quarta-feira, 24 de abril de 2013

Graça ou Lei?

David Lima
A Paz de Jesus!
Só queria que o autor deste blog me explicasse o texto já citado aqui que diz que quem é ouvinte não é justificado, mas quem é Praticante da Lei! A Bíblia é simples de ser entendida, não precisamos complicá-las, até pq a maioria das pessoas são simples! portanto as principais coisas que as pessoas precisam entender da Bíblia são simples. Esse verso que citei é mais claro do que o Sol, portando acredito que precisamos sim guardar a Lei, por Amor a Cristo, e não para nos salvar.

A Paz a todos.

Desafio Cristão [Hélio S.Júnior]
Bom Dia David,
Paulo escreveu o livro de Romanos com um tema em mente. Ele também escreveu Gálatas com um tema em mente.

Romanos diz que o homem é justificado pela fé; Gálatas diz que o homem não é justificado pelas obras.
Romanos fala do lado positivo; Gálatas fala do lado negativo. Romanos declara positivamente como o homem é justificado; Gálatas argumenta, do lado negativo, como ser justificado e como não ser justificado.
Portanto, os dois livros, Romanos e Gálatas, complementam-se. O tema desses livros é estritamente a justificação. Eles tratam especificamente do problema da justificação. Um trata do problema do lado positivo; o outro, do lado negativo.
Por favor, leia esse dois livros antes de comentar sobre Justificação através da guarda da Lei como fez o Kayo...

Hélio S. Júnior

David Lima
Olha, só acho um tanto controverso a Bíblia dizer em um livro que a Lei tem que ser guardada, como é muito claro em muitos versos e em outro dizer que tem que ser guardada. Vcs tentam justificar algo injustificável. Só acho que se há um lugar que diz que devemos guardar, e em outro dizendo "aparentemente" que não precisamos, prefiro ficar com o guardar, pois o que acontecerá se quando Cristo voltar disser que teria que guardar sim, o que vc dirá a Ele? Se caso vc já tiver sido fiel à sua Lei por amor a Ele desde aqui, nao precisará se preocupar com mais nada! Pense nisso meu irmão.
Desafio Cristão [Hélio S.Júnior]
Olá, David,

Essa controvérsia ocorre porque Adventistas dividem a Antiga Aliança em duas leis.
Sempre haverá confusão ao misturamos a Antiga Aliança com a Nova Aliança.
Sempre haverá confusão ao misturamos Lei e Graça.
Sempre haverá confusão ao misturamos Sombras com a Realidade.
Lei e Graça são sim “rivais”, opostos. Ou você está debaixo de um ou está debaixo do outro.

Que é graça? Graça nada mais é que a grande obra de Deus realizada gratuitamente em Seu amor incondicional e ilimitado em favor do homem desamparado, indigno e pecador. A graça de Deus é simplesmente Deus trabalhando para o homem.
Como isso se diferencia da lei? A lei é Deus exigindo que o homem trabalhe para Ele, enquanto a graça é Deus trabalhando para o homem. 
Que é a lei? A lei é a exigência de Deus para que o homem faça algo para Ele.

Que é obra?
 Obra é o esforço do homem para fazer algo para Deus.
Que é graça? Graça nem é Deus exigindo algo nem é Deus recebendo a obra do homem, mas graça é Deus fazendo a Sua própria obra. Quando Deus vem para fazer algo pelo homem e a favor do homem, isso é graça. 
A ênfase no Novo Testamento não está no princípio da lei. Na verdade, o Novo Testamento opõe-se ao princípio da lei, pois a lei e a graça jamais podem misturar-se. É Deus quem está trabalhando ou é o homem? Deus está dando algo para o homem ou está pedindo algo do homem? 
Se Deus estiver pedindo algo do homem, nós ainda estamos na era da lei. Contudo, se Deus estiver dando algo para o homem, estamos na era da graça. Você não iria à casa de alguém dar-lhe dinheiro se houvesse ido lá para pedir dinheiro. 
Semelhantemente, lei e graça são princípios opostos; elas não podem ser colocadas juntas. Se é para o homem receber graça, ele deve colocar a lei de lado. Por outro lado, se ele seguir a lei, cairá da graça. 
Ou você está debaixo da Lei ou debaixo da Graça. (Romanos 6:14) Ou você fica com a Hagar do Monte Sinai (Decálogo, Antiga Aliança) ou com Sara e a promessa (Nova Aliança). (Gálatas 4) Ou você está casado com a Lei ou morre e faz parte da Noiva de Cristo. (Romanos 7). Ou está sob a maldição da Antiga Aliança ou das bênçãos da Nova Aliança e Cristo Jesus. (Gálatas 3:10)
Graça e Paz!

Hélio S. Júnior
David Lima
O problema é que vcs acreditam que os dois (Lei e Graça) não podem viver em harmonia, se vc não pensasse dessa maneira, poderia entender melhor!
Repito, se há partes que dizem que temos que guardar (como está mais claro do que o Sol isso em muitas passagens, e só não enxerga quem não quer)e outras que aparentemente dizem que não precisamos mais guardar, ainda prefiro ficar com o Amar e guardar, pois quando Cristo voltar não terá pena dos que não guardaram e no fundo sabiam!

A Paz.

Desafio Cristão [Hélio S.Júnior]
Irmão David, Paz!
Existe uma tendência no homem para confundir os princípios da lei com graça, de sorte que nem a lei nem a graça podem ser perfeitamente compreendidas. 
A lei é despojada da sua austera e inflexível majestade, e a graça é privada de todos os seus atrativos divinos.
A lei mostra-nos o que o homem deveria ser; enquanto que a graça demonstra o que Deus é.

Como poderão, pois, ser unidas num mesmo sistema? Como poderia o pecador ser salvo por meio de um sistema formado em parte pela lei e em parte pela graça? Impossível: ele tem de ser salvo por uma ou por outra.
Na lei Deus declara o que o homem deveria ser, e pronuncia a maldição sobre ele se o não for. Ora quando o homem se examine à luz da lei descobre que é precisamente aquilo que a lei condena. Como poderá ele, portanto, obter a vida por meio da lei?

A lei propõe a vida e a justiça como os fins a alcançar, guardando-a; mas mostra-nos, desde o primeiro momento, que nos encontramos num estado de morte e iniquidade. Precisamos desde o primeiro momento das mesmíssimas coisas que a lei propõe alcançar-nos no fim. 

Veja bem David, vou tentar ser mais claro pois você faz parecer que dizemos que não devemos obedecer a Deus e guardar seus mandamentos. Não é isso, você entendeu errado ou talvez eu não soube me explicar... 

Existe uma Aliança cujo contrato do pacto foi gravado em tabuas de pedra, também chamada de "Lei", que exige a obediência perfeita. E amaldiçoa a todo aquele que não é perfeito. Essa é a Lei.

"Moisés ficou ali com o Senhor quarenta dias e quarenta noites, sem comer pão e sem beber água. E escreveu nas tábuas as palavras da aliança: os Dez Mandamentos." Êxodo 34:28

"Ele lhes anunciou a sua aliança, os Dez Mandamentos. E escreveu-os sobre duas tábuas de pedra e ordenou que os cumprissem." Deuteronômio 4:13

Responda rápido, do que a Bíblia chama os Dez mandamentos, Lei moral ou outra coisa?

Como sinal dessa Aliança, as pessoas teriam que guardar o Sábado. Mostrando assim que estavam debaixo da Aliança da Lei. 
Detalhe, toda sinal de aliança dado aos homens cumprirem é cerimonial e não moral (A Adão sacrifícios de animais, A Abraão a circuncisão, a Moisés o Sábado, e Cristo nos deu duas ordenanças.

Esse sinais progressivos dados a Adão Abraão e Moisés, são sombras que tipificam a obra de Cristo. (morte, novo nascimento, céu/paraíso).

Resumo da Aliança dos Dez Mandamentos:

Promessa: Se guardar todos os mandamentos sem tropeçar em nenhum ponto obterá vida, caso contrário maldição e morte.
Condição dessa aliança eram guardar todos os mandamentos/aliança de obras.

O Sinal dessa aliança era o Sábado.

Cristo veio nos deu uma Nova Aliança também conhecido como dispensação da graça.
Prometendo vida eterna a todo aquele que Nele crer/ sem as obras da lei.
A condição dessa aliança é a Fé.
Com um novo sinal a Ceia do Senhor/ Ceia Dominical.
O Antigo sinal dizia "lembra-te do Sábado".
Porque lembrar do Sábado? O que aconteceu no Sábado (Sétimo Dia)?
Deus descansou. Porque Descansou?
Porque havia concluído sua obra, ela estava perfeita. Não havia pecado. O homem estava em comunhão com Deus, todos os dias.
Mas o que aconteceu?
O homem pecou e foi expulso do paraíso. Expulso do descanso de Deus. O pecado fez com que o homem e Deus não tivessem comunhão.
Qual a solução de Deus? 
Voltou a trabalhar em sua obra. 
O antigo testamento mostra todo o projeto de salvação criado por Deus através de sombras. O novo testamento mostra a realidade dessa salvação em Cristo Jesus. Mostra o trabalho penoso de Cristo para nos levar para o paraíso, para o lugar que Adão perdeu com a entrada do pecado.
Por isso o sinal da nova aliança não é mais lembrar do sábado.
Antigamente, o sinal da abolida Aliança Mosaica era “Lembra-te do Sábado”, uma sombra do Descanso da Criação que o homem perdeu ao se rebelar contra Deus no Éden. Mas com a chegada da realidade, Jesus Cristo, reconquistou e nos conduziu para o que havíamos perdido. E agora nosso Sinal é outro, pois através de Sua morte e ressurreição, nós, os que cremos, entramos no Verdadeiro Descanso de Deus.

“Pois em certo lugar ele falou sobre o sétimo dia, nestas palavras: "No sétimo dia Deus descansou de toda obra que realizara. [...] Assim, ainda resta um descanso sabático (Cl 2:16-17) para o povo de Deus; pois todo aquele que entra no descanso de Deus, também descansa das suas obras (Mt 11:28), como Deus descansou das suas (Gn 2:2-3).
 Hebreus 4:4; 4:9-10
O nosso Sinal não é mais “Lembra-te do Sábado”. Deus instituiu um novo “Lembra-te” para o Povo de Deus da Nova Aliança da Graça. 
O Sábado era o Sinal repetido a cada semana para mostrar que estavam sob a Antiga Aliança. Nós Cristãos ganhamos um novo Sinal repetitivo para mostramos que estamos sob a Nova Aliança. Lembrar do alto preço pago por Jesus na Cruz para nos trazer de volta a seu Verdadeiro Descanso Sabático.
“Pois recebi do Senhor o que também lhes entreguei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão e, tendo dado graças, partiu-o e disse: "Isto é o meu corpo, que é dado em favor de vocês; façam isto em memória de mim". Da mesma forma, depois da ceia ele tomou o cálice e disse: "Este cálice é a nova aliança no meu sangue; façam isto, sempre que o beberem, em memória de mim". Porque, sempre que comerem deste pão e beberem deste cálice, vocês anunciam a morte do Senhor até que ele venha.” 1 Coríntios 11:23-26

Jesus quis dizer: “Lembra-te de mim.” 

Irmão David, nunca esqueça do que o Senhor Jesus fez para que você pudesse entrar no Verdadeiro Descanso Sabático de Deus.

Em Cristo,
Hélio S. Júnior

David Lima
Acho um tanto difícil as pessoas leigas entenderem sem ter alguma orientação teológica isso que vcs pregam e todas esses explicações de vcs...
A bíblia é muita mais clara no sentido de dizer que temos que guardar sim a Lei!
A própria Palavra de Deus diz em Tiago, não me lembro o verso, que seremos julgados pela Lei da Liberdade, e no versículo anterior estava falando sim sobre os dez mandamentos!
Portanto, há versos claros que defendem a Lei de Deus como sendo vigente ainda hoje e vcs nunca conseguirão desfazer isso. Por isso disse várias vezes para repensarem tudo isso. E estou orando por vcs!
A Paz.

Desafio Cristão [Hélio S.Júnior]
Olá David!
Diga o que você não conseguiu compreender, para que eu possa lhe ajudar?

O Judeu Tiago não dividia a Lei dada a Moisés por Deus em cerimonial e moral, ele considerava a Torá (Lei) uma unidade. Responda de qual Lei Gamaliel era mestre (moral ou cerimonial)?
No contexto da passagem Tiago fala sobre não fazer acepção de pessoas, onde se encontra esse mandamento nas Escrituras? No Decálogo?

A Lei da Liberdade citada pelo irmão de Jesus, é o Evangelho, conhecido também por Lei de Cristo.

Agora uma passagem para você refletir:
Escolha sob qual aliança você quer ficar, da Lei ou da Graça? Antes vou te relembrar do que a Bíblia chama os Dez Mandamentos, para que sejamos bíblicos:
"Moisés ficou ali com o Senhor quarenta dias e quarenta noites, sem comer pão e sem beber água. E escreveu nas tábuas AS PALAVRAS DA ALIANÇA: OS DEZ MANDAMENTOS." Êxodo 34:28
"Ele lhes anunciou A SUA ALIANÇA, OS DEZ MANDAMENTOS. E escreveu-os sobre duas tábuas de pedra e ordenou que os cumprissem." Deuteronômio 4:13
A Bíblia diz, não eu:
Antiga Aliança/Testamento = Dez Mandamentos (Ou Dez Palavras/Deca-Logo)
Agora se puder leia toda a passagem de 2 Coríntios 3, vou citar alguns trechos: 
"O qual nos fez também capazes de ser ministros de um novo testamento, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata e o espírito vivifica."
Antigo Testamento= da Letra
Novo Testamento= do Espírito

A Lei Mata todo aquele que tropeçar em um só ponto, ela exige perfeição.
Os Mandamentos do Senhor Jesus são Vida. (Estude sobre os frutos do Espírito e a Lei do Espírito de Vida)
Continuemos sendo bíblicos, o que a bíblia diz que foi gravado em placas de pedras?

E, se o ministério da morte, gravado com letras em pedras, veio em glória, de maneira que os filhos de Israel não podiam fitar os olhos na face de Moisés, por causa da glória do seu rosto, a qual era transitória, como não será de maior glória o ministério do Espírito?

O Texto narra o episódio que aconteceu Êxodo 34 (Leia esse texto) quando a face de Moisés resplandeceu após receber os Dez Mandamentos escritos em duas tabuas de pedra pelo dedo de Deus.
Antiga Aliança/Dez Mandamentos = Ministério da morte, gravado com letras em pedras.

A Antiga Aliança dos Dez Mandamentos era transitória. Teve um começo e um fim:
Deut. 5:2-3 diz que começou no Sinai:

"O Senhor, o nosso Deus, FEZ CONOSCO UMA ALIANÇA em Horebe. NÃO FOI COM OS NOSSOS ANTEPASSADOS QUE O SENHOR FEZ ESSA ALIANÇA (Adão, Noé, Abraão, Isaque, Jacó, etc.), mas conosco, com todos nós que aqui hoje estamos vivos."

Em seguida, Deus dá os Dez Mandamentos nos vss. 6-22. Portanto, vemos que a Antiga Aliança, os Dez Mandamentos, teve um começo(Sinai) e também teve um fim definido (vinda de Cristo).

Gálatas 3:19 claramente afirma: 
"A lei foi adicionado ATÉ QUE viesse o Descendente (Jesus)."
A Bíblia também diz:

"Porque, se o ministério da condenação foi glorioso, muito mais excederá em glória o ministério da justiça."

Antiga Aliança/Dez Mandamentos = Ministério da condenação.
Nova Aliança/Testamento = Ministério da justiça.

Dez Mandamentos gravado com letras em pedras = Ministério da morte e condenação.

O verbo "foi" mostra o que aconteceu com o regime da Lei, mostra que esse ministério passou para aqueles que estão e Cristo Jesus (Leia Romanos 8:1)...

"Porque, se o que era transitório foi para glória, muito mais é em glória o que permanece."

Antiga Aliança/Dez Mandamentos = Transitório
Nova Aliança/Testamento = Permanece.

Para finalizar:

"E não somos como Moisés, que punha um véu sobre a sua face, para que os filhos de Israel não olhassem firmemente para o fim daquilo que era transitório. Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi por Cristo abolido; E até hoje, quando é lido Moisés, o véu está posto sobre o coração deles. Mas, quando se converterem ao Senhor, então o véu se tirará. Ora, o Senhor é Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade. Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor.

Espero ter te ajudado...

Em Cristo,

Hélio S. Júnior

David Lima
É difícil mesmo convencer uma pessoa que já está com sua mente cauterizada com alguns ensinamentos, mas o que me resta apenas é orar por vc para que o Espírito Santo toque seu coração para que vc veja o que está fazendo.
A Paz.

Desafio Cristão [Hélio S.Júnior]
Irmão David,

Você é casado com a Lei ou morreu para a Lei e faz parte da Noiva de Cristo? Ficar com os dois maridos é adultério espiritual....
Romanos 6 mostra que nós que estamos em Cristo, como você disse, somos livres do pecado.

Romanos 7, no entanto, descorda de você ao dizer claramente que somos sim livres da Lei.
A Bíblia declara que após a morte e ressurreição do Senhor Jesus Cristo uma Nova Aliança foi ratificada. Romanos 7:1-6 deixa claro que, sob esta Nova Aliança estamos:

"Livre da lei" v.2 “morto para a lei, por meio do corpo de Cristo” v.4 "libertos da lei" v.6

Que Lei? Versículo 7 responde: “pois eu não teria conhecido a cobiça, se a lei não dissesse: Não cobiçarás.”

Você ainda não entendeu que os Dez Mandamentos são o contrato da Antiga Aliança de obras. Leis morais existem porque Deus existe e não porque o Decálogo existe. Mesmo se as tábuas dos Dez Mandamentos não existissem leis morais ainda continuariam a existir independentemente das Dez Palavras do pacto que teve Moisés como mediador e não Cristo. Que fique claro que a Verdadeira revelação do caráter de Deus não é a Lei mas Cristo.

"Porque a lei foi dada por Moisés; a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo." João 1:17

David leia romanos 7 e escolha um marido: A Lei ou Cristo. Romanos 7 é muito profundo, portanto leia sob a orientação do Espírito Santo de Deus.

Em Cristo,

Hélio S. Júnior
David Lima
Não adianta, vcs estão bem firmes nesse pensamento, porém gostaria que vc me explicasse apenas o verso que diz: Anulamos pois a Lei pela fé? não, antes confirmamos a Lei. Não vejo aqui dizendo que não precisa guardar a Lei...

Não sei pq, mas não vejo vc respondendo esses versos claros que nos dizem pra guardar a Lei, pq será que vcs fogem desses versos tão claros?

Desafio Cristão [Hélio S.Júnior]
Irmão David; não estou ensinado de forma alguma que não devemos obedecer aos mandamentos de Deus...

No entanto, a ideia que você tem em mente ao citar Romanos 3:21 não é de forma alguma o que Paulo quis ensinar...

O texto pertence a um contexto: A justificação pela Fé e não pelas obras da Lei.

Para entender a frase “confirmamos a lei” é preciso antes que você entenda o que significa "Anulamos, ..., a lei pela fé?”
Deus é amor, mas também é justiça, ele quer salvar o homem, mas não pode fazê-lo ilegalmente. Ou seja, Deus não pode passar a mão na cabeça do pecador é dizer que não vai levar em conta que o homem quebrou sua Lei. Ele não pode fazer isso pois seria injustiça.

Anular a lei seria dizer que a pessoa é salva ou (justificada) sem que se cumpram as exigências da Lei. Como se Deus tivesse deixado suas santas exigências de lado, e perdoado os pecadores sem que houvesse justiça.

Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei. Romanos 3:28

Que Deus lhe abençoe!

Em Cristo,

Hélio S. Júnior

Fonte: http://adventismonamiradaverdade.blogspot.com.br/

1 comentários:

Edmara Oliveira disse...

Que interessante seu blog, que Deus continue te abençoando sempre. :)

Ela é Cristã
http://elaecrista.blogspot.com.br/