotonia é mostrada de maneira muito forte também ligada a questão do tempo. Porque apesar do tempo ser implacável, tudo parece sempre a mesma coisa, seja para o pai, para o filho. O filme pergunta: Por que não nos damos conta de que é tudo igual sempre? Por que cometemos os mesmos erros?
A câmera se aproxima tanto do rosto da mãe, figura central do filme, que de repente não sabemos mais de quem se trata. A mesma atriz interpreta a mãe do garoto Aleksei e a esposa, o filme segue em um vai e vém de presente e passado e em vários momentos há uma confusão: Quem é essa? Claro que a confusão é proposital para reafirmar mais uma vez a monotonia da vida, o ciclo que segue com tudo se repetindo... O garoto chega a pronunciar a frase: "Eu já vivi esse mesmo momento. Já estive aqui antes." Uma frase que pode ser lida como alusão ao Espiritismo de Kardec, como também como a conclusão de Tarkovski de que afinal tudo sempre retorna... Somos outros, mas talvez o tempo seja o mesmo sempre.
O título "O Espelho" significa a mirada do próprio autor para dentro de si, uma busca de si. A tentativa de entender a si mesmo, seu lugar no mundo como ser humano e como artista.

"Este filme é sobre as mães, sobre sua vida difícil, cheia de esperanças, desgraças e felicidades. É também sobre nossa infância e sobre a angústia que ela nos deixou." Andrei Tarkovski

Direção: Andrei Tarkovski
Roteiro: Andrei Tarkovski e Aleksandr Misharin
Título Original: Zerkalo
Origem: Rússia
Duração: 102 min
Idioma: Russo
Legendas: Português




Tartarugas podem Voar


O filme "Tartarugas Podem Voar“ (Lakposhtha Hâm Parvaz Mikonand) conta a história da triste realidade das crianças em uma aldeia de curdos no Iraque, pouco antes do genocídio americano em 2003, chefiado pelo governo ditatorial de George W. Bush.
Esse massacre perdura até hoje, e seu trágico saldo é de cerca de 600.000 mortos, dentre os quais 30% são civis.
O filme aborda ainda vários outros temas: trabalho infantil, suicídio, infanticídio, minas terrestres mutilantes, falácia da “guerra pela paz”, estupro, poder da informação, e até premonição.
São temas espinhosos, é verdade, como espinhosa é a vida: é um Reality Show real demais e nada espetacular, que preferimos não ver, ou que a mídia “corporatocrática” prefere ocultar ou mostrar de forma caricatural e descolada das implicações sócio-históricas.

O filme cita, mas não se detém em detalhes sobre a etnia dos Curdos. Vale lembrar que esse povo reivindica uma área (Curdistão) ocupada hoje pela Turquia, Síria, Iraque, Irã e Armênia. Na década de 80, durante a guerra Irã-Iraque, o governo ditatorial iraquiano assassinou entre 50 e 100 mil curdos. No filme, a aldeia curda acredita que a derrota de Sadan pelos exércitos estadunidenses porá fim à perseguição iraquiana.
FICHA TÉCNICA
Diretor: Bahman Ghobadi
Elenco: Avaz Latif, Soran Ebrahim, Saddam Hossein Feysal, Hiresh Feysal Rahman.
Produção: Babk Amini, Hamid Ghavami, Bahman Ghobadi
Roteiro: Bahman Ghobadi
Fotografia: Shahram Assadi
Trilha Sonora: Hossein Alizadeh
Duração: 98 min.
Ano: 2004
País: Irã/ Iraque
Gênero: Drama
Legendas: Português





Tempo de Embebedar Cavalos


Em uma remota vila curda na fronteira entre o Iraque e o Irã vivem cinco crianças órfãs de mãe, responsabilizadas pela perda da mula de um contrabandista. Ayoub (Ayoub Ahmadi) e sua jovem irmã Ameneh (Amaneh Ekhtiar-dini) trabalham em um bazar, a fim de juntarem dinheiro para pagar a mula perdida, ao mesmo tempo que precisam cuidar de Madi, o irmão caçula, que sofre de uma grave doença. Quando o pai deles morre, Ayoub precisa cuidar da família, apesar de sua idade. Ele então se une aos contrabandistas, carregando pesadas cargas pelas montanhas até o Iraque e enfrentando a constante ameaça das minas e emboscadas. Mas quando a saúde de Madi piora, a única solução uma operação no Iraque, a qual Ayoub não tem condições de pagar. Uma possível solução surge quando a irmã mais velha das crianças, Rojin (Rojin Younessi) arruma um casamento arranjado no Iraque, com seu futuro marido se comprometendo a pagar a operação de seu irmão.


Diretor: Bahman Ghobadi
Áudio: iraniano
Legendas: Português
Duração: 80 min.

 




A Cor do Paraíso


Este é um dos mais bonitos e emocionantes filmes dos últimos tempos. Uma produção iraniana que recebeu muitos prêmios mundo afora. A Cor do Paraíso narra a comovente história de Mohammad, um menino cego que mora numa escola para deficientes visuais e que, nas férias, volta para seu vilarejo nas montanhas, onde convive com as irmãs e sua adorada avó. O pai, que é viúvo, se prepara para casar novamente. Mohammad é um garoto muito vivo, que tem uma enorme sensibilidade. Seu jeito simples de "ver o mundo" é uma lição de vida.
Dirigido por Majid Majidi, o mesmo do consagrado Filhos do Paraíso.

Realizador: Majid Majidi
Género: Drama
Ano: 1999 (Irã)
Duração: 90 min.
V.O. em persa com legendas português.




Tulpan

Depois de prestar serviço militar na Marinha, o jovem Asa (Askhat Kuchinchirekov) volta às estepes do Cazaquistão, onde sua irmã e o marido pastor vivem como nômades. Entusiasmado, Asa quer começar vida nova e se tornar ele também um pastor. Mas, para isso, precisa primeiro se casar. E a única candidata possível é Tulpan, filha de outra família de pastores. Mas ela não gosta do rapaz porque acha suas orelhas grandes demais. Mesmo desapontado, Asa não desiste e continua sonhando com uma vida que talvez não seja possível naquele lugar.

Diretor: Sergey Dvortsevoy
Elenco: Askhat Kuchinchirekov, Samal Yeslyamova, Ondasyn Besikbasov, Tulepbergen Baisakalov, Bereke Turganbayev
Produção: Karl Baumgartner
Roteiro: Sergey Dvortsevoy, Gennady Ostrovsky
Fotografia: Jola Dylewska
Duração: 100 min.
Ano: 2008
País: Cazaquistão/ Alemanha/ Suíça/ Rússia/ Polônia
Gênero: Comédia Dramática
Legendas: Português






Retorno a Hansala


Quando um barco com imigrantes africanos afunda na costa espanhola de Algeciras, dezessete corpos são encontrados. Martín, diretor de uma casa funerária local, é chamado para recolher os mortos, e repara que um deles guarda consigo o número de um telefone. O número pertence a Leila, marroquina que trabalha em Málaga. Tomada de culpa por ter incentivado o irmão a fugir para a Espanha, ela convence Martín, através de uma boa soma em dinheiro, a ajudá-la a repatriar o corpo do falecido. Juntos, os dois partem numa jornada em direção a Hansala, onde Leila terá de enfrentar sua família.

DADOS DO ARQUIVO
Diretor: Chus Gutiérrez
Legendas: Português (Embutida)
Duração: 95 min.
Download do Filme  + Legenda





Terra do Silêncio e da Escuridão


«Quando ainda era criança, e podia ver e ouvir, assisti a saltos de esqui, e essa imagem vem-me sempre ao pensamento. Quando esses homens pairavam no ar, eu olhava atentamente as suas faces. Gostaria que você também as pudesse ver». Com estas palavras de Fini Straubinger inicia-se Terra do Silêncio e da Escuridão. Desta feita a sua atenção para o mundo dos cegos e dos surdos.
O filme acompanha Fini Straubinger, de 56 anos, que aos 16 perdeu a vista e dois anos mais tarde ficou completamente surda. Primeiramente é a sua existência quotidiana e a de várias outras pessoas em situação idêntica. Depois traça-se rapidamente a evolução da sua doença, a queda na escada, os sintomas sempre crescente da perda das suas faculdades, um longo período de desânimo e inação que, mais tarde, vem a ser superado. Fini Strauberg consegue triunfar das condições adversas em que vivia, ultrapassando a dificuldade de comunicação, o isolamento, a descrença. Vive agora na Baviera, trabalha como visitadora de outros seus semelhantes, lutando para que cada um possa ver melhorada a sua situação.
Através das deambulações de Fini Straubinger, vamos encontrando vários casos de pessoas desfavoravelmente integradas na sociedade: Elsie Faher, surda e cega, a quem colocaram numa clínica psiquiátrica, embora como é óbvio o seu lugar não devesse ser ali; a jovem Harald, surdo e cego de nascença, internado num hospital especializado, que beneficia do emprego de todas as modernas técnicas no sentido de impedir o progressivo isolamento; isolamento esse bem documentado no caso seguinte, de Wladimir, de 22 anos, incapaz de comunicação com qualquer outra pessoa, vítima da ignorância familiar, das atitudes de "tabu" e de "vergonha" geralmente sentidas em relação aos diminuídos. Finalmente, Heirich Fleischmann, o homem abandonado pelos outros homens e inteiramente dedicado às plantas e aos animais.
Sobre a cegueira e a surdez poderia realizar-se um filme que fosse um "documentário"; ou uma "história", mais ou menos "exemplar" que cedo cairia no melodrama; poderia olhar-se essa outra minoria humana com desinteresse ou especular com a emoção fácil do público. Poderia escolher-se a adesão primária, instantânea. Herzog optou pela simplicidade de um olhar atento que, sendo documental, ultrapassa a neutralidade impossível do “documento”.
De novo no filmografia de Herzog o estudo de um estado de incomunicação, isolamento, solidão. O pessimismo frente à condição humana? Eis a revelação da Terra do Silêncio e do Escuridão. Sendo, aparentemente, o filme que mais facilmente poderia cair num pessimismo radical, é, de entre todos os assinados por Herzog, aquele que maiores perspectivas abre para o exterior. Porque não se trata de um filme fechado sobre o círculo da incomunicabilidade, mas é, fundamentalmente, um filme dedicado àqueles que conseguem ultrapassar esses limites, na pessoa de Fini Straubinfer, no seu exemplo, na sua vontade.
«Sempre me sobressalto quando me tocam», revela Fini. E mais adiante: «A sua mão afasta-se da minha e é como se estivessemos mil quilómetros distantes um do outro». De olhos e ouvidos fechados para o mundo «se agora rebentasse a guerra, eu não o notaria», cegos e surdos reinventam o poder de dar as mãos. Por isso Herzog chamou ao seu belo filme "uma monografia sobre as mãos de uma cega-surda", esse cordão que dela se estende para os outros, em fraternal solidariedade.
Continuando a explorar uma escrita de grande concisão (planos longos, movimentos raros e lentos, um ritmo de montagem necessariamente pausado, usufruindo de uma respiração suspensa sobre o olhar essencial), Terra de Silêncio e da Escuridão, é uma contribuição notável para o conhecimento dessas minorias marginalizadas por "tabus" absurdos. Conhecimento que se impõe pelo respeito à pessoa humana, nunca como suporte de piedosas intenções. O mesmo espírito que se sentirá ter presidido à rodagem da obra.







As Montanhas da Lua 



As Montanhas da Lua descreve a expedição levada a cabo em 1854 por Richard Burton e John Hanning Speke em busca da nascente do Nilo. Burton é um explorador polifacetado, culto e dinâmico. Fala mais de 40 idiomas e é também poeta e antropólogo. Speke, mais jovem, é um aventureiro. O seu sonho é viajar para África para explorar terra desconhecidas. nas suas biografias e nos artigos escritos pelos dois exploradores ingleses, As Montanhas da Lua é uma aventura de descobrimentos, amizade, ambição, traição e arrependimento
Mountains of the Moon, EUA, 1990)
Gênero: Aventura
Duraçã o: 136 min.






Montanha de Abandono


Jin, uma criança esperta de seis anos, vive com a mãe e irmã, Bin, em um apartamento apertado em Seul. Quando a mãe decide procurar o pai afastado, Jin e Bin são forçadas a ficar com a tia em uma cidade pequena durante o verão. Quando a tia perde a casa, as meninas ainda são levadas para a fazenda dos avós. Em uma jornada de abandono, as duas irmãs se unem e aprendem a importância dos vínculos familiares.


Título Original: Treeless Mountain
País de Origem: EUA | Coréia do Sul
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 89 minutos
Ano de Lançamento: 2009
Direção: So Yong Kim
Legendas: Português







O Novo Mundo



No início do século XVII poucas mudanças haviam ocorrido na América do Norte. Apesar de ter sido descoberto em 1492, o continente continuava sendo uma grande área de mata primitiva, aparentemente interminável, habitada por várias tribos indígenas. Em abril de 1607 três pequenas naus, carregando 103 homens, partem da Inglaterra para este mundo pouco conhecido, com o objetivo de estabelecer nele raízes culturais, religiosas e econômicas. No navio Susan Constant, o principal da frota, está John Smith (Colin Farrell), um homem de 27 anos que foi condenado à forca por insubordinação e está agora acorrentado abaixo do convés. Quando o navio aporta John é libertado pelo capitão Christopher Newport (Christopher Plummer), que considera que seus talentos possam ser úteis para que a tripulação sobreviva neste mundo desconhecido. Os navios ingleses aportam, sem saber, em meio a um império indígena sofisticado, que é governado por Powhatan (August Schellenberg). Os ingleses enfrentam dificuldades para se adaptar a este novo mundo, o que faz com que John busque ajuda junto aos homens locais da tribo. É quando ele encontra uma jovem impulsiva e voluntariosa, apelidada pela família e amigos de Pocahontas (Q'Orianka Kilcher), que é também a filha preferida de Powhatan. Em pouco tempo surge a paixão entre John Smith e Pocahontas, o que faz com que eles tenham que enfrentar a resistência de ambos os lados.

Título no Brasil: O Novo Mundo
Título Original: The New World
País de Origem: EUA
Gênero: Aventura
Tempo de Duração: 135 minutos
Dublado




A Noiva Siria (The Syrian Bride)



Na fronteira entre Israel e Síria, onde habita uma comunidade drusa. É onde acontece a preparação do casamento de uma jovem drusa com um astro de tevê, também druso - mas morador do lado Sírio. A noiva tem de passar de um lado para o outro, mas a burocracia kafkiana de cada lado transforma o casamento em uma festa do absurdo.

Título no Brasil: A Noiva Síria
Título Original: The Syrian Bride
País de Origem: França / Alemanha / Israel
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 97 minutos
Ano de Lançamento: 2004
Legendas: Português








Maria Larssons Eviga Ogonblick



Momentos Eternos de Maria Larsson (Maria Larssons eviga ögonblick / Everlasting Moments)

Na Suécia do início do século 20, numa era de mudança social e pobreza, a jovem operária Maria Larsson ganha uma câmera fotográfica na loteria. A lente da câmera permite a Maria ver um mundo diferente, sob uma nova perspectiva. É como se ela tivessa ganhado novos olhos. Mas o objeto também se torna uma verdadeira ameaça para ela, uma vez que o alcoólatra, mulherengo e abusivo marido sente-se enciumado. Sobretudo quando ele descobre que um jovem e atraente fotógrafo chamado Pedersen está se aproximando de sua esposa.

Elenco
Maria Heiskanen ... Maria Larsson
Mikael Persbrandt ... Sigfrid Larsson
Jesper Christensen ... Sebastian Pedersen
Callin Öhrvall ... Maja Larsson (age 15-22)
Nellie Almgren ... Maja Larsson (age 8-10)
Birte Heribertsson ... Maja Larsson (narration) / Aunt Tora
Ghita Nørby ... Miss Fagerdal

Ficha Técnica
Título no Brasil: Momentos Eternos de Maria Larsson
Título Original: Maria Larssons eviga ögonblick / Everlasting Moments
País de Origem: Suécia, Dinamarca, Noruega, Finlândia, Alemanha
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 131 minutos
Ano de Lançamento: 2008
Direção: Jan Troell
Legendado



0 comentários: