sábado, 20 de fevereiro de 2016

Legalismo; corrupção e confusão na CCB.

Tenho recebido alguns comentários de alguns membros da CCB, estes se acham os donos da "verdade", estão iludidos com os ensinos da seita, e por se acharem os donos da verdade, atacam as demais denominações evangélicas de estarem unidas com a ICAR e que todas as denominações menos a CCB é claro, estão vivendo em um mundo de corrupção, o que não é a verdade.
Concordo que há muitas igrejas que não pregam mais o verdadeiro evangelho, estão corrompidas vivendo em um antropocentrismo, porém discordo que só há uma igreja verdadeira, na verdade a igreja verdadeira são os salvos, isso eu concordo, mas se tratando de uma denominação isso eu discordo, muitos adeptos de seitas dizem que a única igreja verdadeira é onde congregam, quão errados estão, acredito que não conhecem o evangelho e sim vivem de religião, pois bem; sendo assim, quero postar alguns vídeos contendo problemas dentro desta denominação no qual se julga a dona da verdade, esses vídeos mostram o legalismo e a corrupção no meio da igreja apostólica como dizem ser, a única igreja que segue os “ensinos” apostólico, que ironia. Ora, eu nem precisaria postar esses vídeos, pois conheço um pouco dessa denominação sectária, porém quero expor aqui e divulgar para que muita gente saiba que não existe uma denominação exclusiva na face da terra, pois esse não foi é o evangelho pregado por Jesus. Alguns podem alegar que os vídeos são falsos, mas há um ditado que diz, onde há fumaça há fogo.


(LEGALISMO) A VERDADE SOBRE CENSURA DAS IRMÃS NA ORQUESTRA.



BAÚ EQUI - MAÇONARIA NA CONGREGAÇÃO CRISTà



CCB URANDI BAHIA- DEU ATÉ POLICIA NA PORTA



FAMÍLIA SOFRE DISCRIMINAÇÃO POR MINISTÉRIO DA CCB 



CORRUPÇÃO E ESCÂNDALOS NA CCB



UMA PALAVRA DO REVERENDO CAIO FÁBIO CO RELAÇÃO A CCB

1 comentários:

Danilo dos Santos de Brito disse...

Bom o fato da saia relacionado a acidente é falso, todo mundo sabe que foi um movimento feminista contra o machismo, onde elas queriam provar que podem ser igual ou melhor que os homens, sendo assim gerou grandes atritos, não religioso mas cultural.
Já nomes constar nas listas, só constam os ansiaes, cooperadores, e diáconos, cooperador de Jovens e piedade não,
Nas portas principais tem irmãs no atendimento da porta sim,
A questão do instrumento foi questão de ordem,
Ansioes perdem liberdade sim.
Agora casos de "burrinhas" se não estão em paz umas com as outras não deve tocar, agora se estes irmão saíram a ponta pés, depois enchergaram seus erros, e houve tolerância e reconciliação podem e devem estar livres para servir a Deus.