quinta-feira, 10 de abril de 2008

A Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados: Um membro das Nações Unidas durante 10 anos!

E então? O que há de errado com isso? Nada, exceto que os líderes das Testemunhas de Jeová, que reivindicam ter posse exclusiva da verdade bíblica, ensinaram por muitos anos que as Nações Unidas e sua antecessora, a Liga das Nações, são as bestas Satânicas mencionadas no Apocalipse ou Revelação de João. Na realidade, eles disseram que esta é a besta escarlate que "Babilônia a Grande" ou a "Grande Meretriz" cavalga em Revelação. Para as Testemunhas de Jeová, "Babilônia a Grande" é o império mundial da religião falsa, que inclui todos os cristãos, pagãos, e religiões mundiais. Esta teologia é reivindicada como vinda diretamente do
próprio Deus. A "besta" ou as Nações Unidas se voltarão para a "prostituta" e destruirão todas as religiões no mundo, salvo as Testemunhas de Jeová, os únicos "verdadeiros cristãos." Veja a
descrição deles, referente as Nações Unidas: "A mesma Liga das Nações e sua sucessora, as Nações Unidas, representam uma conspiração internacional contra o reino de Deus que nasceu nos céus em 19 Gentios". Esta organização internacional para paz e segurança através de meios humanos é uma falsificação enganosa para o reino de Deus por meio de seu Cordeiro, que as Testemunhas de Jeová tem pregado para todas as nações des Guerra Mundial. Então, a "besta selvagem cor de escarlate" está contra o reino Messiânico divino." Reino de Deus já Domina!
Veja também a reivindicação deles, alegando não ter nada que ver com esta organização satânica: "As Testemunhas Cristãs de Jeová", reconheceram imediatamente que a besta selvagem cor de escarlate tinha agora ascendido para fora do abismo. Mas eles não a adoraram e nem se juntaram à Babilônia a Grande e as nações mundanas nações, a "besta" em sua forma original".
"Agora que se ascendeu para fora do abismo e permanece desde 1945, a Bíblia mostra que seu futuro será rumar para a destruição"(ibid pág. 594) "Os amantes da vida eterna na nova ordem de Deus, não se juntarão nesta idolatria moderna"(ibid pág. 590)

Abaixo está uma ilustração de uma publicação da Sociedade Torre de Vigia que mostra as Nações Unidas como a "fera cor de escarlate" sendo cavalgada pela grande "prostituta".






















Se alguém olhar nos Índices das publicações da Sociedade Torre de
Vigia sob o tópico "Nações Unidas" vai encontrar multidões de
artigos condenando a ONU como sendo de Satanás e predizendo
sua destruição. A afiliação deles como uma ONG (Organização não-Governamental) significa que eles estiveram cometidos à ONU e seus regulamentos. Um dos critérios para a filiação é: "Ter o
compromisso e meios para administrar programas efetivos de informação sobre atividades da ONU, por publicar boletins informativos, folhetos e panfletos, organizar conferências,
seminários, mesa-redonda, e recrutar a cooperação das mídias." Como uma ONG, renunciou a Sociedade Torre de Vigia os critérios negativos e tudo que escreveram contra a ONU e começaram "programas de informações" na revista Sentinela? Dificilmente. Na realidade, eles cuidaram de manter os membros da religião ignorantes desta associação com a ONU. Depois que esta página e outras foram publicadas, a Sociedade Torre de Vigia cuidou de tirar seu nome da lista da ONU.
Algumas Testemunhas de Jeová dizem que a organização não teria nada que ver com a ONU. Esta é apenas outra "mentira de apóstata". Veja por si mesmo a prova abaixo. A carta das Nações Unidas relativo a afiliação da Sociedade Torre de Vigia e a "subseqüente terminação da associação deles.


























TRADUÇÃO

Nações Unidas

11 de outubro de 2001

A Quem Possa Interessar:

Recentemente a Seção ONG [Organizações Não-Governamentais] tinha estado a receber numerosos pedidos de informação sobre a associação da Watchtower Bible and Tract Society of New York [Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados de Nova Iorque] com o Departamento de Informação Pública (DPI). Esta organização requereu associação com o DPI em 1991 e foi-lhe concedida associação em 1992. Ao aceitar associação com o DPI, a organização concordou em preencher os critérios para associação, incluindo apoio e respeito aos princípios da Carta das Nações Unidas e compromisso e meios de conduzir programas de informação
efetivos com os seus constituintes e para uma audiência mais vasta sobre as atividades das NU [Nações Unidas]. Em outubro de 2001, a Watchtower Bible and Tract Society of New York pediu o término da sua associação com o DPI. Seguindo este pedido, o DPI tomou a decisão de desassociar a Watchtower Bible and Tract Society of New York em 9 de outubro de 2001.
Apreciamos o seu interesse no trabalho das Nações Unidas.

Sinceramente,

Paul Hoeffel

Diretor
Seção ONG

Departamento de Informação Pública

0 comentários: