quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Unicismo - É JESUS O PAI?

Argumentos Unicistas

Isaías 9:6 – o "Pai Eterno"

João 10:30 – "Eu o Pai somos um"

João 14:8, 9 – "Disse Filipe: "Senhor, mostra-nos o Pai, e isso nos basta. Jesus respondeu: "Você não me conhece, Filipe, mesmo depois de eu ter estado com vocês durante tanto tempo? Quem me vê, vê ao Pai. Como você pode dizer: ‘Mostra-nos o Pai’?"

Defensor da Fé, Refutando Versículo por versículo

Isaías 9:6 – o "Pai Eterno"

Este versículo não ensina que Jesus é o Pai. O título "Pai eterno", refere-se ao fato de que Jesus é o Pai da eternidade; em outras palavras, Jesus sempre existiu (João 1:1); Ele não foi criado, não teve princípio (João 17:5).

O termo "Pai" não era o título que se costumava usar para dirigir-se a Deus no Antigo Testamento. Assim, este versículo não ensina que Jesus é o "Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo" (1ª Pedro 1:3); em outras palavras, Jesus não é seu próprio Pai.

João 10:30 – "Eu o Pai somos um"

Se Jesus houvesse querido dizer que ele é o Pai, haveria dito: "Eu e o Pai sou um" ou "Eu sou o Pai", que seria a expressão gramatical correta. Jesus não pode ser acusado de ter sido um mal comunicador. "Somos" (gr. esmen), a primeira pessoa do plural. Jesus e o Pai são um em natureza e em essência, porque Jesus é Deus, como o Pai, mas não é o Pai.

João 14:8, 9 – "Disse Filipe: "Senhor, mostra-nos o Pai, e isso nos basta. Jesus respondeu: "Você não me conhece, Filipe, mesmo depois de eu ter estado com vocês durante tanto tempo? Quem me vê, vê ao Pai. Como você pode dizer: ‘Mostra-nos o Pai’?"

Jesus NÃO disse a Filipe que era o Pai.

Jesus veio como representante do Pai; veio demonstrar-nos o caminho ao Pai (v.6). Em João 5:43, Jesus disse: "Eu vim em nome de meu Pai [na autoridade do Pai, com as credenciais do Pai], e vós não me recebeis; se outro viesse em seu próprio nome [em sua própria autoridade, com suas próprias credenciais; como o anticristo], a esse receberíeis".
Quantas vezes temos orado: "Pai, ajuda-me para que as pessoas te vejam em mim". Acaso isso quer dizer que quando as pessoas virem você, estarão vendo literalmente ao Pai? Certamente que não, nem tampouco você estaria realmente pensando nisso, mas sim, estaria pedindo que Deus o ajude a representá-lo corretamente diante das pessoas para que possam ver a Deus através de sua vida. Por isso Jesus disse a Felipe: "O que me viu, viu ao Pai", porque ver a Jesus, quem representou ao Pai foi como se estivesse vendo ao Pai. Mas Jesus NÃO estava dizendo que ele era o Pai.

QUE DIZ A BÍBLIA ACERCA DE JESUS E O PAI?

Jesus é referido como "Filho" mais de 200 vezes no Novo Testamento e nunca é chamado de "Pai". Jesus referiu-se ao Pai mais de 200 vezes como alguém distinto dele. Em mais de 50 versículos podemos observar o Pai e a Jesus, o Filho, lado a lado.

No Novo Testamento repetidamente encontramos expressões como estas:

Romanos 15:5-6 — "O Deus que concede perseverança e ânimo lhes dê um espírito de unidade, segundo Cristo Jesus, para que com um só coração e uma só boca vocês glorifiquem ao Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo".

2ª Coríntios 1:3 — "Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Pai das misericórdias e Deus de toda consolação...

" Filipenses 2:10-11 — "...Para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, no céu, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus Pai".

1ª João 1:3b — "Nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho Jesus Cristo". 1ª João 2:1 — "Meus filhinhos, escrevo-lhes estas coisas para que vocês não pequem. Se, porém, alguém pecar, temos um intercessor junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo".

2ª João 3 — Graça, misericórdia e paz da parte de Deus Pai e de Jesus Cristo, o Filho do Pai, estarão conosco em verdade e amor".

No Evangelho de João, Jesus refere-se a si mesmo como enviado pelo Pai, mas nunca referiu-se a si mesmo como o Pai que enviou ao Filho!!

A doutrina Unicista que diz que Jesus e o Pai são uma só pessoa,não se confirma, está refutada por completo!!
Agora vamos para as..........

Questões que os unicistas NUNCA saberão responder:

* Se Jesus e o Pai são uma só pessoa:

1- Como pode Jesus está assentado a direita do pai?
Mc 16;19, Rm 8,34 ..que Estevão também viu At7;55, At 7;56

2- De quem era voz quando Jesus foi batizado por João Batista? Mc1;11 ,Lc 3;22, Mt 3;17-É..a voz disse:"E eis que uma voz dos céus dizia:Este é o meu Filho amado,em quem me comprazo".

3-De quem foi a Voz que mandou os discípulos ouvirem Jesus? Mt.17;5, Mc 9;7, lc 11;35

4-Como pode Jesus(em seus ultimos momentos) ter olhado para o céu e visto o Pai de costas? (Ah, só pode que tina ums espelho lá no Céu né!!)

Percebemos Jesus que a crença Unicista não se confirma
....Ao contrário, quando lemos a Bíblia constatamos que,"O Pai enviou a alguém separado dele, chamado Filho!!"


Para meditarmos:


1ª João 4:9-10,14 — "Foi assim que Deus manifestou o seu amor entre nós: enviou o seu Filho Unigênito ao mundo, para que pudéssemos viver por meio dele. Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou o seu Filho como propiciação por nossos pecados. (...) E vimos e testemunhamos que o Pai enviou seu Filho para ser o Salvador do mundo".

3 comentários:

Anônimo disse...

Se jesus disse à felipe : quem vê a mim vê o pai, eu e o pai somos um;,não for isso mesmo que Jesus falou; jesus pregou uma tremenda pessa à felipe. seria melhor o caro amigo ser mais humilde e procurar outra desculpas, infelismente.foi baseado nese entendimento, que a igreja catolica no passado mandou tirar as biblias dos leigos, constituindo padres, ierarquias para lerem a biblia para o povo, e o resultado foi devastador. centenas de cristãos foram mortos, por amarem a palavra de Deus. pense.

O Peregrino disse...

Essa sua teoria é muito fraca, quem tem de ler mais e meditar e saber interpretar é você, não existe outras desculpas, não vivo de desculpas, mas procuro buscar a verdade que está somente na pessoa de Jesus e não em má interpretações do homem.

Veja o que significa o texto em lide:

Temos nesse versículo a pluraridade de pessoas na unidade da divindade. Basta observar a expressão "somos" (pluraridade) e "um" (unidade). Jesus não está dizendo que é a mesma pessoa do Pai, mas que Ele e o Pai são duas pessoas distintas em unidade divina. Logo o texto em referência deve ser entendido como uma declaração de Jesus sobre sua essência divina.

Nem vou falar no batismo de Jesus, porque você não crê na trindade, mas há muitos textos dizendo que Jesus é o filho e o Pai é o Pai, essa doutrina de que Jesus é o Pai e o Espírito Santo é heresia.

Anônimo disse...

O senhor parece inteligente, isto é bom. gostaria de saber sua opinião sobre joão c 1 v 1 que diz: no principio era o verbo, o verbo estava c Deus e o verbo éra Deus,e no v 14 diz: e o verbo se fez carne. tambem gostaria de saber sua opinião sobre JOão c 16 v 28 que diz: "sai" do pai, e vim ao mundo; outra vez deixo o mundo, e" vou" para o pai.