domingo, 5 de fevereiro de 2012

A união ecumênica da igreja MÃE (Católica) com a igreja Adventista, e demais religiões.

Veja no website oficial do Vaticano, o Papa Bento XVI declar que houve um "diálogo teológico" entre católicos e adventistas. (parágrafo 9º) no endereço abaixo:

http://www.vatican.va/holy_father/benedict_xvi/speeches/2006/may/documents/hf_ben-xvi_spe_20060525_incontro-ecumenico_po.html


Segue o parágrafo 9º para vocês lerem:


A partir daquele encontro muito mudou. Deus concedeu-nos fazer muitos passos rumo à compreensão e à aproximação recíprocas. Permiti que eu recorde alguns acontecimentos ecuménicos, que naquele tempo tiveram lugar no mundo: a publicação da Encíclica Ut unum sint; os acordos cristológicos com as Igrejas pré-calcedónias; a subscrição em Ausburgo da "Declaração Conjunta sobre a doutrina da justificação"; o encontro por ocasião do Grande Jubileu do Ano 2000 e a memória ecuménica das testemunhas da fé do século XX; a retomada do diálogo católico-ortodoxo a nível mundial, o funeral de João Paulo II com a participação de quase todas as Igrejas e Comunidades eclesiais. Estou ao corrente do facto de que também aqui, na Polónia, esta aspiração fraterna pela unidade pode orgulhar-se dos sucessos concretos. Neste momento, gostaria de mencionar: a assinatura, no ano 2000, feita também neste templo pela Igreja católica romana e pelas Igrejas associadas no Conselho Ecuménico Polaco, da declaração do reconhecimento recíproco da validez do baptismo; a instituição da Comissão para o Diálogo, da Conferência Episcopal Polaca e do Conselho Ecuménico Polaco, à qual pertencem os Bispos católicos e os Chefes de outras Igrejas; a instituição das comissões bilaterais para o diálogo teológico entre católicos e ortodoxos, luteranos, membros da Igreja nacional polaca, mariavitas e adventistas; a publicação da tradução ecuménica do Novo Testamento e do Livro dos Salmos; a iniciativa chamada "Obra natalícia de ajuda às Crianças", na qual colaboram as organizações caritativas das Igrejas: católica, ortodoxa e evangélica. 



0 comentários: