sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Nenhum Homem Conhece a Minha História - A Vida de Joseph Smith
No man Knows my history (em Português).

Fawn Mackey Brodie foi a autora do livro. Ela era sobrinha de David O. Mackey, um dos homens que foi profeta/ presidente de "A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias".

Por ser a sobrinha de David O. Makey, ela tinha livre acesso aos documentos mais importantes para investigações concernentes a vida de Joseph Smith.
Apenas 6 meses após o lançamento do livro, ela foi excomungada da Igreja...

Isso porque todos os dados que ela revela no livro sobre a fraude de Joseph Smith, são documentados. Desde as mais variadas versões para a suposta "Primeira Visão", até seus casamentos polígamos com mulheres que já estavam casadas.

Em uma tentativa desesperada de neutralizar o impacto que a biografia de Smith causou, Hugh Nibley, um professor da Universidade de Brigham Young, lançou um pequeno livreto de cerca de 62 páginas, intitulado: No, Ma'am, That's Not History (Não senhora, essa não é a história).

Sem resultados positivos, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, tem até hoje que lidar com a realidade exposta na mais famosa Biografia de Joseph Smith, dentre as fraudes de Smith, estão:

Smith era assíduo praticante de Necromancia, por isso sempre via espíritos de mortos, como o de Morôni:

Smith era uma jovem notório por inventar contos e praticar artes de necromancia, e gastava seu tempo ocioso com um bando, caçando tesouros escondidos. (No man knows my history - Vintage Books - Second Edition, pgs 16)

Lucy (a mãe de Joseph) era especialmente devotada ao Misticismo. (No man knows my history - Vintage Books - Second Edition, pg 05)

Joseph contou a Willar Chase que quando foi desenterrar as placas, encontrou um SAPO as guardando, e depois, em outra ocasião encontrou um anjo. (No man knows my history - Vintage Books - Second Edition, pg 37)

No Man Knows my History foi uma frase dita pelo próprio Joseph Smith, enquanto discursava em um funeral. Ele disse: Vocês não me conhecem; vocês nunca conheceram meu coração. Nenhum homem conhece a minha história. Eu não posso contá-la. Eu nunca deverei fazê-lo. Eu não culpo ninguém por não acreditar em minha história. Se eu não tivesse experimentado o que experimentei, eu mesmo poderia não ter acreditado em mim. (No Man Knows my History - Prefácio, pg VII)

Por qual motivo Smith diria isso? Porque ocultaria sua vida? Que segredos ele escondia da Ordem Maçônica?

Sobre a história de Joseph Smith na Maçonaria, você pode ler o livro "Diga aos Mórmons que Eu os amo", de Rosaine Dalila Scruff, da Editora Oxigênio.


Contatos com a autora: semeadora777@gmail.com


Rosaine Dalila


BAIXE NESTE LINK >>  AQUI

PREFACIO
CAPITULO 1 – Os Deuses Estão Entre o Povo
CAPITULO 2 – Tesouro na Terra
CAPITULO 26 – Preludio à Destruição
CAPITULO 27 – Morte de Joseph e Hyrum Smith em Carthage

0 comentários: