sexta-feira, 3 de agosto de 2012

A Bíblia não aceita a Reencarnação

Estamos dizendo que a Bíblia não aceita a doutrina da reencarnação. Por que dizemos isso, e em que nos baseamos? Partimos do seguinte princípio: o sacrifício do Senhor Jesus Cristo foi perfeito e completo. E se foi, logo não aceita um outro sacrifício, e a doutrina da reencarnação é a repetição do sacrifício, pois ensina que o homem deve reencarnar para pagar os seus pecados cometidos em vida. E que, os que já se reencarnaram, também, de igual modo, estão pagando o que fizeram em outras encarnações. Em Hebreus 7.25 lemos: “Portanto, pode, também, salvar perfeitamente aqueles que por ele se chegam a Deus”. Esse texto se refere a Jesus e ao seu sacrifício. Ora, se pode salvar e salvar perfeitamente, havemos de fazer outro sacrifício?

Agora uma pergunta: donde vem esses espíritos que precisam se purificar através da reencarnação? Quem os criou? Então quer dizer que Deus cria espíritos e lança-os no espaço? Ou ficam em reserva, aguardando a oportunidade de se encarnar? Não seria muito mais razoável aceitar a palavra de Deus que diz que Deus criou a Adão e Eva, um casal, e os colocou no Jardim do Eden, e deu-lhes o poder de procriarem? Deus lhes disse: “multiplicai e enchei a terra”. No momento em que uma criança é gerada, é gerado o seu espírito. Portanto, longe de Deus ter que criar espíritos e colocá-los na espera de uma oportunidade de encarnarem, nesta ou naquela mulher.

Uma outra pergunta: por que quando uma criança é gerada e nasce, herda as características de seus pais? Fisicamente ou se parece com o pai ou se parece com a mãe. E não só física, mas espiritualmente. Muitas vezes acontece que herda ou o gênio do pai ou o gênio da mãe. Por que acontece isso? Sem dúvida alguma, porque eles foram gerados ali, tanto a matéria, quanto o espírito. Deus lhes deu poderes de transmitir aos filhos aquilo que eles são. E quem deseja citar em alguns pontos que favoreça as suas ideias, embora aparentemente, tem que aceitar tudo o que ela ensina, pois nós não temos o direito de escolher este texto como verdadeiro, e desprezar o outro, dizendo que não é verdadeiro, uma vez que a Bíblia é a Palavra de Deus.

Um outro fato muito importante são as palavras de Hebreus 9.27, onde diz: “Porque está ordenado aos homens morrerem uma só vez, vindo depois disso o juízo”. Você, amigo leitor, vai morrer uma só vez, e depois disso virá o juízo de Deus, e não a reencarnação. Ninguém morre duas vezes, mas uma só vez. É o que ensina a Palavra de Deus. Mas há um outro texto bíblico muito citado pelos reencarnacionistas, que é João 3.3, que diz “na verdade, na verdade te digo que, quem não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus“. Então, interpretam eles que Jesus está dizendo que devemos nos reencarnar. Mas, esquecem que em sequencia existe a pergunta de Nicodemos, a quem Jesus se dirigia, que foi: “como pode um homem, sendo velho, entrar no ventre de sua mãe, e tornar a nascer?” Jesus o acode, dizendo: “o que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito, é espírito“, verso 6. E no v. 5 diz:” na verdade na verdade te digo que, quem não nascer da água e do espírito, não pode entrar no reino de Deus.

Eis algumas razões porque a Bíblia não aceita a doutrina da reencarnação. O sacrifício de Jesus é perfeito e completo. No ato que somos gerados no ventre materno, somos gerados completos e parecidos com nossos pais. Essa é a razão porque o homem morre uma só vez. Que Deus o ajude, amigo leitor.

Por Pr. Timofei Diacov

http://timofei.blogspot.com.br/search/label/A%20b%C3%ADblia%20n%C3%A3o%20aceita%20reencarna%C3%A7%C3%A3o

0 comentários: