terça-feira, 9 de maio de 2017

PRECISAMOS DE HOMENS DE VERDADE

Um casal procurou um pastor para aconselhamento. Nas palavras do marido, a esposa era o seu “problema”. Porém, quando o pastor dirigiu a palavra somente a ele, falando do que estava errado e precisava ser consertado, o marido esbravejou: “Pastor! Porque o senhor só está falando para mim? Minha esposa não vai ouvir nada não?”. Então o pastor com um tom grave em sua voz e um olhar fixo nos olhos do marido lhe disse: “Estou orientando você para que você saiba como cuidar de sua esposa e orientá-la de acordo com as Escrituras”.

Essa história reflete uma triste realidade cada vez mais recorrente em nossos dias: os homens em sua grande maioria não estão cumprindo seu papel como cabeças de seus lares. E o resultado disso é catastrófico para as mulheres e filhos. Mas, o que significa ser o “cabeça” de um lar? A Escritura Sagrada é repleta de passagens sobre o tema. Existem muitas referências, mas, nos concentraremos a analisar apenas uma: Js 24.14-15.

Nesta passagem lemos sobre a firmeza de Josué quando ele disse aos seus compatriotas: 14 Agora, pois, temei ao SENHOR e servi-o com integridade e com fidelidade; deitai fora os deuses aos quais serviram vossos pais dalém do Eufrates e no Egito e servi ao SENHOR. 15 Porém, se vos parece mal servir ao SENHOR, escolhei, hoje, a quem sirvais: se aos deuses a quem serviram vossos pais que estavam dalém do Eufrates ou aos deuses dos amorreus em cuja terra habitais. Eu e a minha casa serviremos ao SENHOR”.

Um homem de verdade é aquele que, tal como Josué, tem um compromisso sério com Deus, e o demonstra:

Diante da sociedade. Josué exortou ao povo que temesse e servisse a Deus e abandonasse os ídolos. Deu um xeque-mate nos povo quando disse: “escolhei, hoje, a quem sirvais”. Um homem de verdade não cede diante da “opinião pública”; não se enverga diante da pressão da sociedade; não guia a sua família por “tendências” do momento, mas, por um compromisso irredutível com Deus.

Diante da sua família. Mas, caso alguém não achasse boa essa palavra, Josué então deixou bem claro: “Eu e minha casa serviremos ao SENHOR”. Sua família sabia quem era que mandava na sua casa: Deus. Na casa de Josué havia só um Deus, o SENHOR Deus, uma só lei, a Lei de Deus. Um homem de verdade não somente é padrão de fé para a sua família, como também de obediência à Palavra de Deus. Os filhos terão mais facilidade de obedecer à Palavra se virem seus pais obedecendo.

Diante de Deus. Josué exortou o povo a que servisse a Deus com integridade e fidelidade, o que quer dizer ser a mesma pessoa regida pelos princípios da Lei de Deus o tempo todo, em todos os lugares e em todas as circunstâncias. Também, aponta para inteireza de coração, ou seja, Deus exige exclusividade no coração de seus filhos. Josué tão somente deixou claro que seu coração estava nas mãos de Deus, e que ele não negociaria nem uma só letra dessa decisão. Um homem de verdade é íntegro porque sabe que Deus o vê no mais íntimo de seu ser o tempo todo. Ele não tenta esconder nada de Deus pois sabe que isso é impossível. Então ele trava uma luta constante em seu coração para ser achado por Deus em fidelidade e retidão.

Você é um homem de verdade? Você tem conduzido sua família dessa forma? Tem lidado com o seu coração assim?

Rev. Olivar Alves Pereira


Imagem: Google

0 comentários: